Benefícios do Chás

Chá de Limonete – Origem, Benefícios e Como Usar!

cha de limonete

Chá de Limonete – Origem, Benefícios e Como Usar! aprenda agora, sobre todos os benefícios desse Chá para saúde. Além disso, Planta originária da Argentina e do Chile, a limonete pertence à família das Verbenaceae. Uma das principais características da planta vem do odor agradável que ela exala. Além do mais, ela possui muitas propriedades curativas, podendo ser usada no processo de tratamento e cura de muitas doenças.

Ela é identificada como sendo uma planta de pequeno porte, que pode crescer entre três e sete metros. Seus ramos são estriados e o caule é anguloso. A limonete possui folhas verdes em formato ovalado e flores da cor branca que se organizam em pequenos cachos no fim dos galhos.

cha de limonete

Dependendo da região onde ela é encontrada pode ser conhecida por muitos outros nomes, além do limonete. Entre os principais estão: cedrina, cidrão, cidrilha, cidrilho, cidró, erva-luísa, falsa-erva-cidreira, lúcia-lima e salva-limão.

No tratamento de algumas das doenças apresentadas acima, as partes do limonete utilizadas são as folhas e flores. Para preparar o chá da erva, que é uma das principais receitas usadas na medicina natural, basta reservar 200 ml de água filtrada e duas colheres (de chá) de folhas.

Coloque a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a quantidade indicada da erva. Abafe o recipiente e deixe descansar por cinco minutos. Depois disso, basta usar uma peneira para retirar as folhas e a bebida estará pronta para ser ingerida.

Sendo assim ela pode ser usada para tratar afecções do coração, asma, bronquite, congestão nasal, diarreia e doenças nervosas. Ela também acaba com dor de cabeça, dor de estômago, enxaqueca, febre, flatulência, gripe, hipocondria, inchaço dos olhos, infecção intestinal, melancolia, náusea, nevralgia, taquicardia, vômito, vertigem e zumbido no ouvido.

Origem do Chá de Limonete:

O Chá de Limonete é originário da América do Sul, especificamente no Chile e Argentina, contudo, atualmente o Marrocos é o país onde há maior cultivo da planta. Quando os colonizadores espanhóis levaram a planta para Espanha.

Ela recebeu o nome de hierba louisa (erva-luisa, em português) em homenagem à princesa Luisa de Parma, esposa do rei espanhol Charles IV. A primeira parte do nome científico ainda segue esta homenagem.

A Aloysia triphylla é um arbusto perene, que cresce em solos férteis e moderadamente drenados. Para o seu desenvolvimento é necessária exposição solar regular, clima úmido e quente. Ela suporta temperaturas de até 10°C.

Trata-se de um arbusto aromático, que pode atingir a altura de 3 a 7 metros de altura. Seu caule é estriado e anguloso, possui folhas ovais e estreitas. Um dos seus nomes populares, limonete, é relativo ao aroma de limão inerente ao vegetal. Seu óleo essencial durante muitos anos foi usado na produção de cosméticos.

Benefícios do Chá de Limonete Pra Saúde:

1. Reforça a Memória:

É comum nos preocuparmos com a saúde do corpo e até mesmo do cérebro. Mas por ser abstrata, esquecemos que a memória também pode ser melhorada com a prática de uma boa alimentação. Por ser rica em vitaminas do complexo B, Chá de Limonete contribui para a melhoria de diferentes atividades no corpo, dentre elas a memória e força muscular.

2. Auxilia na Perda de Peso:

Sem dúvidas, este é o principal efeito atribuído ao Chá de Limonete, e um dos principais responsáveis por sua popularidade. Enquanto muitos chás são sugeridos para a perda de peso, poucos são tão eficientes quanto o Chá de Limonete.

3. Auxilia na Digestão:

Chá de Limonete é incrivelmente eficiente para quem tem problemas com o intestino. Mesmo que seja intestino preso ou ao relacionado a diarreia. Regula o intestino e melhora a digestão por seu alto teor de fibras. Também possui efeito diurético, evitando assim a retenção de líquidos.

4. Ajuda na Proteção Muscular:

Outra importante qualidade desta erva é sua capacidade de manutenção da massa muscular. Trata-se de um efeito bastante distinto, raro na maioria dos chás comuns. Além de ser utilizado como uma forma de queimar gordura mais rapidamente, o Chá de Limonete possui uma capacidade antioxidantes capaz de diminuir os danos musculares durante a malhação.

5. Trata Febres:

Na medicina tradicional de nativos da América do Sul, o Chá de Limonete possui um conhecido efeito de fazer seu consumidor suar. Isso auxilia, colateralmente, a reduzir febres e acelerar o processo de cura de doenças inflamatórias.

6. Fortalece o Sistema Imunológico:

Poucas coisas combinam tão bem com a melhoria do sistema imunológico, quanto antioxidantes. Mais precisamente, o “estresse oxidativo” é o que danifica o nosso corpo de forma inevitável com o tempo. Ele ocorre através da presença da radicais livres no organismo.

Como Usar o Chá de Limonete:

O Chá de Limonete mesmo depois de seco, conserva o seu intenso aroma até 2 anos. Esta qualidade faz desta planta medicinal uma excelente aliada na aromatização e como agente repelente.

  • Usado em guarda fatos, confere um agradável odor à roupa e afasta as traças;
  • É muito útil como repelente de insectos, faça uma infusão forte e borrife os locais desejados;
  • As folhas e as flores secas do limonete são utilizadas em pout-pourris;
  • A aplicação da infusão de limonete na horta mantém as pragas afastadas, no jardim afasta as melgas.
cha de limonete origem

Cuidados e Contraindicações do Chá de Limonete:

Apesar de possuir efeito bastante positivo e poucos efeitos colaterais, o limonete pode gerar reações alérgicas leves. Geralmente, elas ocorrem na forma de dermatite. Além disso, quem sofre de doenças nos rins deve evitar o consumo recorrente do chá, considerando que ele pode piorar a situação. Se este for o seu caso, é recomendado consultar um médico de maneira prévia, para analisar a existência ou não de riscos no consumo.

Sou graduada em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dr. Saúde".

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.