Benefícios das Plantas

Ipê Amarelo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Ipê Amarelo – Origem, Benefícios e Como Usar todas as suas propriedades medicinais. Alem disso, o ipê amarelo é uma árvore que tem origem na América tropical, desde o México até a Argentina, porém é no Brasil que encontramos a maior quantidade dessa árvore, de norte a sul de todo o país.

Ipê Amarelo

O ipê é uma das árvores mais belas do nosso país e foi eleita árvore-símbolo da cidade de Petrópolis.

Pertence à família das Bignoniáceas e é cientificamente conhecida como Tabebuia chrysotricha.

A madeira dessa árvore é muito resistente e era muito usada na construção de telhados de igrejas durante os séculos XVII e XVIII.

Nos dias atuais é usada na fabricação de artesanatos, instrumentos musicais, lápis, construção civil e naval e vários outros objetos.

Características do Ipé Amarelo:

O ipê amarelo, também conhecido como piúva, ipeúva, pau darco amarelo e paratudo. É uma árvore frondosa, que pode possuir casca lisa ou rugosa.

As suas folhas possuem 5 folíolos digitiformes com pelos estrelados curtos, cálice piloso, de cor ruivo-ferruginoso e a corola amarela.

Esta árvore possui nove espécies diferentes, com características semelhantes de flores brancas, amarelas, rosas, roxas ou lilás.

Quando seu porte varia entre pequeno e médio, sua função principal é para o paisagismo, onde é utilizada devido à sua beleza e cor de suas flores.

Benefícios do Ipé Amarelo:

O ipê amarelo possui, além de sua beleza estrondosa, algumas propriedades medicinais que podem ser extraídas da casca, das folhas, dos ramos jovens e das flores.

As entrecascas devem ser, antes de usadas, secas ao sol e conservadas em sacos de pano para que, posteriormente, sejam moídas para virar pó.

Já as folhas e flores podem ser usadas frescas ou secas à sombra.

Seus benefícios podem ser usados para combater dermatoses, pruridos, coceiras, eczemas, inflamações da gengiva e da garganta.

Além disso, existem relatos de que a planta pode ser usada ainda como antitumoral e analgésico.

Entre seus princípios ativos podemos encontrar a saponinas, taninos, antibiótico natural, minerais e flavonoides.

Pode ser usada ainda para tratamento de amigdalites, estomatites, infecções renais, dermatites, varizes e algumas doenças dos olhos.

Suas propriedades envolvem ainda ação como febrífuga, cicatrizante, antidiarreicas, anti-inflamatórias e anti-infecciosas.

A raiz da planta pode ser usada como antigripal, enquanto os brotos podem ser usados como antisséptico e depurativo.

É eficaz ainda no combate à anemia e às verminoses, além de combater todo o mal-estar que é causado pelo consumo excessivo de álcool.

Chá de Ipê Amarelo:

Dependendo da parte da planta que é utilizada no preparo do chá, tem-se o melhor tratamento.

Para alcançar os efeitos depurativo do sangue, pruridos e eczemas, combate ao reumatismo, inchaço dos pés e antitumoral, a solução mais indicada é recorrer ao preparo do chá do pó da planta.

Ipe Amarelo

Para isso, use 200 ml de água filtrada e uma colher (de chá) de pó da madeira da ipê amarelo.

Coloque a água para ferver, em seguida, quando ela atingir o ponto de ebulição, coloque o pó da madeira e desligue o fogo. Deixe o chá descansar por 10 minutos, com o recipiente tampado.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.