Ômega 3 – Fontes, Benefícios e Deficiência

Ômega 3 – Fontes, Benefícios e Deficiência

Revisado por

Educação Física pela UGF

Especialista do Dr. Saúde

Ômega 3 – Fontes, Benefícios e Deficiência que poucos Conhecem. Alem disso, O Ômega 3 é uma gordura poli-insaturada. Extraído do óleo de peixe, tem entre seus benefícios mais reconhecidos a proteção da saúde cardiovascular e cerebral. O Ômega 3 de qualidade deve ser livre de chumbo e metais pesados. Deve-se usar peixes de águas congeladas, para garantir a qualidade e evitar a oxidação.

Para as pessoas que querem perder peso, a gordura vem como um vilão, mas, é importante saber que existe gordura boa e gordura ruim, e que para não acontecer o aumento de peso, é só tomar cuidado com a quantidade de gordura que vai ser ingerida. Nove a cada dez nutricionistas recomendam que seus pacientes com algum problema de saúde causado principalmente por falta de gordura, consumam Ômega 3.

O que é ômega 3?

O ômega-3 é um tipo de gordura poli-insaturada, muito benéfica ao organismo. É essencial, ou seja, o corpo não consegue produzi-la, devendo ser obtida por meio da alimentação ou de suplementos especializados. As gorduras são importantes fontes de energia, conferem sabor aos alimentos e são primordiais para a absorção, no intestino, das vitaminas lipossolúveis (vitamina A, vitamina D, vitamina E e vitamina K), e não devem ser excluídas da dieta.

Para que Serve Ômega 3?

Os benefícios do ômega-3 para o organismo são muitos, já comprovados por pesquisas científicas:

  • Tem ação anti-inflamatória.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Contribui para uma pele saudável.
  • Auxilia no controle da pressão arterial.
  • Possui efeito antitrombótico, ou seja, inibe a agregação plaquetária, além de estimular a
  • vasodilatação.
  • Promove a saúde cardiovascular.
  • Protege a retina.
  • Melhora o desempenho cognitivo.
  • Auxilia no tratamento da depressão.
  • Ajuda a reduzir os níveis de colesterol e triglicérides no sangue.

Além disso, a partir do consumo de ômega-3, ocorre no organismo a biossíntese dos ácidos graxos EPA (eicosapentaenoico) e DHA (docosahexaenóico) que, apesar de apresentarem estruturas semelhantes, exercem funções bem diferentes e importantes no organismo. O EPA está relacionado, principalmente, com a saúde cardiovascular, enquanto que o DHA é considerado fundamental para o desenvolvimento do sistema visual e cerebral, além de estar associado à saúde materno-infantil.

Alimento Ricos em Omega 3:

As principais fontes são peixes de água profunda como:

  • salmão;
  • atum;
  • bacalhau;
  • sardinha.

Porém, existem alguns alimentos que também possuem Omega 3, são eles:

  • brócolis;
  • nabo;
  • nozes;
  • semente de linhaça;
  • couve-flor;
  • vagem;
  • semente de chia.

Quais São os Benefícios do Omega 3:

Os benefícios do ômega-3 para o organismo são muitos, já comprovados por pesquisas científicas:

  • Tem ação anti-inflamatória.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Contribui para uma pele saudável.
  • Auxilia no controle da pressão arterial.
  • Possui efeito antitrombótico, ou seja, inibe a agregação plaquetária, além de estimular a
  • vasodilatação.
  • Promove a saúde cardiovascular.
  • Protege a retina.
  • Melhora o desempenho cognitivo.
  • Auxilia no tratamento da depressão.
  • Ajuda a reduzir os níveis de colesterol e triglicérides no sangue.

Além disso, a partir do consumo de ômega-3, ocorre no organismo a biossíntese dos ácidos graxos EPA (eicosapentaenoico) e DHA (docosahexaenóico) que, apesar de apresentarem estruturas semelhantes, exercem funções bem diferentes e importantes no organismo.

Dose Recomendadas do Omega 3?

As doses diárias de Ômega 3 a serem consumidas pelos indivíduos são meio contraditórias, já que existem locais que indicam no máximo 1 g por dia e outros que indicam 4 g. Por isso, é importante consultar um médico especialista (nutricionista).

A dose diária pode variar de acordo com o problema pelo qual o Ômega 3 esta sendo ingerido, e justamente por isso, o nutricionista deve estar ciente do uso feito pelo paciente para que ele avalie o caso e indique o tempo correto de tratamento além da quantidade necessária por dia.

Efeitos Colaterais dos Suplementos de Ômega 3:

A suplementação de Ômega 3 não tem sua eficácia totalmente comprovada pelos estudos. Porém, por serem feitas à base de produtos naturais, as cápsulas de óleo de peixe não fazem de todo mal, com exceção do dinheiro investido em algo que talvez não funcione. Porém, o consumo excessivo dos suplementos de Ômega 3 pode causar efeitos colaterais não tão benéficos.

Além disso, o óleo de peixe, quando consumido em doses elevadas, é o responsável pelo possível aumento do risco de sangramentos, em especial por parte dos pacientes que apresentam problemas de coagulação e também dos que ingerem medicamentos que controlam a coagulação, como a heparina, a aspirina, a varfarina, a ticlopidina e o clopidogrel.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Francysco Silva

Sou Formado em Educação Física, pela UGF – (Universidade Gama Filho) - Na turma 2012-2016. Atuei e atuo em academias e clubes, nas modalidades de Musculação do Iniciante ao Avançado, Ginástica em Grupo, Natação.

vitamina b9 fontes

Vitamina B9 – Fontes, Benefícios e Deficiência!

beneficios da luteina

Luteína – Fontes, Benefícios e Deficiência