Piteira – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Biomédico Pela UFRGS

Especialista do Dr. Saúde

Piteira – Origem, Benefícios e Como Usar para sua saúde. Além disso a Piteira é uma planta da família das Amarilidáceas, Também popular como pita, Piteira, caroatá-açu, gravatá-açu, Piteira, agave americana. Ela possui arbusto quase sem caule, folhas convexas, oblongas, glaucas, ensiformes, suculentas, com 1 a 2m de comprimento, dispostas em roseta, com um aguilhão na ponta.

A planta costuma crescer de 4 a 8 anos e emite uma haste floral de até 6m de altura com uma inflorescência gigante em formato de candelabro com flores branco esverdeadas tubulares. O fruto é uma cápsula triangular oblonga com inúmeras sementes.

piteiraA haste da planta após a secagem oferece uma medula rica em sílica, que é usada para afiar instrumentos de corte; Não confunda com a outra espécie da Amariliaceae. As partes utilizadas da planta são as raízes, folhas e a seiva.

De sua seiva prepara-se a bebida nacional mexicana – pulche. Faz parte da Farmacopeia Homeopática e tendo sido estudada nos E.U.A.

Propriedades da Piteira:

antissifilítica, antiescorbútica, antisséptica, depurativa do sangue, diurética, digestiva, estomáquica, expectorante, hemostática, hepática, laxante, vulnerária e resolutiva.

Benefícios da Piteira:

A planta pode ajudar a tratar e a prevenir anemia, blefarite, catarros bronquiais, feridas, problemas no fígado, hemorragia, icterícia, inchaços das pernas, intestino (inflamação), irritações na pele, lepra, manchas azuladas, queda de cabelo, rins, sacudidelas nos testículos e cordões espermáticos, seborreia, sífilis e tosse.

Modo de Usar a Planta:

suco. – raízes: antissifilíticas. – folhas em infusão: bebida refrescante, hepático, digestivo, sífilis, lepra.

– externamente: lavar olhos irritados. – suco fresco das folhas: resolutivo, irritações da pele, feridas e inchaços das pernas, manchas azuladas, sacudidelas nos testículos e cordões espermáticos;

– infusão: colocar em um copo uma ponta de faca de pó de agave e verter água fervente. Espere esfriar. Lavar os olhos (interna, externamente). É normal dar ardor no início da aplicação: blefarite;

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dr. Saúde".

Peiote

Peiote – Origem, Benefícios e Como Usar!

Jequitibá – Origem, Benefícios e Como Usar!