Aveloz – Origem, Benefícios e Como Usar!

Aveloz – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Aveloz – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, o Aveloz possui ricas propriedades medicinais que podem promover a saúde do corpo humano. O Aveloz (Euphorbia tirucalli L.) é uma planta de origem africana encontrada no Norte e Nordeste do Brasil. Da família Euphorbiaceae, a planta Aveloz pode ser conhecida também como Aveloz, almeidinha, coral verde, dente de cão, árvore de são Sebastião, árvore de lápis, cega olho, cassoneira, dedinho, coral de cristo, dedo de diabo, pinheirinho, labirinto e muitos outros nomes populares.

beneficios do aveloz

Embora seja uma planta muito disseminada e comum – principalmente no Nordeste brasileiro – ela não deve jamais ser subestimada. A planta Aveloz, embora possua diversas restrições para não ser nociva perante animais, crianças e até alguns adultos desavisados, quando corretamente manejada pode propiciar diversos benefícios para a saúde.

Escuta-se por aí que seu consumo é capaz até mesmo de prevenir ou auxiliar na cura do câncer. Para certificar-se do que é verdade e do que é boato, vamos analisar as propriedades da Aveloz e seus benefícios.

Origem do Aveloz:

A planta é nativa das Montanhas Atlas, no Marrocos. Tem uma ampla distribuição na África, sendo destaque presentes no nordeste, central e sul da África. Também pode ser nativa em outras partes do continente, bem como algumas ilhas próximas e na Península Arábica, foi introduzida para muitas outras regiões tropicais.

Hoje está naturalizada em áreas tropicais da Amazônia, Brasil, África, Ilhas Canárias e Madagáscar; Muito usado como cerca viva e como barreira protetora contra incêndios.Os estudos com o Aveloz começaram porque vários pesquisadores notaram que a incidência do vírus Epstein-Barr e certo tipo de linfoma eram endêmicos em lugares onde esta planta era utilizada.

Aveloz  também é chamado planta-de-petróleo porque produz um hidrocarboneto muito parecido com a gasolina. Chegou a ser estudada pela Petrobras, na década de 1980, pois esta substância pode ser extraída em refinarias convencionais: a estimativa seria entre 10 e 50 barris por hectare cultivado.

Isso levou o químico Melvin Calvin * propor a exploração de mata de a veloz para a produção de petróleo. Esta utilização é especialmente atraente por causa da habilidade da planta para crescer na terra que não é adequada para a maioria das outras culturas. Também tem sido utilizado na produção de borracha, mas isso não foi uma medida muito bem sucedida. O a veloz também tem usos na medicina tradicional em muitas culturas.

Propriedades do Aveloz:

A planta Aveloz possui propriedades antiasmáticas, antibióticas, anticarcinogênicas, antiescorpiônico, antirreumático, antivirótico, expectorante, purgativo, resolutivo, vermicida, antissifilítico e anti-inflamatório. Então, confira agora os Benefícios da Aveloz Para Saúde:

Benefícios do Aveloz Para Saúde:

A planta é um tradicional ingrediente de chás medicinais e garrafadas (tipo de bebida feito a partir de ervas popularmente conhecidas como medicinais) e atribui-se a ela algumas características antitumorais, entretanto ainda não há comprovações científicas.

O Aveloz despertou a curiosidade de um empresário nordestino, após a melhora de um familiar com câncer que realizou um tratamento com a planta, então, o empresário decidiu investir em pesquisas e, na fase pré-clínica (testes em células em cultura e em animais), foram demonstrados resultados positivos em diversos tipos de tumores sólidos.

A parte utilizada da planta é o látex, que deve ser dissolvido em água. O látex puro é perigoso, irrita a pele e os olhos, e pode provocar hemorragia. Por esse motivo, é recomendado manter o Aveloz longe de crianças e animais.

Como Usar o Aveloz:

Uso Interno:

  • Extrair três gotas de uma haste carnuda e colocar em um copo com água pura. Tomar uma colher (sopa) dessa água, de quatro a seis vezes ao dia;
  • Diariamente, durante uma semana, em um copo de água (200 ml), adicionar uma gota do látex.
  • Dividir a água em três doses, tomar uma dose pela manhã, outra ao meio dia e a última à noite. Na 2ª semana, acrescentar duas gotas de látex; na semana seguinte, três gotas e, na 4ª semana, quatro gotas;
  • Adicionar seis gotas de látex do Aveloz em dois litros de água. Tomar um copo três vezes ao dia;
  • Adicionar uma gota de látex em um copo de água. Tomar uma colher (sopa) a cada hora.
  • É recomendando preparar a bebida somente no momento de consumir. É necessário ter atenção com a quantidade, pois doses elevadas são tóxicas.

aveloz

Uso Externo:

  • Para dores reumáticas, passar o leite diluído de duas a três vezes ao dia.
  • Para verruga e calo, pingar uma gota do látex no local.

Efeitos Colaterais do Aveloz:

Embora possua muitas propriedades medicinais e efeitos benéficos, o consumo da Aveloz deve ser cuidadosamente acompanhado por um médico, corretamente preparado e evitar terminantemente o contato da planta com crianças e animais. O látex puro pode causar graves irritações na pele e nos olhos – podendo causar até mesmo cegueira – além de provocar hemorragias caso seja consumido em excesso.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

iris amarelo beneficios

Íris Amarelo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Benefícios do Chá de Buxo

Chá de Buxo – Benefícios, Como Usar e Contraindicações