Benefícios das Plantas

Douradinha do Campo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Douradinha do Campo – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Douradinha-do-Campo ou simplesmente Douradinha é uma planta herbácea da família das Escrofulariáceas que tem caule quadrangular, medindo até 10 centímetros de altura. É uma planta antibiliosa, diurético-purgativa, emenagoga e emeto-carártica. Alguns estudiosos supõem que ela seja venenosa, mas em certos países a Douradinha ocupa o primeiro lugar do topo na questão de medicina caseira. É possível encontrar tal planta abundantemente na Ásia, África e Austrália, mas ela se prolifera bem em quase todo o mundo.

Douradinha do Campo

Seus princípios ativos são alcaloides taninos e saponinas. Com propriedades depurativa, enérgica, diurética, emagrecedora, hipotensora, anti-inflamatória, estimulante, sudorífica, emoliente, cardiotônica e antialbuminúrica, essa pode ser uma grande aliada nos tratamentos de diversas patologias simples e até mesmo das mas sérias. Veja tudo sobre esta planta:

Origem da Douradinha do Campo:

Com o nome científico de Waltheria douradinha, a planta chamada nacionalmente como Douradinha do Campo também pode ser conhecida popularmente – dependendo de cada região – como malva-veludo e malva-branca.

Pertencente à família das Escrofulariáceas, a Douradinha do Campo é uma planta herbácea de caule quadrangular, anual, que pode chegar a medir até 10 centímetros de altura.

Não se sabe com exatidão sua origem, mas ela pode ser encontrada em abundância em países como Austrália, África e Ásia, embora não tenha dificuldades em adaptar-se ao solo, proliferando-se bem em qualquer local do mundo.

Propriedades da Douradinha-do-Campo:

As principais propriedades da Douradinha do Campo são:

  • Anti-inflamatória;
  • Antialbuminúrica;
  • Cardiotônica;
  • Depurativa;
  • Diurética;
  • Emagrecedora;
  • Emoliente;
  • Estimulante;
  • Enérgica;
  • Hipotensora;
  • Sudorífera.

Benefícios da Douradinha do Campo:

A planta Douradinha do Campo é indicada para auxiliar no tratamento e em alguns casos até providenciar a cura de:

  • Ácido úrico;
  • Afecções pulmonares;
  • Blenorragia;
  • Bronquite;
  • Catarro crônico;
  • Cistites;
  • Cólicas renais;
  • Coceiras;
  • Disenteria;
  • Dificuldades para urinar;
  • Doenças pulmonares diversas;
  • Doenças sifilíticas;
  • Doenças na bexiga;
  • Eczemas;
  • Feridas;
  • Furúnculos;
  • Gota;
  • Pressão arterial alterada;
  • Reumatismo;
  • Tosse.

Como Preparar o Chá de Douradinha do Campo:

Para consumir a Douradinha do Campo, leve ao fogo um litro de água, juntamente com 20g de sua casca picada e bem lavada. Deixe ferver por 10 minutos, então desligue o fogo e abafe o recipiente. Quando a temperatura estiver adequada para consumo, coe e beba o chá da planta duas vezes por dia, ou segundo a orientação médica.

Contraindicações da Douradinha do Campo:

O consumo da Douradinha do Campo é contraindicado para pacientes que sofram de distúrbios de coagulação sanguínea. Como efeito colateral, poderá estimular a diarreia intestinal em indivíduos que já tenham uma predisposição para desenvolvê-la.

É importante lembrar que nenhum tratamento medicamentoso – seja ele farmacêutico ou natural – deve ser feito sem a orientação e acompanhamento adequado de um médico especialista.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.