Ácido Pantotênico – Fontes, Benefícios e Deficiência

Revisado por

Graduado em Nutrição!

Especialista do Dr. Saúde

O Ácido Pantotênico também chamada de vitamina B5, desempenha funções no corpo como produzir colesterol, hormônios e hemácias, que são as células que carregam o oxigênio no sangue. Essa vitamina pode ser encontrada em alimentos como carnes frescas, couve-flor, brócolis, cereais integrais, ovos e leite, e sua deficiência pode provocar sintomas como cansaço, depressão e irritação frequente.

Ácido Pantotênico

O que é Ácido Pantotênico:

O Ácido Pantotênico é uma das vitaminas que compõem o complexo B. Ela faz parte de um grupo de vitaminas que auxiliam no bom funcionamento do nosso organismo.

Como o Ácido Pantotênico é um nutriente solúvel em água, seu excesso é eliminado pela urina, sendo raro o excedente desta vitamina em nosso organismo e dificilmente ocasiona algum mal.

Fontes de Ácido Pantotênico:

As fontes mais importantes do Ácido Pantotênico incluem:

Existem outras fontes significativas desta vitamina solúvel em água, incluindo alimentos como Ovos, peixes, leveduras de cerveja, nozes, leite e produtos lácteos como o queijo. Você também pode obter a vitamina do trigo, Amendoim, Soja, melaço e Castanha de Caju.

Benefícios do Ácido Pantotênico:

O consumo adequado do Ácido Pantotênico é importante porque ela desempenha as seguintes funções no organismo:

Reduz a Fadiga e o Cansaço:

Ácido Pantotênico ajuda a reduzir a fadiga e o cansaço do corpo, e define as atividades metabólicas de todo o corpo no caminho certo. Isto significa que esta vitamina é capaz de aumentar a resistência do corpo humano para realizar várias tarefas de forma eficiente e saudável.

Este é um enorme benefício desta vitamina, especialmente do ponto de vista de indivíduos ativos e atletas.

Estimula os Hormônios:

Ácido Pantotênico atua como um sintetizador de muitos componentes importantes exigidos pelo corpo humano. Por exemplo, é essencial para a formação de gorduras, proteínas, carboidratos, aminoácidos e antibióticos, além de estimular hormônios adrenais.

Melhora a Saúde da Pele e dos Cabelos:

Mais do que qualquer outra coisa, o Ácido Pantotênico ajuda a manter a pele saudável e atrativa na aparência. Também ajuda a adiar a aparência de sinais de envelhecimento prematuro na pele como rugas e manchas da idade.

Estudos também mostraram que ele desempenha um papel importante na pigmentação dos cabelos e evita que ele perca sua cor até ficar bem em seus anos mais velhos.

Aumenta o Sistema Imunológico:

Ácido Pantotênico é muito boa no fortalecimento do sistema imunológico do corpo humano. Isso nos ajuda a lutar contra várias infecções e doenças.

Para diminuir as chances de seu corpo contrair algo perigoso, certifique-se de que sua contagem de glóbulos brancos é maximizada e seu sistema imunológico está funcionando corretamente comendo alimentos ricos em vitamina.

Aumenta os Níveis de Hemoglobina:

Ácido Pantotênico mostrou aumentar o nível de hemoglobina em nossos corpos. Também ajuda o fígado a metabolizar substâncias tóxicas. Finalmente, é uma fonte de combustível para a divisão celular e reprodução de DNA.

Ácido Pantotênico ajuda a aliviar o corpo humano de uma série de problemas prejudiciais como asma, candidíase ao autismo, osteoartrite, Doença de Parkinson, síndrome pré-menstrual e muito mais. É uma das vitaminas mais versáteis e flexíveis, e não pode ser deixada fora de uma dieta saudável!

Alivia o Estresse:

Ácido Pantotênico tem a reputação de reduzir o estresse e outros problemas mentais sérios como ansiedade e depressão, o que garante a boa forma física. Isso faz isso regulando os hormônios responsáveis ​​por causar essas condições mentais.

Melhora a Saúde Cardíaca:

Ácido Pantotênico tem um registro impressionante de manter o coração humano em condições normais de trabalho. Ele regula o nível de colesterol e também ajuda no controle da pressão arterial.

Quantidade Necessário do Ácido Pantotênico:

Ácido-Pantotênico

A recomendação médica do Ácido-Pantotênico varia de acordo com a idade e a situação em que a pessoa se encontra, sendo crescente o índice de miligramas diários recomendados conforme a idade da pessoa.

Até os 13 anos de idade a ingestão diária deve ser de no máximo 4 miligramas, já na fase adulta esta porcentagem aumenta para 5 miligramas, chegando a 7 miligramas diários para mulheres grávidas ou que amamentam.

Já a quantidade ideal para atletas ou praticantes assíduos de atividades físicas é de 10 miligramas diários, para que possam usufruir de todos os benefícios da Ácido-Pantotênico no organismo.

Deficiência do Ácido Pantotênico:

A deficiência dela pode ser considerada bastante rara, mas pode incluir sintomas como a insônia, depressão, irritabilidade, fadiga, sensação de queimação nos pés, câimbras, dores de estômago e infecções respiratórias.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Leandro Almeida

Sou graduado no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) desde 2011 e Mestre em Nutrição Clínica pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, Portugal. Atualmente atendo em consultório particular no Brasil e atuo como editor no site Dr. Saúde.

Glicina – Fontes, Benefícios e Deficiência

Glutamina – Fontes, Benefícios e Deficiência