Carboidratos – Fontes, Benefícios e Deficiência

Carboidratos – Fontes, Benefícios e Deficiência

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Os Carboidratos, também chamados de glicídios e açúcares, são moléculas orgânicas constituídas por carbono, hidrogênio e oxigênio. Carboidratos são moléculas orgânicas formadas por carbono, hidrogênio e oxigênio. Glicídios, hidratos de carbono e açúcares são outros nomes que eles podem receber.

carboidratos

São as principais fontes de energia dos sistemas vivos, uma vez que a liberam durante o processo de oxidação. Participam também da formação de estruturas de células e de ácidos nucleicos.

Podemos dividi-los em três classes:

Monossacarídeos: São açúcares simples que possuem de 2 a 7 carbonos em sua estrutura. A glicose é um exemplo de monossacarídeo composto por seis carbonos (hexose). Eles não sofrem hidrólise, já é a unidade mínima de um composto.

Oligossacarídeos: Compostos por dois até vinte monossacarídeos. Eles se ligam por ligações chamadas glicosídicas. Quando possuem apenas dois monômeros, chamamos de dissacarídeo. Um exemplo clássico de dissacarídeo é a sacarose. Os oligossacarídeos sofrem hidrólise quando precisam virar unidades simples, na digestão, por exemplo. Exemplos: lactose e maltose.

Polissacarídeos: Compostos por muitas unidades de monossacarídeos, ou seja, são polímeros com mais de vinte monômeros em sua composição, chegando a centenas e até milhares deles. Exemplos: amido, glicogênio e celulose.

O que São Carboidratos?

Os Carboidratos são nutrientes, responsáveis principalmente pelo fornecimento de energia para o organismo e que são constituídos por blocos de estruturas de carbono, oxigênio e hidrogênio.

Engana-se quem pensa que os Carboidratos são os vilões da perda de peso e que toda boa dieta necessariamente vai precisar restringir o consumo de Carboidratos!

De acordo com a sua estrutura, os Carboidratos são divididos em grupos e é isso que determina a velocidade de absorção e utilização que terão.

Fontes de Carboidratos:

Os Alimentos ricos em Carboidratos simples são considerados os Alimentos mais doces e incluem açúcar refinado, pão francês, mel, geleia de frutas, melancia, uva passa, cereais, arroz branco, macarrão cozido sem molho, pipoca e refrigerante.

Este tipo de carboidrato não precisa de muito tempo para ser digerido pelo organismo e, por isso, é rapidamente absorvido, produzindo mais cedo uma sensação de fome.

Assim, são considerados Alimentos  com alto ou moderado índice glicêmico, porque o açúcar deles segue rapidamente para o sangue e, por isso, devem ser evitados pelos diabéticos e por quem tenta emagrecer.

Os Alimentos ricos em Carboidratos complexos são Alimentos menos doces, como o arroz e o macarrão integral, assim como cereais integrais, lentilhas, grão de bico, cenoura ou amendoim. Veja outros exemplos em: Alimentos com baixo índice glicêmico.

Os Alimentos com Carboidratos complexos têm uma digestão mais lenta e, por isso, chegam até o sangue mais lentamente, promovendo saciedade por um período maior. Por isso, são também classificados como Alimentos com curva glicêmica baixa ou moderada.

São Alimentos ideais para os diabéticos e também durante o regime de emagrecimento. Eles são, em geral, mais ricos em vitaminas do complexo B, ferro, fibras e minerais. Então, confira também os Benefícios dos Carboidratos Para Saúde:

Benefícios dos Carboidratos Para Saúde:

Promove a Saúde do Cérebro:

O cérebro é um dos órgãos que não funcionam sem Carboidratos disponível na corrente sanguínea, quando há uma diminuição no consumo deste nutriente há uma produção exagerada de corpos cetônicos, uma vez que o organismo utiliza proteínas como fonte de energia.

Esses corpos cetônicos podem levar a uma intoxicação no indivíduo levado a sintomas indesejáveis como dores de cabeça, mau hálito, perda de massa muscular esquelética, insônia, alteração de humor, tremores e até desmaios.

Melhora o Humor:

A diminuição do consumo de Carboidratos pode afetar a produção de serotonina, um neurotransmissor capaz de influenciar o humor e o bem estar dos indivíduos.

Melhora a Digestão:

Frutas e vegetais são fonte de vitaminas e minerais. Além disso, esse são ricas em Carboidratos e ricas em fibras solúveis que evitam problemas digestivos e problemas de intestino preguiçoso.

Promove a Saúde do Coração:

Uma dieta rica em Carboidratos, frutas e hortaliças previne o aumento do colesterol ruim (LDL) e contribui para evitar infartos e derrames. Por outro lado, um cardápio com baixa ingestão de carboidrato, mas alto consumo de proteínas eleva os riscos de acúmulo de gordura na parede das artérias.

Favorece a Perda de Peso:

Parece brincadeira, pois o carboidrato simples faz engordar, principalmente em doces e massas. Neste caso falo dos Carboidratos de cadeia complexa que proporcionam sensação de saciedade, diminuição do apetite e faz o intestino funcionar por serem fontes de fibras.

Promove Bem Estar:

Os açúcares presentes nos Carboidratos podem afetar a produção de serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de alegria e bem-estar. Não é por acaso que uma dieta restritiva de carboidrato aumenta a irritabilidade e provoca mau-humor.

fontes de carboidratos

Sinais de Deficiência de Carboidratos:

A Deficiência de Carboidrato pode levar a uma depleção do sistema imunológico, uma vez que nossos músculos são os responsáveis em fornecer glutamina para formação de células imunes. Na falta de Carboidrato, os músculos são afetados, já que como foi dito acima, as proteínas passam a ser utilizadas como fonte de energia.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Cisteína – Fontes, Benefícios e Excesso

Ácido Láurico – Fontes, Benefícios e Efeitos Colaterais