Magnésio – Fontes, Benefícios e Deficiência

Magnésio – Fontes, Benefícios e Deficiência!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dr. Saúde

Magnésio – Fontes, Benefícios e Deficiência que este nutriente pode causar ao nosso organismo. Além disso, o Magnésio é um dos macrominerais essenciais. Ao contrário dos minerais traços que só são necessários em pequenas quantidades, seu corpo requer uma quantidade relativamente grande deste e outros, como o Cálcio e o potássio.

O Magnésio é um nutriente que o corpo precisa para se manter saudável. Ele é importante para muitos processos no corpo, incluindo a regulação da função muscular e nervosa, níveis de açúcar no sangue e pressão arterial e produção de proteína, osso e DNA .

O que é Magnésio?

O Magnésio é, por norma, um importante e abundante mineral no nosso corpo. É necessário para mais de 300 reações no corpo, como o metabolismo, síntese proteica, produção de energia, crescimento das células e desenvolvimento do DNA/RNA.

magnesio beneficios

Ele é um mineral encontrado em alimentos como sementes, Amendoim e Leite, e desempenha diversas funções no organismo, como regular o funcionamento dos nervos e dos músculos e ajudar no controle do açúcar no sangue

Fontes de Magnésio:

Este mineral é encontrado naturalmente em muitos alimentos e é adicionado a alguns alimentos fortificados. Você pode obter quantidades recomendadas deste nutriente comendo uma variedade de alimentos, incluindo o seguinte:

Legumes, nozes, sementes, grãos integrais e vegetais de folhas verdes (como espinafre)
Cereais de pequeno-almoço fortificados e outros alimentos fortificados como Leite, iogurte e alguns outros produtos lácteos.

As fontes naturais dele incluem vegetais marinhos, vegetais frondosos, como Espinafre e grãos integrais, que geralmente são componentes importantes da dieta normal de uma pessoa. Outros vegetais que podem ser classificados como uma fonte rica deste mineral incluem tomates, legumes como Beterraba, favas, feijões, alcachofras, batatas doces, farinha de trigo mourisco, sementes de abóbora, farinha de trigo, farelo de Aveia, cevada, farinha de milho e chocolate.

Além disso, você pode consumir produtos lácteos, bem como alimentos não vegetarianos, como peixe. O pão de trigo inteiro que contém farelo e germe tem o dobro do teor de Magnésio em comparação com o pão branco. A água também tem um alto teor deste mineral.

Benefícios do Magnésio Para Saúde:

Este nutriente é necessário para ajudar a manter os músculos relaxados, incluindo os do coração e dos vasos sanguíneos. É necessário na função de co-fatores vitais e enzimas. Veja outros dos demais Benefícios do Magnésio Para Saúde:

Absorve Cálcio:

O Cálcio e o Magnésio são importantes para a manutenção da saúde óssea e prevenção da osteoporose.

Sem ele, uma alta ingestão de Cálcio pode aumentar o risco de calcificação arterial e doença cardiovascular, bem como cálculos renais .

Qualquer pessoa que esteja tomando suplementos de Cálcio também deve tomá-lo para garantir que sua ingestão de Cálcio seja devidamente metabolizada.

Transporta Energia:

Este mineral é responsável pela produção e transporte de energia trabalhando como cofator com outros enzimas para auxiliar a digestão e a absorção de proteínas, carboidratos e gorduras. O Magnésio também funciona com outros enzimas no corpo para sintetizar proteínas. Isso ajuda o corpo a criar e transportar energia ao trabalhar com a enzima adenosina trifosfato, ATP, que é a molécula de armazenamento de energia básica em seu corpo.

Regula a Pressão Sanguínea:

As ingestões dietéticas de alimentos ricos neste nutriente ajudam a regular a pressão sanguínea. A ingestão dietética deste mineral pode ajudar a melhorar os perfis lipídicos séricos e reduzir a pressão arterial.

Alivia a Constipação:

Ele proporciona um alívio rápido da constipação, e uma alta dose de seus suplementos solúveis em água é conhecido por trazer alívio até o estado mais severamente constipado. A propriedade laxante desta vitamina relaxa os músculos intestinais, ajudando assim a estabelecer um ritmo mais suave ao passar o intestino. Também tem outra propriedade de absorção de água, que, por sua vez, suaviza as fezes e ajuda a passar facilmente.

Alivia Cólicas:

Ele ajuda a tratar dores de cabeça severas relaxando os músculos das costas, o estresse nos rins e a tensão muscular. Por ajudar na absorção de Cálcio do corpo, o que pode levar a cicatrização mais rápida dos ossos. As cólicas nas pernas e a fadiga geral são sintomas tradicionais de sua deficiência. Portanto, a ingestão adequada de seus suplementos atua como uma cura para problemas crônicos de cãibras nas pernas.

Protege a Saúde do Coração:

Este mineral protege o coração dos batimentos cardíacos irregulares e protege-o com ternuras de danos, particularmente do estresse muscular. Realmente acalma os nervos, mede os processos digestivos e evita problemas como vômitos, cólicas, indigestão, dor abdominal, flatulência e constipação, tudo isso pode colocar um estresse excessivo no seu sistema cardiovascular. E sua deficiência pode resultar em doenças cardíacas letais.

magnesio

Promove Contração Muscular e Relaxamento:

Uma função importante dele é seu papel no relaxamento e contração muscular. Seu corpo usa este mineral para regular o controle muscular e nervoso. Se você não obtém suficiente quantidade de Magnésio na dieta, pode sofrer fraqueza muscular, contração ou contração muscular prolongada e fadiga.

Previne Asma:

Os pacientes que sofrem de asma crônica podem normalizar sua respiração com a ajuda de suplementos de Magnésio que auxiliam no relaxamento dos músculos brônquicos e na respiração reguladora. Mesmo a respiração ofegante e a falta de ar podem ser aliviadas através da administração intravenosa desse mineral.

Saúde dos Ossos:

Este nutriente é importante para a formação óssea. Ele ajuda a assimilar o Cálcio no osso e desempenha um papel na ativação da Vitamina D nos rins. A Vitamina D também é essencial para ossos saudáveis.

A ingestão ótima de Magnésio está associada a maior densidade óssea, formação melhorada de cristais ósseos e menor risco de osteoporose em mulheres após a menopausa.

Enxaquecas:

Pequenos estudos sugeriram que a terapia com Magnésio pode ajudar a prevenir ou aliviar dores de cabeça, mas a quantidade que provavelmente será necessária para fazer a diferença é alta. Só deve ser administrado por um profissional de saúde.

Outros Benefícios:

Ele também traz outros benefícios como:

  • Fornece auxílio contra a fadiga;
  • Melhora os sintomas da síndrome pré-menstrual;
  • Ajuda no controle da ansiedade;
  • Trata problemas de insônia.

Como Consumir o Magnésio?

O subsídio alimentar recomendado inclui o Magnésio que você obtém a partir dos alimentos que você come e de todos os suplementos que você toma.

A média diária recomendada (RDA) para o Magnésio depende da idade e do gênero. O NIH recomenda a seguinte ingestão de Magnésio:

  • De 1 a 3 anos de idade: 80 mg por dia;
  • De 4 a 8 anos: 130 mg por dia;
  • De 9 a 13 anos: 240 mg por dia.

A partir de 14 anos, os requisitos são diferentes para homens e mulheres.

  • Macho entre 14 e 18 anos: 410 mg por dia;
  • Homens de 19 anos ou mais: 400 a 420 mg por dia;
  • Feminino com idade entre 14 e 18 anos: 360 mg por dia;
  • Feminino com 19 anos ou mais: 310 a 320 mg por dia;
  • Durante a gravidez: 350 a 400 mg por dia;
  • Durante a amamentação: 310 a 360 mg por dia.

Deficiência de Magnésio:

A deficiência dele é rara, mas pode afetar pessoas mais velhas. Ele pode resultar a partir de excesso de consumo de álcool, algumas condições de saúde, como um distúrbio gastrointestinal, e o uso de alguns medicamentos.

Os sintomas incluem:

  • Fadiga e fraqueza;
  • Perda de apetite;
  • Náusea e vomito.

Os sintomas mais avançados incluem:

  • Apreensões;
  • Cãibras musculares;
  • Dormência e formigamento;
  • Alterações do ritmo cardíaco e espasmos;
  • Mudanças de personalidade.

A deficiência está ligada à resistência à insulina, síndrome metabólica, doença cardíaca coronária e osteoporose. Pode levar a níveis baixos de Cálcio ou baixo teor de potássio no sangue.

beneficios do magnesio

Efeitos do Excesso de Magnésio:

Uma overdose de Magnésio através de fontes alimentares é improvável, porque qualquer excesso dele consumido em alimentos será eliminado na urina.

No entanto, uma ingestão elevada de Magnésio a partir de suplementos pode levar a problemas gastrointestinais, tais como diarreia, náuseas e cãibras.

As doses muito elevadas podem causar problemas renais, baixa pressão arterial, retenção de urina, vômitos, depressão e letargia, perda de controle do sistema nervoso central (SNC), parada cardíaca e, possivelmente, morte.

Em doses muito elevadas, o Magnésio pode ser fatal.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dr. de Saúde para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

Fósforo – Fontes, Benefícios e Deficiência

fontes de cromo

Cromo: Fontes, Benefícios e Deficiência