Benefícios das Plantas

Trevo Vermelho é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

O trevo-vermelho (Trifolium pratense) é uma planta medicinal também conhecida como trevo-comum, trevo-do-prado, trevo-roxo, trevo-violeta, trevo-trifoliado, trevo-de-vaca, red clover (inglês), dentre outros nomes populares. Pertence a família das Leguminosas.

Trevo Vermelho é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Trata-se de uma planta medicinal originária da Europa e da Ásia, mas que também cresce no continente americano.

História do Trevo Vermelho:

Na antiguidade, o trevo era chamado de triphyllon, que significa três folhas. Este termo também relaciona ao nome comum que significa “três-copado”.

Era dito que as três folhas correspondiam às deusas de tríade na mitologia grega. Posteriormente, o trevo passou a significar a Trindade no Cristianismo.

A espécie Trifolium pratense faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil.

Benefícios do Trevo Vermelho:

As flores e folhas da trevo-vermelho concentram as propriedades medicinais.

O Trifolium pratense ajuda a eliminar ácido úrico do corpo, o que o torna útil para o tratamento da gota, vez que o excesso de ácido úrico no corpo causa a formação de cristais nas articulações.

Contudo, mesmo com essa capacidade de eliminar toxinas do organismo, o trevo pode diluir o sangue e, portanto, não deve ser utilizado sem supervisão médica.

A erva é rica em importantes nutrientes, incluindo o cálcio, crómio, magnésio, niacina, fósforo, potássio, tiamina e vitamina C.

O trevo também é usado para ajudar a acalmar tosses, reduzir inflamações de pele e melhorar a saúde em geral.

Em forma de cataplasma para queimaduras, feridas, tumores e picadas de inseto. Sob forma de compressas para dores artríticas e gota.

Unta para inchaço linfática. Colírio para conjuntivite. Ducha para vaginite.

Uso do Trevo Vermelho:

Na culinária, em pequenas quantidades, flores jovens e folhas são comestíveis em saladas e sanduíches.

Sementes são acrescentadas a pães. Raízes também são comestíveis como um legume cozido. Também é um ingredientes que pode ser acrescentado à alguns tipos de bebidas.

Trevo Vermelho é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Chá de Trevo Vermelho:

Ingredientes:

  • 1 xícara de flores de trevo vermelho;
  • 2 colheres de sopa de hortelã;
  • 4 xícaras de água;
  • Mel ou açúcar;

Modo de Preparo:

  • Certificar-se de que as flores estejam bem limpinhas, sem a presença de nenhum bichinho e que nenhum produto tenha sido borrifado nelas;
  • Colocar a água para ferver.
  • Desligar o fogo e adicionar as flores de trevo vermelho e a hortelã;
  • Deixar a mistura descansar durante 10 minutos;
  • Coar a bebida, adicionar o mel ou açúcar para adoçar e servir o chá;

Malefícios do Trevo Vermelho:

O trevo vermelho é contraindicado para gestantes, lactantes e pacientes com históricos de câncer de mama.

Os efeitos colaterais da erva podem incluir a perda de apetite e dores abdominais. Lembre-se que todo tratamento, inclusive o natural, só deve ser realizado sob prescrição médica.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.