Aglaonema – Origem, Benefícios e como Usar

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Aglaonema – Origem, Benefícios e como Usar esta planta de maneira correta. Além disso, a Aglaonema possui importantes propriedades medicinais que são essenciais para saúde do corpo humano. A Aglaonema é mais do que um espécie interessante. Ela possui nada mais nada menos do que 50 variações com diversas características diferentes, seja na folhagem ou na estrutura no geral.

aglaonema

Para completar, a Aglaonema é uma das plantas ornamentais mais cultivadas em ambientes interiores do planeta, não que ela não possa ser plantada em quintais ou jardins. Além disso, ela é frequentemente colocada em varadas por causa da sua forma de cultivo.

A Aglaonema é considerada uma planta herbácea de pequeno porte, atingindo as medidas de 20 a 150 cm de altura. As suas folhas são a característica marcante das espécie pois são, em geral, grandes, bem coriáceas, glabras, quase sempre espessas em todas as variedades, geralmente verdes, mas com tonalidades e padrões que variam em diversas especies.

Muitas vezes essas folhas são machadas, mesclando sempre tons de verde claro com escuro.

Como a maioria da espécies consideradas herbáceas, a Aglaonema também possui flores. Suas inflorescências são axilaes com espata e espádice de cor branca ou branca-esverdeada. A pouca importância ornamental das flores já era de se esperar, já que as folhagem da planta é o que mais chama a atenção de jardineiros por todo o mundo.

Para completar a estrutura geral da espécie, a Aglaonema produz seus próprios frutos. Eles tem aspecto avermelhado e podem ter importância fundamental na decoração do lar. Em alguns casos, ainda que as flores não tenham a função de enfeitar, os frutos podem ter mais importância do que a bela folhagem da espécie.

Origem da Aglaonema:

São mais de 80 espécies e diversas variedades que compõem este gênero de plantas tropicais, comumente usadas em jardins internos e em vasos.

As mais populares, como a A. commutatum, com folhas prateadas salpicadas de verde-escuro e a A. commutatum “Pseudobracteatum”, com suas folhas marmóreas verdes claras, combinando com um verde mais escuro e um amarelo pálido quase branco, foram introduzidas no Ocidente em 1885. O nome deriva de aglaos, que significa brilhante ou claro e nemaou, um segmento em referencia aos estames, em grego.

São plantas fáceis de cultivar, inclusive nas áreas externas onde formem maciços coloridos, aproveitando os cultivares que estão sendo aperfeiçoados nos últimos tempos pelos produtores das regiões sudeste e Nordeste do Brasil.

Sempre na meia sombra ou sob as copas rendadas das árvores, são uma boa opção quando há necessidade de colorir espaços umbrosos onde o verde predomina e a ausência de flores exige pinceladas com a pigmentação de vermelhos, alaranjados, róseos e amarelos.

Benefícios da Aglaonema Para Saúde:

  • Aglaonema é uma das nossas plantas favoritas para a purificação do ar , uma vez que obtém facilmente substâncias nocivas do ar e melhora a qualidade ambiental, tornando os espaços de trabalho mais agradáveis ​​e produtivos.
  • A Aglaonema possui uma flor brilhante e colorida, eficiente na remoção de tricoroetileno (substância química usada como éter nos hospitais). Deve ser colocado em ambientes com bastante luz, como quartos ou lavanderia.
  • De acordo com o estudo da NASA, a Aglaonema, devido à sua baixa exigência de luz (e, portanto, adequado para o interior de escritórios ou espaços fechados), demonstrou o potencial para melhorar a qualidade do ar, eliminando poluentes orgânicos e um dos meios mais promissores de eliminar substâncias químicas orgânicas voláteis, como o benzeno e o formaldeído, que são substâncias químicas tóxicas comumente encontradas em ambientes fechados.
  • Além de purificar o ar, a instalação de plantas de interior em espaços fechados aumenta a umidade da sala, reduzindo assim a probabilidade de doenças respiratórias.
  • Além de sua beleza natural, a Aglaonema combate o formaldeído (gás liberado pelos veículos).

Formas de Cultivo da Aglaonema:

Além de não se desenvolver bem em locais secos, a Aglaomena precisa de muita ventilação para sobreviver. Mesmo adotado todas essas condições de cultivo que não são tao complicadas assim, a espécia é tão fácil de cultivar que é muito recomendada para jardineiros iniciantes.

A planta pode se adaptar a diversos lugares dentro e fora de jardins, sejam eles grandes ou pequenos. Assim como varias de suas variantes, a aglaomena pode formar lindos maciços e bordaduras, podendo ser cultivadas em canteiros, Jardins de inverno e até mesmo em vasos com tamanhos diferentes.

beneficios da aglaonema

Cuidados com a Aglaonema:

  • O cuidado adequado da Aglaonema começa com a sua colocação em um local adequado. Você ficará mais confortável em uma área que não recebe luz direta . O sol direto deve sempre ser evitado.
  • A Aglaonema deve ser colocada longe de portas, janelas e grades de ventilação, a fim de garantir que ela não sofra de correntes de ar.
  • Se as folhas da Aglaonema são curvas e uma borda marrom aparece nas folhas, isso significa que o ar está muito frio ou que está em uma corrente de ar.
  • Aglaonema é exigente em termos de quantidade de água e, embora não deva estar sempre úmido, não é aconselhável deixar o solo secar entre regas.
  • É aconselhável fertilizar a Aglaonema duas vezes por mês.
  • As folhas da Aglaonema devem ser limpas com um pano úmido para remover poeira e sujeira.

Os 15 Benefícios do Caroço da Amêndoa Para Saúde

Jasmin – Origem, Benefícios e Como Usar