Ácido Clorogênico – Fontes, Benefícios e Deficiência

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dr. Saúde

Ácido Clorogênico – Fontes, Benefícios e Deficiência que não devemos ignorar por muito tempo. Alem disso, o ácido clorogênico é um composto químico natural produzido pelo ácido cafeico e pelo ácido quínico, que estão presentes nos grãos de café verde, antes do processo de torrefação.

A importância do ácido clorogênico na composição do extrato de café verde é que ele é o principal responsável pela ação antioxidante verificada no produto.

acido Clorogenico

E é essa ação antioxidante que está chamando a atenção do mundo todo para o café verde.

A indústria de cosméticos já tem observado o café verde e percebeu que o ácido clorogênico presente nele é perfeito para ajudar no tratamento da pele das pessoas. Isso por causa de sua ação antioxidante.

Com isso, será cada vez mais comum, encontrarmos produtos feitos à base de café verde, especialmente na indústria de cosméticos.

E os produtos que estão para chegar são cremes anti-rugas e vários outros tipos de produtos voltados para os problemas cutâneos.

Com isso, aliado ao fato de que o café verde já é considerado um poderoso aliado na busca por um menor peso, acabará por fazer com que o produto acabe chegando em maior quantidade para o mercado consumidor mundial.

Fontes de Ácido Clorogênico:

A quantidade de Ácido Clorogênico na maioria das plantas é bem pequena.

Entanto, alguns tipos de plantas acumulam este ácido em quantidades suficientes para causar algum efeito fisiológico em indivíduos que os consomem.

Alimentos com maior concentração de Ácido Clorogênico: Café, Sementes de girassol, Chás, Mirtilo, Salsinha, Batata, Tomate, Maçã, Pera, Tabaco e Berinjela.

Benefícios do Ácido Clorogênico:

Estima-se que os bebedores de café podem consumir cerca de um grama de Ácido Clorogênico diariamente.

Esta quantidade, quando consumida regularmente, parece ser suficiente para produzir efeitos terapêuticos óbvios para a vesícula biliar.

Nas mulheres o risco de desenvolver cálculos biliares é cerca de duas vezes maior que nos homens.

Estudos associam o consumo de café a um menor risco de uma variedade de doenças do fígado, incluindo a cirrose e o câncer.

Este efeito pode vir de uma combinação da ação colagoga (que causa a contração da vesícula biliar, estimulando a evacuação da bílis para o intestino, levando toxinas e gorduras) e do seu efeito antioxidante.

Deficiência de Ácido Clorogênico:

Sintomas da deficiência desta vitamina: fadiga, dor de cabeça, anemia grave (megaloblástica), feridas na boca, maior risco de contração de doenças cardiovasculares, infertilidade (incapacidade de ter filhos).

transtornos psiquiátricos, insuficiência respiratória, anorexia, apatia, insônia, problemas de memorização e de crescimento, e, em caso de gravidez, má-formação neurológica no feto.

Os 30 Benefícios do Chá de Alfazema Para Saúde

Os 40 Benefícios do Suco de Damasco Para Saúde