Especiarias e Temperos

Estragão: benefícios, informação nutricional e malefícios

Estragão é uma erva aromática que é, sem dúvida, um dos quatro melhores tempero na culinária tradicional francesa.

Também muitas vezes chamado Estragon, bem como erva dragão, esta planta perene especial é indígena para a maioria do Hemisfério Norte que inclui a Europa, Ásia, Índia, América do Norte ocidental, bem como partes do norte do México.

As folhas verdes delgadas criadas a partir de caules ramificados da erva consistem em aromas e sabores como anis. Ambas as folhas e os caules podem ser utilizados, possivelmente, frescos ou secos como tempero em uma grande variedade de pratos.

Além disso, eles são frequentemente mergulhados em vinagre e refrigerantes para dar aos seus gostos particulares nos líquidos limítrofes. Há registros escritos de cultivo da erva que remonta a 500 antes de Cristo. Embora muitas pessoas estejam familiarizadas com os usos culinários de Estragão.

Estragão: benefícios, informação nutricional e malefícios

O que é o Estragão:

O Estragão é uma planta medicinal, também conhecida como Estragão-francês ou Erva-dragão, que pode ser usada como erva aromática por ter um sabor delicado como o do anis, e útil para fazer remédios caseiros para tratar as cólicas menstruais.

Esta planta pode chegar a 1 metro de altura e tem folhas lanceoladas, apresentando minúsculas flores e seu nome científico é Artemisia dracunculus e pode ser encontra nos supermercados, em lojas de produtos naturais e em algumas farmácias de manipulação.

Valor Nutricional do Estragão:

Estragão possui uma grande quantidades de nutrientes essenciais que fornecem uma ampla gama de benefícios de saúde. É uma fonte de vitaminas essenciais, tais como a vitamina A, vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (niacina) vitamina B5 (ácido pantotênico), vitamina B6 (piridoxina), vitamina folato e vitamina C.

Benefícios do Estragão Para Saúde:

1. Combate a Cólera:

Pesquisas mostraram que o Estragão, o manjericão e a sálvia exibem atividade antibacteriana ativa contra V. cólera.

2. Protege a Mucosa Intestinal:

O Zinco contido nas folhas de Estragão tem a função de proteger a mucosa intestinal. Isso ajuda a reparar a mucosa intestinal se houver algum dano, como no caso da diarreia.

3. Ajuda na Prevenção da Anemia:

O Estragão contêm mineral de Ferro que é importante para formar glóbulos vermelhos que contêm hemoglobina. Também é apoiado pela vitamina C que ajuda a absorção de Ferro. Isso faz folhas da erva pode prevenir a anemia.

4. Combate Cãibras Muscular:

O Estragão contêm Magnésio como relaxante muscular. Isso evitará a incidência de cãibras musculares que podem acontecer.

5. Baixa os Níveis de Açúcar no Sangue:

O Estragão é ricas em fibras dietéticas que podem distribuir a caloria em todos os órgãos do corpo. Este mecanismo pode diminuir o nível de açúcar no sangue nos pacientes diabéticos.

6. Combate o Câncer:

Um estudo de 2005 descobriu que o óleo de Estragão luta contra o dano dos radicais livres às células, se o corpo não for capaz de expô-las eficientemente como um desperdício.

7. Promove a Saúde do Coração:

O Estragão podem proteger seu coração das doenças cardíacas. O efeito anti-inflamatório do antioxidante mantém seus vasos de quaisquer danos. A erva contêm também mineral de Potássio que desempenha o papel importante para regular a contração cardíaca.

8. Mantem Ossos Fortes e Saudáveis:

A erva é rico em Cálcio e Fósforo. Esses minerais são essenciais para a formação óssea e mantêm a resistência dos ossos.

9. Fortalece os Dentes:

O Cálcio e o Fósforo contidos no Estragão também podem ajudar a fortalecer os dentes através de seu mecanismo específico.

10. Elimina Vermes Intestinais:

As crianças pequenas são sempre vulneráveis ​​a lombras intestinais e tênias. A erva é útil para destruir esses parasitas.

11. Combate a Demência:

pesquisas indicaram que o Estragão poderia prevenir a desvanecimento da condução nervosa aliviada e neuropatia sensorial em camundongos alimentados com uma dieta rica em gordura que causa obesidade, hiperglicemia e problemas de condução nervosa.

12. Preveni o Diabetes:

Estudos indicaram que o Estragão possui atividade anti-hiperglicêmica (ou atividade anti-alta de açúcar no sangue). Além disso, a erva tem o potencial de aumentar a sensibilidade à insulina e melhorar a sinalização dos receptores de insulina.

13. Regular o Ciclo Menstrual:

A erva pode ter a capacidade de regular o ciclo menstrual, e aliviar os sintomas pré-menstruais (PMS), servindo como um poderoso emenagogue (ou erva que estimula o fluxo sanguíneo na área pélvica e útero).

Estragão: benefícios, informação nutricional e malefícios

14. Ajudar na Digestão:

A erva pode acelerar a digestão estimulando a secreção de sucos digestivos no estômago. Isso ajuda o corpo a quebrar os alimentos em componentes que podem ser absorvidos pelos intestinos.

15. Combate os Radicais Livres:

O Estragão contêm antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres no organismo. Ele protegerá seu corpo de qualquer doença.

Confira Outros Benefícios do Estragão Para Saúde:

  • Combater a Cólera:
  • Proteger a Mucosa Intestinal:
  • Prevenir de Anemia:
  • Combater Cãibra Muscular:
  • Baixar os Níveis de Açúcar no Sangue:
  • Combater Câncer:
  • Para o Coração:
  • Manter Ossos saudáveis:
  • Fortalecer os Dentes.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.