Iodo – Fontes, Benefícios e Deficiência

Iodo – Fontes, Benefícios e Deficiência

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Iodo – Fontes, Benefícios e Deficiência. Além disso, O Iodo é um elemento vital para o crescimento normal e desenvolvimento. Cerca de 60% do Iodo presente no corpo humano está armazenado na glândula tireoide. Seus benefícios à saúde desempenham um papel muito importante no funcionamento normal da tireoide, que secreta hormônios responsáveis por controlar o índice metabólico do corpo. De fato, sem ela, os hormônios da tireoide não seriam nem sintetizados.

fontes de iodo

Este elemento controla o funcionamento da tireoide no corpo humano, o que acaba por ter uma influência significativa nos processos metabólicos do corpo. Ele ajuda a otimizar a utilização de calorias, prevenindo, portanto, o armazenamento de gordura em excesso.

Outros benefícios incluem a remoção de toxinas do corpo e assistência para o sistema no que se refere a utilizar minerais como cálcio e silício.

O que é Iodo?

Este elemento é  um mineral conhecido por ser importante para a função da tireoide. No entanto, os médicos raramente têm conhecimento sobre o quão importante é a ingestão adequada de Iodo. A glândula tireoide afeta uma enorme lista de funções no organismo, e o Iodo é necessário para a função da tireoide. Junto com a função da tireoide, este elemento é importante por uma série de razões.

Semelhante ao cálcio e ao magnésio, o mineral está associado ao oceano e é encontrado em grandes quantidades em algas. Ele também é encontrado em outras plantas e animais do mar. Países que dependem de ingestão significativa de frutos do mar e algas marinhas, como o Japão, possuem uma ingestão de Iodo muito maior do que muitos países sem litoral.

Fontes de Iodo:

Este elemento está presente em grandes quantidades tanto em animais quanto em plantas marinhas, incluindo crustáceos, peixe branco de águas profundas e algas marinhas marrons, que absorvem Iodo da água do mar.

Certifique-se de incluir abundantes quantidades de sardinhas e atum em lata, lagosta, ostra, mexilhão, bacalhau, arinca, linguado, poleiro de arenque, salmão, badejo e camarões na sua dieta mensal. Dulse, algas, alho, feijões de lima, acelga, abobrinha, sementes de gergelim, soja, nabo verde e espinafre são algumas outras fontes de Iodo.

O sal Iodado é outra importante fonte e padeiros frequentemente adicionam Iodo ao fermento como um agente estabilizante.

Benefícios do Iodo Para Saúde:

Promove a Saúde de Vários Órgãos:

Por ser necessários para a síntese dos hormônios tireoidianos, o Iodo auxilia na regulação do ritmo cardíaco e da pressão arterial. Pelo mesmo motivo, o Iodo também é essencial para o funcionamento do fígado, rins e ovários.

Aumenta o Metabolismo:

O Iodo é essencial para a síntese dos hormônios tireoidianos. Esses hormônios atuam no metabolismo basal, dos lipídios, dos hidratos de carbono, das proteínas, da água e de alguns minerais. Eles também agem na manutenção da temperatura corporal.

Promove o Crescimento do Cabelo e Unhas:

O Iodo é essencial para o funcionamento da glândula da tireoide, que irá sintetizar hormônios que agem no crescimento físico e neurológico. Uma ingestão suficiente de Iodo no organismo ainda irá fazer com que o cabelo e as unhas tenham um crescimento saudável.

Aumenta a Imunidade:

Muitas pessoas focam nas implicações do Iodo relacionadas à glândula tireóde, incluindo a melhora do sistema imune. Ele combate radicais livres, e assim como a Vitamina C, ele também estimula e melhora a atividade de antioxidantes no corpo para prover uma forte medida de defesa contra várias enfermidades, incluindo doenças cardíacas e câncer.

Alguns estudos mostram que ele protege diretamente as células cerebrais de ratos de efeitos danosos de radicais livres ao se conectar com os ácidos graxos na membrana das células, deixando menos espaço para os radicais livres afetarem o organismo.

Previne o Hipotireoidismo:

Essa condição é caracterizada por uma glândula tireoide pouco ativa e resulta no retardamento de vários processos do corpo, já que o equilíbrio químico do corpo sai de balanço. Um dos mais comuns resultados do hipotireoidismo é um grande aumento no peso, já que o corpo simplesmente não queima as calorias dos alimentos para transformá-las em energia útil.

Ainda que o hipotireoidismo possa ocorrer por várias razões e não só a deficiência de Iodo, ainda é uma boa ideia aumentar o consumo deste elemento e estimular a atividade hormonal que o ajudará a perder peso e gordura, que são comuns em pacientes com a condição.

Alguns efeitos adicionais do hipotireoidismo incluem fadiga, pele seca, problemas de concentração, constipação, câimbras e inchaço nas pernas. Se não tratada, a condição pode resultar em sintomas mais sérios, tais como insuficiência cardíaca ou coma.

Previne o Câncer:

Provavelmente o mais importante benefício do Iodo para a saúde – à parte da sua influência à tireoide – é sua propriedade anticancerígena. Estudos demonstraram que células cancerosas encolhem após uma injeção deste elemento, e às vezes, elas sofrem apoptose (morte celular automática) e são substituídas por outras células saudáveis.

O mecanismo exato para esse processo ainda é desconhecido, mas pesquisas descobriram essa conexão positiva, particularmente em termos de efeitos na indução da apoptose em células carcinoma no câncer de mama. Foi constatado também que o aparecimento de câncer de tireóide é mais comum em pessoas que sofrem de deficiência deste elemento.

Outros Benefícios do Iodo:

  • O Iodo é um mineral essencial para o organismo, pois desempenha funções de:
  • Ajuda a Prevenir problemas na tireoide, como o hipertireoidismo, bócio e câncer;
  • Combate a infertilidade em mulheres, pois mantém a produção adequada de hormônios da tireoide;
  • Previne o câncer de próstata, mama, útero e ovários;
  • Reduz o aumento da pressão arterial em mulheres grávidas;
  • Combate as deficiências mentais no feto;
  • Ajuda a prevenir doenças como diabetes, problemas cardíacos e infarto;
  • Combate infecções causadas por fungos e bactérias.

Sinais de Deficiência de Iodo:

A falta deste elemento pode levar a vários problemas diferentes, incluindo a função da tireoide pobre. Quando a glândula tireoide carece deste elemento, o tamanho do bócio aumenta. Esta glândula alargada busca qualquer Iodo no organismo.

Os cientistas aprenderam há muito tempo que a suplementação de Iodo, comumente feita adicionando o sal, pode ajudar a diminuir a carência deste elemento. Infelizmente, a deficiência de Iodo é muito mais comum do que imaginamos. Mais de um bilhão de pessoas podem estar em risco de deficiência de Iodo. Assim, o elemento e sua importância se fazem necessários durante toda a vida.

iodo

Efeitos Colaterais do Iodo:

Em geral, o Iodo é seguro para a saúde, mas quantidades em excesso desse mineral pode causar náuseas, dor no estômago, dor de cabeça, corrimento nasal e diarreia. Em pessoas mais sensíveis, ele pode causar inchaço nos lábios, febre, dor nas articulações, coceira, hemorragias e morte.

Assim, a suplementação deste elemento não deve ultrapassar 1100 mcg por dia em adultos adultos, e doses menores devem ser dadas para bebês e crianças, devendo ser feita apenas de acordo com orientação médica.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Vitamina B5 – Fontes, Benefícios e Deficiência

Licopeno – Fontes, Benefícios e Deficiência