Benefícios do Chás

Chá de Jerimum – Origem, Benefícios e Como Usar!

beneficios do cha de jerimum

Chá de Jerimum – Origem, Benefícios e Como Usar aprenda agora, sobre todos os benefícios dessa planta para saúde. Além disso, no Norte e Nordeste do país, o jerimum é um vegetal que está muito presente na alimentação da população. Ele também entra no preparo de alguns pratos sofisticados, responsável por aguçar o apetite.

beneficios do cha de jerimum

Mas, a espécie também tem o seu lado medicinal, sendo indicado para a expulsão de vermes e parasitas intestinais. Nativa da América Central, o jerimum é uma planta rasteira, com gavinhas compostas e folhas alternas, palmadas e membranosas.

Suas flores chamam atenção pela coloração amarela vibrante, já os frutos possuem forma de abóbora com polpa laranja, muito consumida pelo homem na alimentação, seja cozido em pedaços ou purê, com carne seca, camarão e sopas ou na preparação de doces e compotas.

A planta pertence à família das Cucurbitaceae. Dependendo do local onde é encontrado, o jerimum pode ser conhecido por muitos outros nomes. Entre os mais usados, estão: aboboreira, abobrinha italiana, abóbora-amarela, abóbora-da-guiné, abóbora-de-carneiro, abóbora-moranga, abóbora-de-porco, abóbora-porqueira, abóbora-quaresma, cabaceira e girimum.

Além de ser consumido em larga escala na alimentação, o jerimum possui muitas outras utilizações, sobretudo na medicina natural. Ele combate casos de erisipela, febre e inflamação nos rins, via urinaria, fígado, baço, próstata, ouvido, pele e também a inflamação generalizada.

Também pode ser usado para tratar queimadura, vermes, dor de ouvido, anemia, avitaminose, náusea, vômito da gravidez, ferida de origem sifilítica. O jerimum possui propriedades que estão relacionadas à estética, tratando peles oleosas, acne, suaviza e amacia a pele e faz a limpeza da pele.

Como se ainda não bastasse, o jerimum é um ótimo preventivo para a hipertensão arterial, pois possuir poucas gorduras e sódio e grande quantidade de potássio em sua composição. Ele elimina também a acidez do estômago, beneficiando a gastrite, úlceras no estômago, pirose ou dispepsia.

Origem do Chá de Jerimum:

Nativa da América Central, o jerimum chama atenção pela coloração amarela vibrante, já os frutos possuem forma de abóbora com polpa laranja, muito consumida pelo homem na alimentação, seja cozido em pedaços ou purê, com carne seca, camarão e sopas ou na preparação de doces e compotas.

O chá de jerimum é formado por uma série de benefícios, sem falar que ela é formada por uma grande quantidade de vitaminas e minerais e contém uma quantidade pequena de calorias sem nenhum colesterol e também é livre de gorduras saturadas.

Além do mais, o chá de jerimum contém uma grande quantidade de fibras e pode ser facilmente incrementada na alimentação diariamente por causa da sua grande simplicidade para ser preparada e a grande diversidade de receitas na qual a polpa e as suas sementes podem ser utilizadas.

chá de jerimum é formado por uma quantidade considerável de zinco, encontrado na semente do jerimum, que é um mineral principal para o melhor desempenho sexual dos homens porque serve para equilibrar a formação de hormônios dos homens que define a fertilidade, ereção e desejo sexual.

Benefícios do Chá de Jerimum Para Saúde:

1. Alivia Ansiedade e Estresse:

chá de jerimum ajuda a aliviar a ansiedade, normalizando as atividades hormonais no corpo e minimizando o teor de liberação de hormônios do estresse na corrente sanguínea.

2. Controla Diabetes:

Em experimentos científicos tem mostrado que reduz os níveis de glicose no sangue, melhora a tolerância à glicose e insulina. Outros testes são necessários antes que possamos dizer com certeza o que os benefícios do chá de jerimum para diabéticos será, mas se você tem diabetes.

3. Previne a Queda de Cabelo:

O chá de jerimum com a ajuda de suas propriedades calmantes do nervo, é conhecido por minimizar a queda de cabelo e a perda de cabelo, mantendo os problemas de queda de cabelo como o cabelo desbaste e calvo na baía.

4. Previne o o Câncer:

Beta-caroteno contido no chá de jerimum é bom para seus olhos e sua pele, e também pode combater o câncer. A pesquisa mostra que pessoas que tem o consumo do chá de jerimum na dieta podem ter um menor risco de certos tipos de câncer, incluindo câncer de próstata e câncer de pulmão.

5. Trata Insônia:

Tomar chá de jerimum antes de dormir parece gerar um sono mais relaxante, melhorando a qualidade e diminuindo o tempo que leva para dormir.

6. Beneficia a Pele:

Beber chá de jerimum pode ajudá-lo a parecer mais jovem. Além disso, também um excelente esfoliante facial. Basta passar com açúcar na pele.

7. Auxilia no Tratamento da Menopausa:

Um estudo mostrou que mulheres com menopausa tratadas com chá de jerimum tiveram uma melhora significante dos sintomas já na primeira semana de uso. Ondas de calor e o humor melhoraram em todas as mulheres que participaram.

8. Fortalece a Imunidade:

Você está procurando uma maneira de protegê-lo de doenças e melhorar o seu sistema imunitário? Experimente o chá de jerimum. A grande quantidade de Vitamina A que o chá fornece ajuda o organismo combater infecções, vírus e doenças infecciosas.

cha de jerimum

Como Usar o Chá de Jerimum:

Além do consumo da polpa, uma das formas utilizadas para tratar muitas das doenças citadas acima é através do preparo do chá. Para isso, basta separar 200 ml de água filtrada e 10 gramas de folhas frescas da planta. Coloque a água para ferver, desligando o fogo na sequência.

Acrescente as folhas e deixe descansar por 10 minutos. Passado esse tempo, a bebida está pronta para ser ingerida. A recomendação é que não ultrapasse as três xícaras diárias. Mas, antes de incluir o tratamento no seu dia a dia, é indicado que o médico seja consultado.

Contraindicações e Cuidados do Chá de Jerimum:

O chá de jerimum não é recomendado para mulheres gravidas e lactantes. Além disso, evite beber este chá se você for operado, pois pode prolongar o impacto da anestesia.

Sou graduada em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dr. Saúde".

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.