Cardo Santo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Cardo Santo – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Cardo Santo – Origem, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, o Cardo Santo possui muitas propriedades medicinais que promovem a saúde do corpo humano. Muito utilizada em tempos antigos para curar pestes da época, o Cardo Santo é uma planta da Europa Mediterrânica que cresce em Portugal e nas regiões de Trás-os-Montes e Alto Alentejo.

beneficios do cardo santo

É uma planta baixa, possui folhas compridas, verdes e é cheia de espinhos. Entre os meses de abril a junho, surgem as flores da planta, na cor amarela. Possuem um cheiro suave e agradável. A planta veio para no Brasil através da Índia com a intenção de curar as enxaquecas do imperador Frederico III da Alemanha. É também conhecida como cardo-benedito e cardo-bento, e é pertencente à família Asteraceae.

O seu caráter é perene e é uma conhecida e poderosa planta medicinal. Cresce próxima de rios e em terrenos secos e pedregosos, em campos abandonados e em hortas comuns. A planta atinge de 20 a 50 cm de altura, as suas folhas são espinhosas e as flores pouco numerosas e de cor amarela encontram-se rodeadas de espinhos encarnados.

É uma planta com carácter anual e possuí uma seiva que, pelas suas propriedades sedativas (tem na sua constituição protopine e berberine), é maioritariamente utilizada para para fins medicinais. É a parte aérea da planta que é utilizada para a produção de infusões, podendo ser aplicada em forma de cataplasma diretamente em feridas.

Propriedades do Cardo Santo:

As propriedades medicinais e os benefícios proporcionados pelo Cardo Santo são reconhecidos há mais de 2.000 anos. Existem registros datados do século I que indicam a utilização desta planta pelos romanos, como um agente protetor do fígado. Registros médicos datados dos séculos XVIII e XIX também citam o cardo mariano no tratamento de males.

Entre suas principais propriedades do Cardo Santo estão suas ações: Antisséptico, aperiente, antioxidante, anti-inflamatório, diurético, tônico, regeneradora, colagoga, depurativa, digestiva. Então, confira agora os Benefícios do Cardo Santo Para Saúde:

Benefícios do Cardo Santo Para Saúde:

  • O Cardo Santo é indicado para tratar casos de hepatite viral aguda e crônica, cálculos biliares, dispepsia, dor de barriga, cirrose causada pelo álcool e colesterol elevado.
  • Além disso, esta planta tem a fama de ser um remédio para estados depressivos.
  • O Cardo Santo ajuda a manter o fígado saudável e pode ser utilizado sempre que este órgão esteja sob tensão, o que é geralmente visível pelo elevado número de enzimas hepáticas.

Em 1960, cientistas alemães separaram a substância ativa mais importante da planta: a silimarina. Ela é a grande responsável pelos benefícios do Cardo Santo para o bom funcionamento do fígado. Por essa razão, a ingestão do Cardo Santo é indicado para tratar:

  • Hepatite,
  • Cirrose,
  • Alcoolismo,
  • Cálculos biliares,
  • Dispepsia,
  • Dor de barriga,
  • Psoríase.

Como Usar o Cardo Santo:

O sabor do Cardo Santo é bastante amargo, não sendo muito prazeroso. Algumas dicas como, adicionar mel ou açúcar no preparo do chá desta erva, são uma ótima sugestão.

Outro método muito utilizado para a ingestão dos benefícios do Cardo Santo, mascarando o sabor amargo, é colocar alguns chumaços da planta seca dentro de uma garrafa escura de vinho seco e deixando por cerca de 5 dias, em um quarto escuro. Beber um cálice antes das refeições.

A erva pode ser utilizada de forma externa para aplicar em úlceras infeccionadas e feridas. Basta ferver a erva em água e aplicar em temperatura morna na pele danificada.

Receita do Chá de Cardo Santo:

A planta inteira pode ser utilizada para a elaboração de chá, no entanto, deve ser utilizada seca e deve ser colhida no início da floração (surgimento de flores).

INGREDIENTES:

  • 2 colheres de sopa de folhas e flores secas e picadas de Cardo Santo;
  • 500 ml de água;
  • Mel a gosto.

MODO DE PREPARO:

Coloque os 500 ml de água em uma panela e acrescente as 2 colheres de sopa da erva. Deixe ferver por cerca de dois minutos. Desligue o fogo e espere amornar. Acrescente mel a gosto. O chá deve ser consumido uma vez por dia, preferencialmente após o almoço ou jantar.

cardo santo

Efeitos Colaterais do Cardo Santo:

O Cardo Santo é contraindicado para crianças, indivíduos hipertensos ou que tenham problemas renais, úlcera e gastrite. Quando consumido em doses excessivas, o chá da planta pode causar queimaduras nas mucosas das vias digestivas, diarreias e vômitos.

As sementes da planta não devem ser ingeridas em grandes quantidades e pode elevar a pressão arterial. Outros efeitos colaterais incluem náuseas, diarreias leves e problemas estomacais. Lembre-se que qualquer tratamento médico deve ser feito com o auxílio de um especialista.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Lambari – Origem, Benefícios e Como Usar!

Kava Kava – Origem, Benefícios e Como Usar!