Maria Preta – Origem, Benefícios e Como Usar!

Maria Preta – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Maria Preta – Origem, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, a Maria Preta possui muitas propriedades medicinais que promovem a saúde do copro humano. A planta Maria Preta também leva os nomes de maria-pretinha, erva-moura, erva-de-bicho, caraxixá, erva-de-mocó, guaraquinha, pimenta, pimenta-de-cachorro, pimenta-de-rato, pimenta-de-galinha, araxixu, pimenteira e maria-milagrosa, fazendo jus ao seu último nome, já que pode ser usado em diversos tipos de tratamentos naturais.

beneficios da maria preta

Não é exigente em solos, mas desenvolve-se melhor em solos orgânicos. Pode ser plantada em canteiros ou em sulcos distanciados 1 metro um do outro.

A espécie é usada na medicina alternativa em várias regiões do mundo. Apesar de trazer tantos benefícios para à saúde, a planta também apresenta riscos; suas folhas cruas e seus frutos verdes são extremamente perigosos, devido a presença de glicoalcalóides, tornando-as venenosas.

Origem da Maria Preta:

A Solanum americanum, popularmente conhecida como Maria Preta, é uma erva daninha pertencente à família das solanáceas nativa das Américas com ocorrência entre o sudoeste dos Estados Unidos da América e o sul do Peru e do Paraguai, sendo uma planta muito comum no Brasil.

Apesar de possuir bagas comestíveis, com valor medicinal, deve ser ingeridos com prudência, pois os seu frutos negros podem ser confundidos com os da beladona, planta de elevado grau de toxicidade.

A espécie encontra-se naturalizada em todas as regiões tropicais e subtropicais, sendo considerada por alguns autores como nativa do Hawaii ou pelo menos como uma introdução remota, provavelmente devida aos povos polinésios. É usada como planta medicinal nos Camarões, Quénia, Hawaii, Panamá, Serra Leoa e Tanzânia.

Propriedades da Maria Preta:

A planta é rica em propriedades medicinais tais como diuréticas, laxantes, anafrodisíaca, emoliente e elimina as toxinas e resíduos do organismo. Ela é muito utilizada na medicina popular, principalmente nos rincões das roças brasileiras, nos quais os remédios industrializados são de difíceis acesso. Então, confira os Benefícios da Maria Preta Para Saúde:

Benefícios da Maria Preta Para Saúde:

  • As folhas da Maria Preta podem ser usadas em forma de cataplasma para cicatrização de feridas, alívio das hemorroidas e queimaduras.
  • Ela atua como um desintoxicante, contribuindo com a eliminação de toxinas encontradas e acumuladas no organismo.
  • Por possuir propriedades analgésicas, a planta medicinal pode contribuir com a amenização da dor.
  • Pessoas que sofrem com dificuldades para engordar e encontram-se abaixo do peso ideal também podem obter vantagens com a Maria Preta. Isso porque ela possui propriedades aperientes, ou seja, de estimular o apetite.
  • Quem possui problemas para dormir pode se beneficiar ao utilizar aMaria Preta graças ao seu efeito calmante.
  • As folhas da Maria Preta são compostas por nutrientes como proteínas, manganês, fósforo, ferro e boro.
  • A Maria Preta é usada para aliviar nervosismo, cólicas, reumatismo, artrite, nevralgia, ferimentos, afecções das vias urinárias, espasmos na bexiga, dores musculares, no estômago, articulações e na coluna, psoríase, eczema, úlceras, contusões, hidropsia; além de ser um ótimo vermífugo natural.

Como Usar a Maria Preta:

A melhor forma de aproveitamento da planta é através da preparação de chás através das suas folhas pelos métodos de decocção, ou seja pelo cozimento em água fervente, por poucos minutos.

Seus frutos maduros podem ser usados na preparação de geleias. Era muito comum as crianças das roças matarem sua fome, com as frutinhas, encontradas no caminho de volta da escola.

Onde Encontrar a Maria Preta:

Maria Preta é encontrada em caminhos de roça, quintais, hortas, jardins e em meio à plantação de variadas culturas, pois ela é de crescimento fácil e de fácil cultivo. Atualmente há sites que comercializam vários tipos de plantas, mudas e sementes.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

maria preta

Efeitos Colaterais da Maria Preta:

A Maria Preta não deve ser utilizada por grávidas e lactantes. Deve-se evitar o uso interno da planta fresca e das sementes verdes. Em caso de ingestão de grandes quantidades de folhagem frescas ou frutos verdes, podem surgir sinais de irritação gástrica, enjoos, vômitos e dor de cabeça.

Lembre-se que todo tratamento – inclusive o natural – deve ser iniciado apenas sob orientação médica. A automedicação pode ser muito perigosa, pois as plantas contêm substâncias tóxicas.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Agnocasto – Origem, Benefícios e Como Usar!

Os 20 Benefícios da Dolomita Para Saúde!