Zinco – Fontes, Benefícios e Deficiência

Tudo Sobre Zinco: Fontes, Benefícios e Deficiência!

Revisado por

Biomédico Pela UFRGS

Especialista do Dr. Saúde

Zinco: Fontes, Benefícios e Deficiência que você talvez não conheça. Além disso, o zinco é tão essencial para a sua saúde que os especialistas lutam para resumir bem o que ele faz no organismo. Bem, sabemos que o Zinco é exigido por cada célula, sistema e órgão do corpo.

De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde (NIH), o Zinco desempenha um papel indispensável no metabolismo celular, na função imune, na digestão, na expressão do DNA e na cicatrização de feridas. Está envolvido em quase todos os processos biológicos.

zincoEle ainda possui um papel de suma importância na síntese de proteínas, isso é eficaz na regulação da produção de células no sistema imunitário do corpo. O mineral também é encontrado principalmente nos mais fortes músculos do corpo e em altas quantidades nas células vermelhas do organismo.

No corpo também há mais do que 250 enzimas diferentes que necessitam de Zinco para funcionar de forma eficiente. Os pesquisadores acreditam que mais de 2.500 proteínas de cerca de mais de 80.000 no corpo é predominantemente constituído por Zinco.

Fontes de Zinco:

Além destes alimentos, o mineral ainda possui ser encontrado em outros tipos de alimentos. Agora, confira em detalhes os Benefícios do Zinco Para Saúde:

Benefícios do Zinco Para Saúde:

Trata Eczema:

A eczema é uma doença inflamatória que é causada, geralmente, por uma deficiência de Zinco no organismo. Entretanto, se você consumir alimentos ricos em Zinco, você poderá tratar esta condição.

Previne Distúrbios de Próstata:

O Zinco é um mineral muito importante para lidar com distúrbios da próstata. Sua deficiência pode provocar o alargamento da próstata e torna-o vulnerável ao câncer. Entretanto, o consumo de 15mg desse mineral todos os dias será capaz de prevenir esta condição.

Melhora a Função Cognitiva:

Estudos recentes mostraram que o mineral teve um forte impacto na função mental, pois pode combinar com a vitamina B6 para garantir o bom funcionamento dos neurotransmissores que se comunicam dentro do nosso corpo. Também está presente em altas concentrações no hipocampo, que controla o pensamento e a memória.

Ajuda na Perda de Peso:

O Zinco desempenha um papel essencial na perda de peso para pessoas obesos. Uma série de estudos o conectaram com uma diminuição do apetite, o que evita o excesso de comida. Isso está relacionado à manipulação de Zinco do hormônio da grelina, que diz ao corpo quando quer comer.

Aumenta a Saúde Reprodutiva:

O Zinco é um mineral de suma importância para o reparo e o funcionamento do DNA. Ele também é essencial para o crescimento rápido das células e para a construção de constituintes principais da célula ao longo de uma gravidez.

Deficiência de Zinco:

Um dos problemas relativos para a maioria dos países é a falta de Zinco na alimentação das pessoas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a deficiência de Zinco pode chegar a atingir 29% da população do mundo todo, e quem mais sofre com isso são as crianças pequenas, idosos e mães que estão amamentando.

A falta de zinco no corpo pode acarretar em:

  • Imunidade baixa;
  • Diarreia;
  • Alergia;
  • Queda de cabelo;
  • Acne;
  • Erupções Cutâneas;
  • Perda de Apetite.
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dr. Saúde".

proteina

Proteína – Fontes, Benefícios e Deficiência

Potássio – Fontes, Benefícios e Deficiência