Boldo Brasileiro – Origem, Benefícios e Como Usar!

Boldo Brasileiro – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dr. Saúde

Boldo Brasileiro – Origem, Benefícios e Como Usar de forma simples e sem prejudicar a saúde. Além disso, o boldo brasileiro (Plectranthus barbatus) é uma planta medicinal também conhecida como boldo-do-Brasil, boldo-de-jardim, boldo-da-terra, boldo-silvestre, boldo-falso, malva-amarga, malva-santa, tapete-sete-dores, tapete-de-oxalá, coleus (inglês), cóleo (espanhol), dentre outros nomes populares. Inclui os sinônimos botânicos Coleus barbatus, Coleus forskohlii e Plectranthus forskohlii. Pertence à família Lamiaceae.

Boldo Brasileiro Benefícios do Boldo Brasileiro:

No Brasil, o boldo brasileiro é muito utilizado para o tratamento de problemas no fígado e digestão. Na Índia, era originalmente usado para o tratamento de doenças cardíacas, hipertensão, convulsões, eczema, insônia, feridas, distúrbios respiratórios, alívio de inchaços em contusões, dores espasmódicas e dor ao urinar. Também usada no tratamento de psoríase, angina e para impedir metástases cancerosas.

O extrato de sumo espremido fresco das folhas do boldo brasileiro é útil para o alívio da dor de ouvido, para o tratamento de doenças da pele e dos olhos, além de aliviar dores de estômago. O sumo do boldo também usada na prática etno medicinal para tratar asma, bronquite e para o alívio de cólicas, flatulência e reumatismo. O cataplasma feito a partir de suas folhas é aplicado sobre furúnculos, entorses e inchaços dolorosos para alívio. Seu óleo essencial contém propriedades antialérgicas.

A decocção feita a partir de suas raízes é eficiente para o alívio de náuseas, gastrite, gonorreia, facilidade na evacuação de intestino e ajuda no relaxamento de espasmos intestinais. A solução feita a partir do fervimento das suas raízes em água é usado para tratar a asma.

A decocção das folhas secas do boldo brasileiro alivia dores de garganta, febres e auxilia no tratamento de infecções da boca e da malária. Também é dado a mulheres grávidas após o parto para o alívio. O extrato das folhas do boldo brasileiro apresenta propriedades para o tratamento de convulsões.

Composição química do Boldo Brasileiro:

Na sua fitoquímica estão presentes os óleos voláteis (guaieno, fenchona), flavonoides, os diterpenos (coleonol, forskolin), aos quais é dada a as principais características farmacológicas, sendo elas, hipotensiva, inotrópica positiva, cardiovascular, bronco-dilatadora, ativação da adenilato ciclase, inibição da agregação plaquetária (anti-metástase), antitumoral, antinociceptiva e anti-inflamatória.

Características do Boldo Brasileiro:

Planta herbácea ou subarbustiva, perene, de até 1,5 metros de altura. Folhas suculentas e aromáticas, de sabor muito amargo. Não são conhecidas as substâncias que geram os efeitos benéficos da planta, nem as que causam o sabor amargo característico.

O verdadeiro boldo (Peumus boldus) é uma arvoreta do Chile cujas folhas secas e quebradiças com cheiro de mastruço são encontradas no comércio, mas não é cultivado no Brasil.

Chá de Boldo Brasileiro:

Para preparar o chá de boldo brasileiro você vai precisar de uma xícara de água e uma a três folhas da erva. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que alcançar o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente as folhas da planta. Deixe o recipiente tampado por cerca de 10 minutos.

Passado esse tempo, retire as folhas e coloque o líquido em uma xícara. Se preferir, você pode usar um pouco de mel para adoçar a bebida. De acordo com as indicações, o recomendado é que a ingestão do chá de boldo brasileiro não ultrapasse as três xícaras por dia.

Além da forma de utilização expressa pelo chá , o boldo brasileiro também pode ser aproveitado em banhos, decocções e ter o sumo extraído.

Boldo Brasileiro benefíciosEfeitos Colaterais do Boldo Brasileiro:

Mesmo se tratando de um remédio natural, o boldo brasileiro possui algumas restrições de uso. Isto porque, independentemente do tipo de medicamento, natural ou não, há a possibilidade do organismo reagir de forma negativa. Por exemplo, no caso do chá de boldo brasileiro, ele é contraindicado para mulheres que estão amamentando, crianças menores de 6 anos e durante os nove meses da gravidez.

Além disso, pessoas com problemas graves no fígado ou que possuam uma vesícula biliar obstrutiva também não devem usar o chá sem antes consultar um médico especialista. Na verdade, de uma maneira geral, esta bebida só deve ser usada como tratamento de problemas de saúde após a avaliação médica.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Os 16 Benefícios do Chá da Casca da Batata Para Saúde!

Geleia Real – Origem, Benefícios e Como Usar!