BCAA – Fontes, Benefícios e Excesso

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

O BCAA é de especial interesse para os esportistas, fisiculturistas e praticantes de atividades físicas em geral. Trata-se de uma suplementação que pode ser usada para produzir energia ou construir novas proteínas. Neste artigo, iremos trazer respostas às principais dúvidas em relação a esse suplemento.

bcaa

O BCAA (Branch Chain Amino Acids), traduzido para português, quer dizer Aminoácidos de Cadeia Ramificada. São aminoácidos essenciais (o organismo não produz e é proveniente da dieta).

São constituídos de três aminoácidos: valina, isoleucina e leucina.

Embora as fontes de proteínas completas (como as carnes, por exemplo) contenham BCAAs, Além disso, pesquisas mostram que a suplementação adicional pode ser benéfica. Uma vantagem da suplementação desses aminoácidos reside na sua capacidade de aproveitar ao máximo o período pré e pós-treino.

O que é BCAA?

O BCAA é um suplemento composto por 3 aminoácidos, L-Valina, L-Leucina e L-Isoleucina. Após a atividade muscular intensa, os músculos entram em processo catabólico devido ao esforço praticado. E é nesse momento que o BCAA é extremamente importante. O corpo, quando em estado catabólico, começa a retirar aminoácidos dos músculos para suprir a necessidade energética.

Tomando o BCAA, você está fornecendo esses aminoácidos para o corpo, então os músculos são poupados. Muito popular entre marombeiros e corredores. o BCAA faz com que existe um forte alívio das dores musculares pós-treino. Para melhores efeitos, recomenda-se tomar o BCAA antes E depois da atividade física. Com menos dores musculares, você consegue treinar com mais frequência. Com isso, os resultados aparecem muito mais rápido.

Fontes de BCAA:

Fontes naturais de BCAA incluem a carne vermelha, frango, laticínios e ovos. Uma porção de 100 gramas de carne ou ½ xícara de queijo cottage fornece, em média, 1.7 g de leucina, 1 g de isoleucina e 1 g de valina.

Embora em menor concentração, as proteínas de origem vegetal também fornecem BCAA’s. Alimentos como soja, lentilha, feijão, arroz e trigo integral, milho e nozes são todos fontes do nutriente, sendo o feijão que oferece a maior quantidade de BCAAs entre os vegetais.

Uma xícara feijão cozido contém aproximadamente 1 g de cada um dos aminoácidos de cadeia ramificada. No entanto, a quantidade de arroz integral fornece 0.4 g de leucina, 0.2 g de isoleucina e 0.3 g de valina. Agora que você já conhece suas principais fontes, confira também os Benefícios do BCAA Para Saúde:

Benefícios do BCAA Para Saúde:

Favorece a Queima de Gordura:

Em um estudo publicado em 2009 no Journal of International Society of Sports Nutrition. participantes foram submetidos durante oito semanas a treinos de resistência física. Parte dos voluntários recebeu suplementação com BCAA, enquanto o restante do grupo não utilizou os aminoácidos.

Ao final da pesquisa, os participantes que consumiram BCAA apresentaram um ganho maior de massa muscular e também perderam mais peso do que o grupo controle.

Reduz a Fadiga:

Alguns estudos sugerem que o BCAA circula pelo sangue até o cérebro, onde reduz a produção de serotonina no interior do órgão, ação essa que reduz a fadiga mental. Isso ocorre porque a serotonina é um neurotransmissor que promove relaxamento. E pode provocar a sensação de cansaço.

Ao entrar na circulação, o BCAA – sobretudo a valina – passa a competir com o triptofano para entrar no cérebro. O que pode diminuir a concentração deste aminoácido que consegue efetivamente passar pela barreira hematoencefálica (cerebral).

Evita a Perda de Massa Magra:

Não é só para quem procura hipertrofia que serve o BCAA, em primeiro lugar o suplemento também pode ser de grande utilidade para quem está limitando sua ingestão calórica. Além disso, grande parte das dietas de emagrecimento causa também perda de massa magra, decorrente da utilização do tecido muscular como fonte de energia para o metabolismo.

Ao fornecer aminoácidos necessários para síntese de proteínas, o BCAA ajuda a prevenir a degradação proteica (proteólise) e a perda muscular decorrente das dietas hipocalóricas.

Previne Dores Musculares:

Os BCAAs também podem ajudar seus músculos a ficarem menos doloridos após sessões de exercícios. Além disso, pode ocorrer devido à redução dos níveis das enzimas creatina quinase e lactato desidrogenase no sangue, sendo que estas estão diretamente ligadas às lesões musculares.

Então, pode melhorar a recuperação e fornecer proteção contra danos musculares.

Aumenta a Massa Muscular:

A maioria das pessoas que compram suplementos de BCAA geralmente está buscando a hipertrofia muscular. Afinal, diversas pesquisas mostram que os BCAAs podem ativar as enzimas responsáveis pela construção de músculos.

Alguns estudos inclusive mostram que suplementos de BCAA podem ser eficazes no aumento da massa muscular. Especialmente se eles contêm uma boa proporção de leucina, isoleucina e valina.

Reduz o Açúcar no Sangue:

Os BCAAs também podem ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue normais.Acredita-se que a leucina e a isoleucina aumentam a secreção de insulina e fazem com que seus músculos retirem mais açúcar do sangue, diminuindo assim os níveis de açúcar no sangue.

No entanto, na prática, nem todos os estudos corroboram estes efeitos. Além disso, alguns participantes não têm mudança nenhuma, enquanto outros sofrem até mesmo aumentos em potencial nos níveis de açúcar no sangue.

Por exemplo, um estudo recente deu a participantes com doença hepática 12,5 gramas de BCAAs três vezes ao dia. Em 10 dos participantes, os níveis de açúcar no sangue reduziram.

No enquanto 17 participantes não houve nenhum tipo de alteração. Portanto, mais estudos são necessários antes que conclusões sejam tiradas.

Sinais de Deficiência de BCAA:

Quando os suplementos são mal administrados podem oferecer sérios riscos à saúde. A médica alerta que cerca de 33% dos suplementos comercializados são contaminados com substâncias proibidas, e isso pode acarretar problemas à saúde como câncer, distúrbios hormonais e psicológicos.

fontes de bcaa

Efeitos Colaterais do BCAA:

Até o momento não existe relatos de efeitos colaterais com o uso de BCAA. Então, o recomendado é que não exagere e tome sempre a dose recomendada por um profissional ou pelo fabricante do produto.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Fitoestrógeno – Fontes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Ácido Alfa Lipóico – Fontes, Benefícios e Deficiência