Pitangueira – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Pitangueira – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Pitangueira possui ricas propriedades medicinais que auxiliam a saúde do corpo humano. A Pitangueira (nome científico Eugenia uniflora) é uma árvore nativa da Mata Atlântica brasileira, onde é encontrada na floresta estacional semidecidual do planalto e nas restingas, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul em regiões de clima subtropical.

pitangueira

É uma árvore medianamente rústica, de porte pequeno a médio, com 2m a 4m de altura, mas alcançando, em ótimas condições de clima e de solo, quando adulta, alturas acima de 6m e até, no máximo, 12m. A copa globosa é dotada de folhagem perene.

As folhas pequenas e verde-escuras da Pitangueira, quando amassadas, exalam um forte aroma característico. As flores são brancas e pequenas. A planta é cultivada tradicionalmente em quintais domésticos. O seu plantio é feito simplesmente pela colocação de um caroço de pitanga no solo ou pelo transplante de uma muda até o local adequado.

Dá-se bem em quase todo tipo de solo, incluindo os terrenos arenosos junto às praias. É também usada como árvore ornamental em áreas urbanas de cidades brasileiras, na recuperação de áreas degradadas de sistemas agroflorestais multiestrato e em reflorestamentos heterogêneos. As pitangueiras com frutos são um ótimo atrativo para pássaros e animais silvestres em geral.

A tradição popular atribui algumas qualidades terapêuticas às infusões feitas com as folhas verdes da pitangueira ( chá de pitanga ou chá de Pitangueira).

Origem da Pitangueira:

Ocorre desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, na floresta semidecídua do planalto e da bacia do rio Paraná. A Altura da Pitangueira é de 6-12m, dotada de copa mais ou menos piramidal. Tronco tortuoso e um pouco sulcado, de 30-50cm de diâmetro, com casca descamante em placas irregulares. folhas simples, comprimento por 1-3cm de largura.

folhas opostas, simples e brilhantes na face superior. flores solitárias ou em grupos de 2-3 nas axilas da extremidade dos ramos. flores solitárias ou inflorescências de cor branca e frutos vistosos, brilhantes e sulcados. Fruto drupa globosa achatada e sulcada, glabra, brilhante, vermelha, amarela ou preta quando madura, de popla carnosa e comestível, contendo 1-2 sementes.

A Pitangueira é uma planta recomendada para plantio em locais de reflorestamento e áreas degradadas. Floresce na primavera e os frutos ocorrem até o final do verão, conforme a região.

Propriedades da Pitangueira:

A composição físico–química mostrou que a Pitangueira apresenta teor de compostos fenólicos e capacidade antioxidante significativa. A cor intensa dos seus frutos pode indicar a presença de fitoquímicos, que apresentam propriedades antioxidantes, com benefícios à saúde.

A Pitangueira apresenta elevado teor de antocianinas, estáveis em pH ácido, podendo constituir – se em corante para alimentos com propriedade funcional. Visando o aproveitamento de seu fruto, folhas e até mesmo caule, a adição do suco ao chá verde proporcionou a elaboração de uma bebida funcional com aceitabilidade sensorial , sugerindo potencial tecnológico.

Além do consumo in natura, o fruto da Pitangueira é utilizado par a a produção de geleias, o que indica a presença de pectinas, polissacarídeos estruturais com propriedades geleificantes; cuja ocorrência motivou sua análise e extração. Então, confira agora os Benefícios da Pitangueira Para Saúde:

Benefícios da Pitangueira Para Saúde:

  • Na medicina popular suas folhas e frutos têm amplo uso: anti-diarreico, hipoglicemiante, diurético, antifebril e anti-reumático.
  • O chá das folhas é indicado nas diarreias, verminoses e febres infantis. O extrato alcoólico das folhas pode ser usado no tratamento de bronquites, tosses, febres, ansiedade, hipertensão arterial e verminoses.
  • A Pitangueira apresenta propriedades que reduzem a pressão arterial e previne de doenças cardiovasculares.
  • Por ser rica em antioxidantes, a antocianinas, carotenoides e flavonoides, a pitanga livra o corpo de radicais livres que podem alterar o DNA das células e causar diversos tipos de câncer.
  • É útil no tratamento do resfriado comum.
  • Também ajuda na melhoria das funções pulmonares e é recomendado para o bom funcionamento dos pulmões.
  • Além de muitos benefícios da Pitangueira, ela pode também auxiliar no combate as rugas e acnes que rotineiramente aparecem no rosto, esse problema afeta diretamente o humor das mulheres já que elas estão sempre são mais preocupadas com a pele.

Como Usar a Pitangueira:

É ornamental, podendo ser utilizada no paisagismo urbano, de jardins e pomares. Seus frutos são muito atrativos para a avifauna, peixes e alguns mamíferos. Também podem ser consumidos ao natural ou sob a forma de suco, doces, geleias e licores.

Suas flores são melíferas. A madeira é empregada na confecção de cabos de ferramentas e outros instrumentos agrícolas.

O chá de folha de Pitangueira é um verdadeiro remédio natural. As folhas da Pitangueira possuem uma substância chamada pitanguina, poderosa para o tratamento da diabetes, é diurética, calmante, alivia doenças do estômago, a hipertensão, a obesidade, o reumatismo, as doenças do coração, a bronquite e ainda ajuda a baixar a febre.

É muito benefício para um chá só! Para prepará-lo, basta colocar 3 colheres da folha da Pitangueira em um litro de água e colocar no fogo. Quando levantar fervura, desligue o fogo e deixe abafado por cerca de 10 minutos. Depois coe e beba o chá ao longo do dia.

beneficios da pitangueira

Efeitos Colaterais da Pitangueira:

Estudos demonstram que não há toxicidade aguda, mas não há dados sobre o uso prolongado. Ela é contraindicada para pacientes hipotensos e pacientes sobre riscos cardíacos.

Como Cultivar a Pitangueira?

Se você mantiver o solo úmido no verão, regar a 4 semanas no inverno e der a ela um espaço com bastante sol, ela vai crescer, florescer e dar até 3 kg de fruto por ano. Além de ser linda, perfumada e deixar o ambiente mais bonito, ela ainda fornece bastante oxigênio e deixa o ambiente mais fresco.

Rábano-Silvestre – Origem, Benefícios e Como Usar!

Rosa Mosqueta – Origem, Benefícios e Como Usar!