Dieta e Nutrição

Ferro: para que serve, alimentos, deficiência e como usar

Ferro: para que serve, alimentos, deficiência e como usar no dia-a-dia.

O Ferro é um componente importante da hemoglobina, uma substância em glóbulos vermelhos que transporta oxigênio dos pulmões para todo o corpo.

A hemoglobina representa cerca de dois terços do Ferro do organismo.

Se você não tem Ferro suficiente, seu corpo não pode produzir células de sangue vermelhas saudáveis ​​que transportem oxigênio.

A falta de células vermelhas do sangue pode levar à anemia.

Ferro: para que serve, alimentos, deficiência e como usar

Esse esgotamento pode afetar tudo, desde sua função cerebral até a capacidade do seu sistema imunológico para combater infecções e outros problemas virais.

Se você estiver grávida, uma deficiência grave de Ferro pode aumentar o risco do bebê de nascer muito cedo ou menor do que o normal.

Fontes de Ferro:

  • Brócolis;
  • Espinafre;
  • Couve;
  • Carne vermelha;
  • Tofu (queijo de soja);
  • Grão-de-bico;
  • Lentilha;
  • Ervilha;
  • Feijão;
  • Cereais integrais,
  • aveia;
  • quinoa;
  • Algas;
  • Sementes de gergelim;
  • abóbora;
  • Castanha de caju;
  • Açúcar mascavo;
  • Melaço da cana;
  • Coentro.

Além destes alimentos, o mineral ainda pode ser encontrado em outros tipos de alimentos.

Agora, confira em detalhes os Benefícios do Ferro Para Saúde:

Melhora a Função Muscular:

Esse mineral vital para a saúde muscular.

Ele está presente nos tecidos musculares e também ajuda a fornecer o fornecimento de oxigênio necessário para a contração dos músculos.

Sem este mineral, os músculos perdem o tom e a elasticidade.

Aumenta a Função Cerebral:

O aumento da função cognitiva do cérebro também é um dos muitos benefícios que esse mineral apresenta.

Uma vez que o fornecimento de oxigênio no sangue é auxiliado pelo Ferro e o cérebro usa aproximadamente 20% do oxigênio do sangue, ele está diretamente relacionado à saúde cerebral.

Trata a Anemia:

O mineral também é útil para tratar uma condição grave chamada anemia ferropriva.

É aí que a maioria desses benefícios para a saúde vem, como resultado da prevenção dessa terrível doença que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

A anemia é a deficiência nutricional mais comum do planeta.

Cura Doenças Crônicas:

O Ferro também ajuda a tratar distúrbios crônicos, como anemia por insuficiência renal e outras doenças crônicas do sistema excretor e intestinal.

não estão relacionados ao sangue necessariamente, como a maioria das outras funções desse mineral, mas ainda é uma parte fundamental de muitos processos necessários em todos os sistemas do corpo, não apenas no sistema circulatório.

Deficiência de Ferro:

A deficiência desse mineral normalmente pode causar fadiga grave, fraqueza no corpo e outras doenças de saúde.

Além disso, mulheres e crianças precisam de mais Ferro do que homens, e a anemia atinge-os particularmente.

A deficiência grave pode causar doenças progressivas de pele que causam fragilidade das unhas e suavidade extra na área da língua.

Os processos enzimáticos que requerem esse mineral e proteína não ocorrerão e o metabolismo do corpo pode diminuir ou mesmo desligar.

A anemia é considerada a deficiência nutricional global mais comum.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.