Lambari – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dr. Saúde

Lambari – Origem, Benefícios e Como Usar todas as suas propriedades medicinais. Alem disso, a planta, de nome científico Stachys lanata L. pertence à família das Lamiaceae.

Lambari

Também conhecida como lambarizinho, língua de vaca, orelha de lebre, orelha de cordeiro, peixe de pobre, peixe frito, sálvia e sálvia peluda, a lambari é uma planta que possui um nome e também outros pelos quais é conhecida muito curioso: se chama lambari devido ao fato de que, quando cozida, seu gosto é semelhante ao de um peixe frito.

Mesmo se desenvolvendo melhor em regiões temperadas subtropicais, a lambari resiste as baixas temperaturas comuns do inverno.

Ela prefere solos aerados, bem drenados, com matéria orgânica e úmidos em abundância.

Comestível, essa planta foi batizada com nome do peixe por deixar na boca, depois de cozida, um gosto muito parecido com o da iguaria.

Benefícios do Lambari:

A planta possui propriedades béquica e emoliente, e seu uso é semelhante ao da Salvia officinalis. As folhas são usadas para o preparo da decocção, mas também podem ser usadas na alimentação.

Pode ser preparada à milanesa, ou desidratadas nesse último caso, atuam como um excelente isolante térmico.

Como planta medicinal, pode ser usada para acalmar a tosse e irritações da faringite. Na forma de decocção, o uso indicado é de 9 a 15 g por dia.

Para aproveitar esse expectorante natural e acabar com as inflamações e irritações causadas pela gripe, faça um chá com duas colheres (chá) de folhas de lambari secas e uma xícara de água.

Ferva a água e coloque sobre a erva, deixando agir por 20 minutos. Em seguida, coe e consuma. Tome esse chá de duas a três vezes ao dia.

Sua ação digestiva ainda ajuda a tratar de problemas estomacais. Separe duas gramas das folhas de lambari e 150 ml de água.

Primeiro, lave bem as folhas da planta e corte-as em pequenos pedaços. Ferva a água e depois adicione as folhas picadas.

Deixe a mistura tapada, repousando por cerca de cinco minutos. Depois coe e espere amornar. Tome esse chá até três vezes ao dia.

Contraindicações do Lambari:

Os estudos feitos com a lambari não encontraram nenhuma contraindicação ou efeito colateral que possa fazer mal ao paciente.

Porém, toda planta medicinal pode conter substâncias químicas capazes de provocar alergias, inflamações e intoxicações mais sérias.

Por esse motivo, não deixe de consultar um especialista antes de se automedicar, até mesmo para averiguar se não há interação com possíveis medicamentos que você costuma tomar.

Dependendo de seu quadro clínico, o médico ainda poderá receitar outro tratamento para complementar as propriedades curativas dessa planta.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Erva Moura – Origem, Benefícios e Como Usar!

Cardo Santo – Origem, Benefícios e Como Usar!