Os 15 Benefícios da Erva de São João Para Saúde

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Dr. Saúde

Os 15 Benefícios da Erva de São João Para Saúde aprenda agora, sobre todos os benefícios dessa planta para saúde. Além disso, a Erva de São João é utilizada desde os tempos da Grécia Antiga para tratar uma variedade de distúrbios do sistema nervoso, sobretudo para controlar a depressão não severa.

Vez que proporciona os mesmos benefícios com menos efeitos colaterais que medicamentos antidepressivos tradicionais como o Prozac e outros antidepressivos tricíclicos. Portanto, pode ser necessário alguns meses de uso contínuo para que as pessoas possam se beneficiar das propriedades antidepressivas do hipérico.

erva de sao joao

Estudos sugerem que a hipericina, um dos principais componentes ativos da Hypericum perforatum, pode ter monoamina oxidase, enzima que auxilia nessa condição. Portanto, o hipérico também parece influenciar nos níveis de dopamina e norepinefrina do cérebro.

Substâncias que podem inibir a produção e funcionamento do neurotransmissor serotonina, uma das responsáveis pela sensação de bem-estar no cérebro. Portanto, uma revisão sistemática de 2009 sugeriu que a  Erva de São João pode ser melhor do que um placebo e tão eficaz quanto antidepressivos para a depressão.

A Erva de São João também vem sendo alvo de pesquisas como sendo um agente antivirótico para HIV. O óleo do hipérico pode ajudar a regenerar nervos quando usado interiormente e topicamente. Portanto, o óleo de hipérico é feito da planta fresca e usado para tratar contusões.

Queimaduras, feridas, dores nas costas, varizes, hemorroidas, queimaduras de sol, tumores, herpes e dores no nervo ciático. Esfregue unguento ou passe na espinha dorsal para tratamento de artrite, reumatismo, ciática, neuralgia, paralisia, choque elétrico e histeria.

Erva de São João ou hipérico tem o nome científico Hypericum perforatum e pertence à família Guttiferae. Durante séculos a planta tem tido empregada como laxante, diuréticos, antitérmico, cicatrizante, nevralgias, insônias, dores de cabeça, gastrite, hemorroidas, tétano, doenças mentais e até mesmo para alguns tipos de câncer. Contudo, seu principal e mais efetivo benefício é no combate a depressão.

Propriedades da Erva de São João:

Erva de São João conta com óleo essencial, taninos, resinas, pectina, flavonoides, procianidina, catequinas, fitoesteróis, vitamina C, carotenos, aminoácidos e saponinas. Sendo que a principal substância responsável pelos benefícios é a hipericina e seus fitocomplexos. Ela possui ação calmante e por isso os pesquisadores acreditam que é capaz de combater a depressão.

Erva de São João também conta com hiperforina, substância que muitos pesquisadores acreditam ser a principal responsável pelos efeitos negativos da planta, como alguns distúrbios mentais constatados em estudos. Por isso, já são elaborados extratos da  Erva de São João com apenas traços da hiperforina.

Para que Serve a Erva de São João?

A Erva de São João tem vários usos, mas o mais popular de todos é o uso como anti-inflamatório. Ela pode tratar espasmos musculares, tensão causada por esses espasmos e até cãibras. Ela também colabora na diminuição das palpitações, combate o mal humor, ajuda a aliviar os sintomas da Menopausa e do déficit de atenção, além de acalmar o transtorno obsessivo compulsivo e acalmar a depressão sazonal.

Além desses usos mais comuns ela também é muito usada por aqueles que se sentem extremamente cansados, é boa para o combate aos sintomas da fibromialgia, a dor de cabeça crônica, às dores musculares, nos nervos, a síndrome do intestino irritável e também é parceira daqueles que desejam parar de fumar.

Benefícios da Erva de São João Para Saúde:

1. Alivia os Sintomas da Artrite:

Erva de São João é rica em cobre, que tem propriedades anti-inflamatórias, que alivia a dor nas juntas, ossos, músculos e diminui a dor causada pela artrite.

2. Combate a Depressão:

Embora pouquíssimas pessoas saibam disso, a Erva de São João é altamente eficaz no combate à depressão, uma doença que a cada dia afeta mais pessoas em todo o mundo. Ainda que esta erva não deva obrigatoriamente substituir o tratamento convencional nos casos mais severos de depressão, ela é bastante eficaz como tratamento complementar e também nos episódios mais leves da doença.

3. Controla o Colesterol:

Os níveis de propiônico na Erva de São João ajudam a manter os níveis de colesterol no sangue baixo. Essas folhas sendo uma excelente fonte de fibras solúveis e insolúveis, é também especificamente recomendada por médicos por seu conteúdo naturalmente de baixo teor de gordura e zero de colesterol.

4. Ajuda a Parar de Fumar:

Este é outro dos benefícios pouco conhecidos da Erva de São João. O motivo desse efeito tão positivo quanto ao abandono do vício do cigarro é que as substâncias contidas nesta erva diminuem a ansiedade, o grande “gatilho” que desencadeia a dependência da nicotina.

5. Auxilia no Tratamento de Diabetes:

Essas folhas são muito úteis no tratamento de diabetes. Pois essas folhas contêm taninos chamados antocianidinas, que controlam os picos de açúcar no sangue.

6. Auxilia no Emagrecimento:

Graças às substâncias que naturalmente combatem a ansiedade, a Erva de São João contribui para equilibrar o apetite e com isso, faz com que as pessoas emagreçam de forma natural e sem fazer dietas absurdas.

7. Combate do Envelhecimento Precoce:

Essas folhas são uma boa fonte de Selênio, o que ajuda a preservar a elasticidade da pele. Portanto, protegendo-a contra os danos dos radicais livres que causam o envelhecimento precoce.

8. Trata Desequilíbrios Emocionais:

Além de ajudar no tratamento da depressão e da ansiedade, as substâncias da Erva de São João auxiliam no tratamento da TPM Tensão Pré-Menstrual, TOC Transtorno Obsessivo Compulsivo e síndrome do pânico.

9. Promove a Saúde dos Ossos:

O teor de Fósforo e Cobre presente na Erva de São João, ajudam e garantem uma ótima saúde dos ossos. Além disso, o teor de Fósforo dessas folhas cura eficazmente doenças ósseas e dentárias.

10. Combate a Fadiga Crônica:

Devido ao fato da Erva de São João favorecer noites revigorantes de sono. Ela naturalmente ameniza os sintomas da fadiga crônica, uma doença que afeta milhões de pessoas pelo mundo.

11. Ajuda a Regular o Intestino:

As propriedades laxantes da Erva de São João exerce um papel crucial para o bom funcionamento do intestino, evitando a prisão de ventre, constipação, infecções e até mesmo o câncer.

12. Controla a Ansiedade:

A ansiedade não é um problema novo no mundo. Eventos importantes, decisões que mudam a vida, desequilíbrios psicológicos  muitas dessas situações podem torná-lo ansioso! Portanto, para muitas pessoas, esta condição pode ser fatal, especialmente para as pessoas com meia idade e idosos. A Erva de São João ajuda a controlar a ansiedade.

13. Alivia a Dor de Ouvido:

As infecções de ouvido (otite média) que causam dores na orelha. Podem ser curadas com o uso da Erva de São João. Um estudo envolvendo 100 crianças provou que uma combinação de alho. Portanto, calêndula e mullein pode ser usada como uma solução eficaz para aliviar a dor de ouvido.

14. Controla o Humor da Menopausa:

Erva de São João é uma cura muito popular para alguns sintomas pré-menstrual e também algumas mudanças de humor na Menopausa. Sua composição química é usada para diminuir os desequilíbrios hormonais em mulheres na Menopausa, reduzindo assim o humor, a gravidade das Cólicas, irritação, Depressão e níveis de Ansiedade.

beneficios da erva de sao joao

15. Possui Propriedades Antivirais:

Estudos recentes demonstraram que a  Erva de São João contém certas propriedades antivirais. Estas atividades recém-descobertas desta erva especial é considerada útil na prevenção e cura da SIDA, Hepatite (A & B) e várias outras condições virais graves.

Cuidados e Contraindicações da Erva de São João:

A Erva de São João é segura em doses recomendadas, raramente apresentando algum efeito colateral. Alguns efeitos colaterais leves e raros podem incluir fotossensibilidade, dermatite, boca seca, dor de estômago, constipação, tonturas, confusão e aumento da ansiedade. Portanto, a erva é contraindicada para pacientes que já fazem uso de medicamentos para depressão.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Os 17 Benefícios da Ingá Ferradura Para Saúde

Caralluma – Origem, Benefícios e Como Usar!