Pepino do Mato – Origem, Benefícios e como Usar!

→ Pepino do Mato – Origem, Benefícios e como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Pepino do Mato – Origem, Benefícios e como Usar este pequeno vegetal. Além disso, o Pepino do Mato é um grupo de mini-legumes, naturalmente pequenos. Existem, na verdade, ao menos quatro espécies de Pepino do Mato, cada um com sua peculiaridade. Em comum todos eles tem um ou dois centímetros de comprimento, crescem em plantas trepadeiras delicadas e pequenas, gostam de ambientes frescos e meia-sombra e não são exigentes quanto ao cultivo.

Pertencente à família das Cucurbitaceae, a planta Pepino do Mato, cujo nome científico é Melothria Pendula pode ser encontrada também com os nomes de melão de morcego, cerejeira de purga, abobrinha do mato, aboboreira do mato, entre outros.

Benefícios do Pepino do Mato

O Pepino do Mato possui um caule fino e liso, e trata-se de uma trepadeira perene que conta com folhas alternadas que podem ter até 7 cm de comprimento. As flores são compostas por 5 pétalas de coloração amarela, e o fruto, com apenas 1 cm de diâmetro, é verde escuro, ficando quase preto quando maduro. Sua floração é de julho a setembro e pode ser encontrado principalmente por toda a Amazônia, no Cerrado e na Mata Atlântica.

Benefícios do Pepino do Mato:

O Pepino do Mato possui propriedade laxante, sendo essa aplicada há muitos séculos para pacientes com prisão de ventre, mas também como um medicamento para controlar a febre e para estimular o apetite.

Pode ser usado ainda para o tratamento de afecções uterinas, úlcera, dismenorreia, opilação, epilepsia, obstrução das vísceras abdominais, hidropsia e morféia, além de outras afecções.

Ele também é usado para aliviar cólicas menstruais, corrimento vaginal, lepra, elefantíase e diversas patologias cutâneas. O chá das raízes desse pequeno legume ajuda a tratar o reumatismo agudo e crônico, assim como doenças do fígado e da vesícula biliar. Além disso, o Pepino do Mato conta com propriedades benéficas no tratamento do artritismo, sífilis, paralisia, manchas no rosto, leucorreia, furúnculos, feridas, febre intermitente, erisipelas, dores nas juntas, entre outros.

Efeitos Colaterais:

Quando usado em grandes quantidades, ele pode apresentar alguns efeitos colaterais, como diarreia pastosa ou aumento do número de evacuações.

Não foram encontrados contraindicações para o Pepino do Mato nas literaturas consultadas.

Consulte sempre um médico para mais orientações.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Erva de Bicho – Origem, Benefícios e Como Usar!

Os 20 Benefícios da Erva Douradinha Para Saúde!