Benefícios das Plantas

Endro – Origem, Benefícios e Como Usar!

Endro – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, o Endro é uma erva aromática, também conhecida como aneto ou eneldo, que pode ser utilizada como planta medicinal porque possui propriedades que auxiliam na cura de diversas doenças, como gripe, resfriado e congestão nasal. O seu nome científico é Anethum graveolens e pode ser comprada em lojas de produtos naturais e em algumas farmácias de manipulação. Veja tudo sobre esta planta:

Endro

Origem do Endro:

Natural de regiões da Europa, norte da África e Ásia, o Endro é uma erva que pode ser usada como condimento para pratos e para preparo de chás. Da família das Apiaceae, o Endro chega a uma altura de trinta centímetros e é cultivado em escala em diversos países.

A planta cresce melhor em clima temperado, o seu ideal, mas tem fácil adaptação aos outros climas por ser uma planta muito resistente. Seu cultivo exige cuidados com a irrigação, uma vez que a falta de água pode ocasionar uma perda da produção.

Propriedades do Endro:

Além do sabor que possuía eram desconhecidas para muitos e agora, pouco a pouco, estamos vendo a luz do sol. Suas propriedades são as seguintes:

  • Digestivas;
  • Carminativas;
  • Galactógenas;
  • Antiespasmódicas;
  • Antissépticas;
  • Diuréticas;
  • Anti-hemorroidais;
  • Eupépticas;
  • Sedativas.

Quase nada em comparação com o que pensávamos que oferecia o Endro, que era apenas o sabor. Cada vez que preparamos um alimento e adicionamos esta erva aromática, estamos dando ao nosso prato, uma boa dose de saúde.

Benefícios do Endro:

Os principais benefícios são:

  • Protege contra radicais livres e substâncias cancerígenas;
  • Propriedades antibacterianas;
  • Previne a perda óssea;
  • Previne a artrite reumatóide;
  • Combate os sintomas da menopausa;
  • Aumenta a secreção de leite materno;
  • Alivia as dores nos ovários;
  • Refresca o hálito;
  • Combate as insônias;
  • Combate as pedras nos rins.

Como Preparar o Chá de Endro:

Você poderá fazer o chá de Endro com as sementes (em decoção) ou com folhas e flores (em infusão). A infusão é muito mais suave, como se poderá supor mas, igualmente benéfica.

Para a infusão de flores e folhas prefira a erva fresca:

  • Coloque um punhado da erva picada em um litro de água fervente.
  • Desligue o fogo, tampe e deixe repousar por até 10 minutos.
  • Tome quente, frio ou morno, como for do seu agrado.
  • Se fizer para o dia todo (você poderá tomar várias xícaras deste chá sem problemas) coe as ervas e as descarte (na composteira ou em qualquer dos seus vasos de plantas).

Para preparar o chá de sementes de endro:

  • Ferva 1 litro de água com 2 colheres de sopa de sementes por 10 minutos.
  • Coe e beba entre 2 a 3 xícaras por dia.

Efeitos Colaterais:

Não foram encontrados efeitos colaterais.

Contraindicações:

O Endro está contraindicado durante a gravidez, para mulheres em fase de lactação, crianças com menos de 6 anos e pacientes com gastrite, úlcera gastroduodenal, síndrome de intestino irritável, colite ulcerosa, doença de Crohn, epilepsia e outras doenças neurológicas.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.