Benefícios das Plantas

Narciso – Origem, Benefícios e Como Usar!

Narciso – Origem, Benefícios e Como Usar para sua saúde. Além disso, o Narciso tem o nome científico de Narcissus poeticus. A planta faz parte da família das Amaryllidaceae. Estamos falando de uma planta muito bela, como um anel de pétalas brancas e uma pequena coroa em amarelo com borda avermelhada.

Ela pode se elevar entre 20 e 40 centímetros e é extremamente perfumada, sendo geralmente utilizada para fins decorativos e aromáticos. Como o nome dá a entender, a planta é relacionada à lenda de Narciso, o mito greco-romano da Antiguidade.

narcisoDizem que, convencido de sua grande beleza, Narciso costumava desdenhar de suas admiradoras, o que gerou a irritação de algumas deusas que, desejando puni-lo, o condenaram a olhar seu reflexo nas águas de um lago, apaixonando por si próprio. Acabou caindo no lago e morrendo afogado e se transformando na flor Narcissus poeticus.

Benefícios do Narciso Para Saúde:

O consumo da planta Narciso é bastante recomendada para auxiliar no tratamento e até mesmo promover a cura de algumas doenças e males, como: contrações musculares; disenterias; infecções espasmódicas; diarreia; histeria; epilepsias; febre intermitente e recorrente; doença cerebral acompanhada de dilatação de pupilas; e reumatismo.

Além de embelezar o local em que é cultivada e tornar o clima muito mais harmônico e cheiroso por seu aroma único, a Narciso é um afrodisíaco natural e eficiente, além de servir como estimulante para tarefas rotineiras e comuns, prevenindo a fadiga e o cansaço crônico.

Como Usar a Planta:

Embora seja uma planta natural, a Narciso não deixa de ser um medicamento, o qual só deve ser usado mediante orientação e acompanhamento de um especialista.

A planta será encontrada na forma de tintura dos bulbos por maceração em álcool. Deve-se utilizar ¼ de gota a 10 gotas, de acordo com o receituário médico.

Efeitos Colaterais e Contraindicações:

Por ser extremamente tóxica, a planta pode provocar irritações, inflamações gastrintestinais, dermatites, catarse, vômitos, dores de cabeça e, em excesso, pode levar até mesmo à morte. Além disso, seu consumo é fortemente contraindicado para gestantes, lactantes e crianças menores de 10 anos.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.