Coronilha – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dr. Saúde

Coronilha – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a  Coronilha é uma árvore pequena, ou mesmo um arbusto, de caule reto, medindo até 6m de altura e 50cm de diâmetro, muito frondoso. Sua casca é avermelhada, fina, decídua em camadas relativamente espessas, seus ramos eretos, quadrangulares enquanto nova, frequentemente opostos, com grandes espinhos de até 4cm de comprimento. Suas folhas subpostas ou alternas, elípticas ou oval-lanceoladas, agudas ou obtusas, peninervadas, inteiras ou, às vezes, serradas e com um dente no ápice, coriáceas, verde-escuro; suas flores são esverdeadas, curto pedunculadas, pequenas e dispostas em fascículos de 2 e 3; tem ovário subgloboso e o seu fruto é uma drupa globosa, esverdeada, de 2 a 3mm de diâmetro, contendo sementes compridas, discoides.

Coronilha

Fornece finíssima espécie de madeira, violácea ou avermelhada, muito elástica, considerada impenetrável pelos insetos, principalmente o cerne; é homogênea, porém racha durante a secagem.

É usada para obras de esteio, torno, marcenaria, lenha, carvão e trabalhos expostos. É medicinal, pois sua casca contém matéria tintorial e dela se faz também certa tintura recomendada como tônico do coração.

As folhas são alimento predileto da lagarta da grande mariposa Morpho catenarius ( borboleta-da-Coronilha ). Os frutos também contêm matéria tintorial. Existem outras variedades como a acutifólia, arenícola e obtusifólia. Veja tudo sobre esta planta:

Origem da Coronilha:

A Coronilha é uma espécie nativa das matas do sul da América do Sul. A Coronilha tem o nome científico de Scutia buxifolia. Ela é da família das Ramnáceas. É uma árvore pequena que pode chegar a medir até seis metros e seu tronco atingir 50 centímetros de diâmetro. Uma das características dessa árvore é que de seus ramos brotam espinhos de até quatro centímetros.

Sua madeira é muito disputada, pois ela é considerada elástica, onde os insetos não conseguem perfurar. Entretanto, se muito seca, começa a rachar. Por conta da sua resistência, ela é bastante utilizada para lenha, carvão, obras de esteio e outros fins.

Propriedades da Coronilha:

A composição da Coronilha são os alcaloides, saponinas e taninos. A sua casca também é poderosa, pois contém alcaloides ciclopeptídicos. No Brasil, podemos encontrá-la mais facilmente no estado do Rio Grande do Sul, região serrana do sudeste e também no litoral sul do Brasil.

Benefícios da Coronilha:

As partes mais utilizadas da Coronilha são as cascas do tronco, com larga aplicação para chás diuréticos. O seu chá ou extrato serve para controlar a pressão arterial das pessoas que são hipertensas. Já as folhas servem de alimento para insetos da plantação.

Cuidados da Coronilha:

Lembre-se: nunca se automedique. Procure sempre o seu médico para que o mesmo possa lhe orientar a respeito dos tratamentos fitoterápicos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Crista de Galo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Canela Branca – Origem, Benefícios e Como Usar!