Benefícios das Plantas

Saponária – Origem, Benefícios e Como Usar!

Saponária – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Saponária possui ricas propriedades medicinais para contribuir com a saúde do corpo humano. Pertencente à família das Caryophyllaceae, a planta Saponária, de nome científico Saponária officinalis pode ser encontrada também pelo nome de erva saboeira. Trata-se de uma planta selvagem que cresce comumente nos terrenos mais arenosos e tem flores cor de rosa, e atinge 60 cm de altura, em média.

beneficios da saponaria

Suas raízes, de coloração amarelada, são rampantes e alongadas. A planta, nativa do norte da Europa, foi introduzida na Inglaterra pelos monges franciscanos e dominicanos ao final do século XVI, quando passou a ser difundida por todo o país, indo, em seguida, para as Américas.

Até os dias atuais, alguns fabricantes de cerveja usam essa planta como forma de produzir e manter aquele colarinho espumoso, tão amado por uns e tão odiados por outros. Esta árvore é muito recomendada em projetos de recuperação de áreas degradadas pois sua rusticidade permite uma mais rápida e efetiva cobertura do solo, especialmente em beiras-rio e alagados.

Além disso, pode ser usada ainda, como vem sendo usada há muitos anos, como sabão doméstico. Isso porque é rico em saponina, uma substância que tem as mesmas propriedades do sabão, permitindo, inclusive, que se forme a espuma.

Origem da Saponária:

Esta erva de flores pequenas, da família do cravo, Caryophyllaceae, é nativa da Europa, e tem em todo lado, de norte a sul. Os povos mais antigos já a usavam nas suas lavagens e seu nome, Saponária, tem a ver com a sua capacidade de fazer sabão, espuma limpadora, que tem a ver com o seu elevado teor em glicosídeos que, em contato com a água, geram espuma – estes glicosídeos especiais se chamam saponinas e existem em uma enorme variedade de plantas.

Propriedades da Saponária:

As principais propriedades desta planta são as seguintes: depurativo, antigotosa (ajuda a mitigar a gota), anti-reumático, Sudorífera, diurético, purgativo, colagoga (que causa a evacuação da bile), anti-inflamatório, analgésico (local). Então, confira agora os Benefícios da Saponária Para Saúde:

Benefícios da Saponária Para Saúde:

  • Saponária tem uma reputação antiga de ter sido usada interna e externamente para o tratamento de doenças da pele como psoríase, eczema, furúnculos e acne.
  • Internamente as saponinas presente na Saponária são um irritante leve para os sistemas respiratório e digestivo fazendo agir como um expectorante e laxante em doses pequenas.
  • A decocção da planta Saponária inteira pode ser aplicada externamente para tratar a coceira na pele.
  • A planta provou ser um bom tratamento para icterícia e outras obstruções viscerais, mas raramente é utilizada internamente no herbalismo modernao devido ao seu efeito irritante sobre o sistema digestivo.
  • Quando a Saponária é tomada em excesso, ela destrói as células vermelhas do sangue e provoca paralisia do centro vasomotor.
  • A Saponária é também cultivada comercialmente por conter saponina, um agente de ensaboamento utilizado em produtos de limpeza e na produção de cerveja.

Como Usar Saponária Para Fazer Sabão:

INGREDIENTES:

  • raiz de Saponária, 50 g
  • folhas de sálvia, 1 colher (de sopa)
  • folhas de alecrim, 1 colher (de sopa)
  • folhas de abrótano (Artemisia abrotanum , 1 colher (de sopa)
  • Água, 1 litro

MODO DE PREPARO:

Para fazer o sabão coloque todas as ervas nem um pote e jogue sobre elas a água fervente (picote as ervas antes), tampe e deixe em repouso por 45 minutos. Depois disso basta coar o líquido e acondicionar para uso futuro.

Efeitos Colaterais da Saponária:

Em doses elevadas, a erva pode produzir irritação das membranas mucosas digestivas e depressão dos centros nervoso respiratório e cardíaco. Quando a prescrição é necessária, esse efeito pode ser evitado misturando-o com outras ervas, como banana, marshmallow ou malva.

saponaria

Não foram encontrados integrantes perigosos na planta e, portanto, não há muitas contraindicações. É preciso, entretanto, tomar cuidado com o consumo durante a gestação. Sugerimos evitar o consumo neste período. Seu uso não é recomendado também durante a lactação.

Normalmente inofensivas, as saponinas somente aparecem quando há uma doença da mucosa para o tratamento. Quando ingerida em grandes quantidades, acaba gerando diarreias, entre outros. São altamente tóxicas, mas quando injetadas. Quando consumida em altas doses, assim como por períodos prolongados, acaba decompondo os glóbulos vermelhos.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.