Brilhantina – Origem, Benefícios e Como Cultivar!

Conheça Tudo Sobre a Brilhantina: Origem, Benefícios e Como Cultivar!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dr. Saúde

Brilhantina – Origem, Benefícios e Como Cultivar de forma adequada para que através dos benefícios da brilhantina ela possa tornar-se uma boa opção para ajudar no funcionamento da saúde geral do corpo. Além disso, a Brilhantina de nome científico Pilea microphylla, é uma planta originária da América Tropical com aspecto bastante peculiar, possuindo folhas pequenas e brilhantes, ficando muito bem quando colocada em conjunto com flores. É uma planta de porte herbáceo, perene, que alcança de 20 a 30 cm de altura. Possui flores diminutas, que possuem importância secundária como valor ornamental.

É uma planta que se usou muito no paisagismo de jardins antigos e que passou por longo tempo esquecida. Trazida de novo à ativa, tem aparecido em jardins de grande porte, com muita sombra, sob árvores e parece ter voltado para ficar.

beneficios da brilhantina

Sua cor verde-clara brilhante dá a nota vivaz a maciços verdes ou de folhas variegadas, equilibrando e unindo, excelente também em composições com flores diversas. Seja em bordas de canteiros, extensões sob árvores ou mesmo em vasos, fica bonita de qualquer modo e não pode ser dispensada.

Benefícios da Brilhantina:

Dentre alguns Benefícios da Brilhantina, ela pode carregar inúmeros em si, estão listados a seguir os principais:

  • Ela é considerada uma planta que combate o envelhecimento
  • Popularmente utilizada como diurético e para combater cálculos renais.
  • Reduz o peso corporal em 30 dias de uso, assim como os triglicérides e colesterol total.
  • Protege o fígado.
  • Não apresenta toxidade nas doses recomendadas
  • Fortalece a vesícula e baixa as Febres.
  • Protege em até 80% contra os efeitos da radiação, seja os órgãos internos, como fígado e intestino, seja a produção de células sanguíneas. Pode ser utilizado para proteger pessoas em tratamento de radioterapia.
  • Reduz o nível de açúcar no sangue, sem alterar os níveis normais de glicose. Protege e estimula o funcionamento do Pâncreas.

Como Cultivar a Brilhantina:

Ela é infestante de calçadas, fendas de muros, ruas com paralelepípedos. É utilizada como ornamental, no entanto, escapa facilmente do cultivo.

A Brilhantina se desenvolve melhor quando deixada à meia-sombra, sem pisoteio, onde possa se desenvolver, mas também cresce quando deixada sob sol pleno, embora o sol direto na parte da tarde costuma desacelerar seu crescimento.

brilhantina

Pode ser cultivada formando conjuntos, onde proporcionam notável efeito. Aprecia substrato rico em matéria orgânica, solo solto e permeável.

A preparação dos canteiros ou vasos deve conter composto orgânico ou húmus de minhoca sendo adicionado adubo animal de gado ou aves bem curtido.

O ideal é preparar o solo do canteiro numa profundidade de cerca de 15 cm e plantar as mudas com espaçamento de 20 cm.

Não esquecer de regar após o plantio, mantendo regularidade até notar seu desenvolvimento.

Para adubações de reposição, a cada 4 meses, diluir uma colher de sopa de adubo NPK formulação 10-10-10 em uma garrafa PET de 2 litros, sacudir bem e regar o substrato ao redor da planta, cerca de 1 copo de água (destes de plástico descartáveis, guarde sempre um para medida).

Um dia antes, regar com água pura, para que se crie um bulbo úmido ao redor das raízes. Ao colocar o adubo dissolvido este irá espalhar-se na umidade, ficando mais acessível para a planta.

Cuidados no Cultivo da Brilhantina:

Ela é uma planta compacta, tendendo a crescer mais em largura do que em altura, é adequada para locais sombreados ou que recebam apenas o sol da manhã, com alguma umidade, o que a torna ideal para preencher espaços vazios sob plantas mais altas. Sua atração principal são as folhas.

brilhantina beneficios

Ela precisa ser cultivada em solo fértil, rico em matéria orgânica, bem fofo, drenado e mantido úmido, mas não encharcado.

Deve ser plantada com espaçamento, entre uma planta e outra, de mais ou menos 25 cm.

Suporta podas sem problemas, como é uma espécie que se espalha, ficará mais bonita quando replantadas anualmente no início da primavera.

Multiplica-se por sementes, por estacas de caule na primavera e por divisão de touceira.

Efeitos Colaterais da Brilhantina:

Os efeitos colaterais da Brilhantina ainda não foram comprovados, mais é imprescindível que sempre que você for utilizar um tratamento natural, busque o seu médico antes.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dr. de Saúde para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

cha de limonete

Chá de Limonete – Origem, Benefícios e Como Usar!

Os 10 Benefícios da Gardênia Para Saúde