Os 35 Benefícios do Mel Para Saúde!

Os 35 Benefícios do Mel Para Saúde!

Os 35 Benefícios do Mel Para Saúde! 5.00/5 (100.00%) 7 votes

Os Benefícios do Mel Para Saúde que devemos conhecer. Além disso, o mel é um maravilhoso e essencial ingrediente, utilizado em incontáveis culturas ao redor do mundo há mais de 2.500 anos, e mesmo hoje é amplamente consumido, e com a vantagem de que pode ser usado de diversas formas: você pode se deliciar com uma colher cheia de mel, passar no pão como se fosse uma geleia, ou misturar no café, chá e suco como forma mais saudável de adoçá-los, ao invés do açúcar refinado.

Mel

E além de muito saboroso, o mel tem excelente propriedades medicinais que podem melhorar e muito a sua saúde. Selecionamos algumas informações importantes a respeito deste poderoso ingrediente.

Cientistas não sabem ao certo há quanto tempo o mel está sobre a terra, mas relatos indicam que cinco milênios antes do nascimento de Cristo nossos ancestrais já se deliciavam com o alimento. Egípcios utilizavam o mel tanto para adoçar bebidas e alimentos quanto para embalsamar suas múmias, e os gregos também viam o mel como alimento e um poderoso medicamento.

À medida que o Cristianismo foi se expandindo, as colmeias também foram se multiplicando, pois o mel era utilizado para a produção de velas. Por volta de 1600 o uso do mel como adoçante entrou em declínio, graças ao surgimento do açúcar de cana.

Atualmente o Brasil tem um consumo per capita de aproximadamente 300 gramas de mel por ano. É uma quantidade muito pequena, tanto pelos benefícios do mel quanto pelo fato de que consumimos espantosos 40 kg de açúcar por pessoa a cada 12 meses.

O que é Mel?

O mel é um produto natural obtido a partir do néctar das flores e de excreções da abelha. Além de ser um ótimo adoçante natural, este alimento é cheio de benefícios porque conta com ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos e assim proteger contra doenças.

O alimento também conta com ação antioxidante e prebiótica, esta última modifica o balanço da microbiana intestinal, estimulando o crescimento e/ou atividade de micro-organismos benéficos. Por ser rico em carboidratos e açúcar, ele é ótima fonte de energia.

Valores Nutricionais do Mel:

Altamente nutritivo, o mel é fonte de proteínas, vitaminas e minerais indispensáveis à saúde. Confira os principais nutrientes do mel por porção de 21g (equivalente a uma colher do alimento):

Para efeito comparativo, o açúcar branco contém 78 calorias por colher, e não fornece quantidades significativas de vitaminas, minerais e aminoácidos. Agora, confira Os 35 Benefícios do Mel Par Saúde:

1. Ótima Fonte de Energia:

Os Carboidratos em forma de glucose e frutose abastecem dão energia ao corpo e ao cérebro, dando mais resistência e reduzindo a fadiga. Por isso ele é tão utilizado por atletas, pois é uma boa fonte natural de energia.

2. Excelente Fonte de Antioxidantes:

Mel

Além de muitas vitaminas e minerais, o mel contém um flavonoide chamado pinocembrina, que só pode ser encontrado nele. Este flavonoide ajuda na produção de enzimas e as fortalece.

3. Fortalece as Bactérias Saudáveis:

Nosso corpo precisa de bactérias saudáveis para um bom funcionamento. O mel fortalece a bifidobacterium, uma bactéria do bem presente no sistema gastrointestinal que ajuda e muito na digestão. Além disso, ele também é rico em probióticos, que ajuda na formação da bifidobacterium.

Se você tem problemas digestivos, pode o consumir sem problemas, pois ele não fermenta no estômago, e ainda pode usado em problemas digestivos.

4. Ajuda no Tratamento de Alergias e Fortalece a Imunidade:

O mel contém propriedades bactericidas e antifúngicas que são excelentes no tratamento de alergias, pois fortalece a imunidade. Além disso, fortalece as células brancas do sangue, fundamentais para combater bactérias ruins e doenças virais.

5. Combate o Envelhecimento Precoce:

A diminuição de enzimas no corpo contribui para acelerar o processo de envelhecimento. O mel puro é um dos poucos alimentos que ajuda a diminuir esse processo através da ingestão da amilase, uma enzima que acaba com o excesso de açúcares e carboidratos.

6. Controla os Níveis de Açúcar no Sangue:

Pesquisas comprovam que o consumo de mel pode melhorar e muito os níveis de açúcar e insulina no sangue comparado a outros alimentos, como açúcar comum. O corpo reage com melhor tolerância ao mel comparado a sucrose e glucose, de outras fontes alimentares.

Pessoas que têm intolerância à glucose (principalmente quem tem diabetes tipo 1 – uma condição crônica na qual o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina) mostraram melhora significativa ao consumirem mel, comparado ao uso de sucrose.

7. Ajuda a Curar Tosses:

Ele é muito mais efetivo no tratamento contra Tosse em crianças e adolescentes com idade entre 2 e 18 anos em comparação com o medicamento dextrometorfano, principalmente o Tosse do trigo mourisco, que é amplamente usado na indústria farmacêutica.

8. Ajuda a Diminuir o Colesterol:

Foi comprovado através de diversos experimentos científicos envolvendo altos níveis de colesterol que ele é o adoçante mais saudável. Em um dos estudos, foi mostrado que pacientes que consumiram mel artificial tiveram aumento do LDL, o colesterol ruim, enquanto os que consumiram o puro e orgânico diminuíram o colesterol em até 8%, e o LDL em até 11%.

9. Ajuda a Curar Feridas:

É possível tratar feridas na pele de forma natural com o mel orgânico, pois a glucose e frutose do alimento (dois açúcares que retém água) absorve toda água da ferida e acelera o processo de cura e cicatrização. Estudos mostraram que o mel de manuka, produzido exclusivamente na Nova Zelândia, diminui o pH da superfície da pele nas feridas, matando todos os germes e bactérias.

10. Melhora a Produção de Células Brancas do Sangue:

Mel

O consumo de mel é um tratamento natural e barato para quem sofre de baixa produção de células brancas no sangue. Um estudo realizado em pacientes com câncer com risco de neutropenia (quando o nível de células brancas está muito baixo) mostrou que, ao consumirem duas colheres dele puro terapêutico, tiveram melhora significativa durante a quimioterapia.

11. Trata a Acne:

Ele pode ser um produto muito eficiente para a Acne. Para estes casos, o recomendável é que você aplique-o diretamente na região afetada.

12. Melhora a Função Cerebral:

Os neurônios utilizam o Cálcio para originar o sinal elétrico, e ele ajuda a absorver e fixar o Cálcio no corpo, favorecendo um correto desempenho cerebral. Além disso, por ser um excelente recalcificante, ajuda também a prevenir a osteoporose e outros problemas ósseos.

13. Combate a Dor de Garganta e Tosse:

Ele tem um poder antibiótico e antisséptico, muito eficaz para combater Resfriados, problemas alérgicos e dor de garganta.

14. Remédio Para Feridas Leves:

Como já foi dito, ele possui propriedades cicatrizantes e antissépticas, o que o torna indicado para impedir que feridas curem mais rapidamente e não sofram processos infecciosos. As aftas na boca também podem ser tratadas com este doce alimento.

15. Reduz o Estresse Metabólico:

O mel natural produz glicogênio no fígado, que é a reserva de energia utilizada pelo cérebro para seu normal funcionamento. As reservas de glicogênio do fígado evitam a liberação de hormônios associados ao estresse.

16. Combate a Insônia:

O alimento estimula o relaxamento noturno e o sono, por suas propriedades calmantes.

17. Fortalece o Sistema Imunológico:

Mel de abelha é rico em fitonutrientes e possui propriedades antibacterianas e antivirais que servem para fortalecer as defesas do organismo.

18. Favorece o Metabolismo:

Mel cru é considerado um alimento probiótico, contando com componentes que incrementam a flora bacteriana do organismo.

Benefícios do Mel para Problemas Cardíacos

Por ser uma ótima fonte de flavonoides e antioxidantes, o mel auxilia na redução da taxa de oxidação do colesterol ruim, o LDL. Os antioxidantes presentes no mel auxiliam na redução da formação de placas de gordura nas artérias.

19. Benefícios do Mel Para a Pele:

Ele também traz alguns benefícios para a nossa pele. Ao fazermos uso do alimento na pele ela se torna mais macia, mais uniforme e sem manchas ao longo do tempo, pois o me previne o ressecamento da pele. Ele também auxilia na recuperação das peles que sofreram cortes e queimaduras, quando aplicado nas feridas, graças ao peróxido de hidrogênio presente em sua composição.

Para que os benefícios do mel para a pele funcionem, é necessário que ele seja passado na pele duas vezes por semana, massageando bem e deixando-o na pele por pelo menos 10 minutos, lavando com água morna em seguida.

20. Previne o Câncer e Doenças de Coração:

Ele contém flavonoides e antioxidantes que ajudam a reduzir o risco de alguns tipos de câncer e doenças cardíacas, possui também propriedades de prevenção de carcinogênicos e anti-tumorais.

21. Alivia Alergias:

Mel

Os efeitos anti-inflamatórios acalmam a Tosse e levaram a crença de que também pode reduzir sintomas de alergias sazonais. A teoria comum é que ele age como uma vacina natural”.

Ele contém pequenas quantidades de pólen. Quando o corpo é exposto a pequenas quantidades do mesmo, ele pode desencadear uma resposta imunitária que produz anticorpos para o pólen.

Após a repetida exposição, você deve criar anticorpos e o corpo se acostuma com sua presença, então menos histamina é liberada resultando em uma alergia menor”, finaliza.

22. Acalma a Gastroenterite:

Um estudo clínico relatado no BMJ, mostrou que usaram mel na solução de reidratação oral em crianças com Gastroenterite. Tiveram dois objetivos, avaliar se ele poderia ser um substituto da glicose em reidratação oral e determinar se ele poderia afetar a duração da Diarreia aguda.

Eles descobriram que o mel pode encurtar a duração da Diarreia bacteriana em crianças e pode seguramente ser usado como um substituto para a glicose em solução de reidratação oral contendo eletrólitos.

23. Combate Infecções:

A capacidade de matar as bactérias encontra-se na proteína chamada defesina-1. Um estudo publicado na revista Microbiology disse que, como no tópico acima, o mel Manuka é eficaz no tratamento de infecções e podendo impedi-los de se desenvolverem.

O mel Manuka pode até ajudar a reverter resistência bacteriana aos antibióticos, de acordo com a Sociedade de Microbiolodia do Reino Unido.

24. Combate Doenças Cardíacas:

Ele é rico em flavonoides e polifenóis, antioxidantes essenciais para promover a oxidação do colesterol ruim (LDL), que é o principal responsável pela incidência de infartos e outras doenças relacionadas ao coração. Ao diminuir os níveis de LDL no sangue e de proteínas tipo C-reativa, o alimento ajuda a manter a saúde longe de problemas cardíacos.

25. Trata a Caspa:

Estudos têm mostrado a eficiência do mel no tratamento da Dermatite seborreica, condição que pode causar caspa e coceira no couro cabeludo. Basta diluir o alimento doce em 10% de água morna e aplicar na cabeça.

Depois de três horas, é só enxaguar também em água morna. Os resultados serão de menos coceira e descamação ou até mesmo o desaparecimento por completo do problema.

26. Controla a Glicose:

Por conter uma baixa taxa glicêmica, o mel pode ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue. Por isso, ele é recomendado para ser usado como adoçante de alimentos no lugar de açúcares comuns, que podem elevar a taxa de glicose no organismo.

Sendo assim, ele pode ser utilizado para quem está em busca de perder peso, já que provoca uma menor liberação da insulina no organismo, o que pode inibir o apetite.

27. Ajuda a Emagrecer:

Mel

Por manter os níveis de glicose baixos no sangue, o que faz com que o organismo libere menos insulina (principal responsável por causar a fome descontrolada e fora de hora), o mel também pode ajudar na perda de peso de maneira eficiente.

Por isso, é sempre uma boa dica substituir o açúcar comum (branco) pelo mel na hora de preparar os alimentos.

Além de inibir o apetite, o líquido adocicado também evita o acúmulo de gordura corporal, proporcionando um emagrecimento rápido e saudável.

28. Ajuda no Ganho de Peso:

Por mais que a maioria de nós queira emagrecer, existe uma outra parcela da população que precisa, mas não consegue ganhar peso. Por ser um alimento hipercalórico natural, ou seja, rico em calorias, o mel pode ajudar a ganhar uns números a mais na balança. Basta três colheres por dia para acrescentar 200 calorias à dieta.

Previne o envelhecimento precoce
Graças às suas propriedades antioxidantes, o mel também ajuda a combater os efeitos dos radicais livres no nosso organismo, responsáveis por promover o envelhecimento da pele. O resultado é de uma pele mais saudável e jovem, livre de rugas e linhas de expressão.

29. Trata Feridas e Queimaduras:

Devido às suas propriedades antibacterianas, antifúngicas e antioxidantes, o mel auxilia na cura de feridas e queimaduras na pele, já que pode esterilizar o ferimento e acelerar a recuperação do tecido lesionado.

30. Melhora a Saúde do Intestino:

Devido às suas propriedades probióticas e antibacterianas, o mel pode ajudar na melhora da flora intestinal, promovendo o melhor trânsito e evitando diarreias e constipações no intestino.

31. Melhora o Sono:

O mel é um alimento poderoso que pode estimular a produção de serotonina no organismo, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O resultado é de redução do Estresse e maior relaxamento, além de melhores noites de sono.

Outros Benefícios do Mel Para Saúde:

  • Ajuda a tratar doenças respiratórias
  • Tem função cicatrizante e protetora na pele
  • Protege o fígado, promovendo a regeneração de suas células
  • Reforça o sistema imunológico
  • Tem ação antibacteriana e antiinflamatória
  • Auxilia em problemas de circulação e dos músculos
  • Facilita a digestão dos alimentos, regula o intestino e ativa o apetite
  • Auxilia no tratamento de doenças do coração

Contraindicações do Mel:

Mel

O mel é um alimento contra-indicado em algumas situações como:

Crianças menores de 1 ano de idade: Até primeiro ano de idade como o sistema digestivo da criança pode não estar completamente desenvolvido e maduro não se defendendo assim de forma eficiente de corpos estranhos. Existe até o primeiro ano de vida e a possibilidade de intoxicações graves com uma bactéria encontrada comumente no mel chamada Clostridium boltulino.

Diabéticos: Os diabéticos devem evitar o mel, pois possui muito açúcar simples que eleva rapidamente a glicemia do sangue. O açúcar do mel é um dos tipos de carboidrato que o diabético deve evitar.

Alérgicos: Pessoas sensíveis com tendência a alergias podem desenvolver reações alérgicas manifestando mal estar gástrico e até dor de estômago, devido aos grãos de pólen presentes no mel.

Apesar destas contra-indicações ao uso do mel, e graças ao seu potencial terapêutico, o mel deve estar nas prateleiras dos alimentos e não no armário dos medicamentos e consumido com frequência desde que não exista contra-indicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os 21 Benefícios da Madressilva Para Saúde

Beneficios da Castanha do Para

Os 40 Benefícios da Castanha do Pará Para Saúde