Benefícios das Plantas

Salgueiro – Origem, Benefícios e Como Usar

salgueiro

Salgueiro – Origem, Benefícios e Como Usar aprenda agora, sobre todos os benefícios dessa fruta para saúde. Além disso, uma árvore conhecida por diferentes nomes. Entre eles estão, chorão, vime e salso. Seu nome botânico é Salix alba. A planta pertence à família Salicaceae e é originária de países asiáticos, europeus e da América do Norte.

Embora seja considerado como uma planta medicinal, seu uso ainda é bastante tímido. Entretanto, a planta é encontrada sem grandes dificuldades em farmácias de manipulação, feira livre e algumas lojas de produtos naturais.

salgueiro

Existem registros históricos feitos por Hipócrates (o pai da medicina) no século V a.c, sobre um pó que era extraído da casca do Salgueiro.

De acordo com esses registros, esse pó era utilizado no alívio de dores e diminuição de febre. Como herança médica direta de Hipócrates, a planta é utilizada desde épocas milenares como planta medicinal em países europeus e principalmente na china.

Origem do Salgueiro:

Originário da Europa, da Ásia e da América do Norte, o Salgueiro é uma planta que apresenta flores com uma coloração mais clara que dos outros salgueiros. Sua árvore pode chegar a atingir os 30 metros de altura.

A erva apresenta propriedades sudoríficas, analgésicas, antiagregantes, antirreumáticas, antipiréticas (que diminuem a febre) e anti-inflamatórias.

O Salgueiro é uma planta nativa das zonas temperadas. Esta planta é muito conhecida pelos seus poderes analgésicos, mas esse não é o único benefício que essa planta pode nos trazer. Há registros de que Hipócrates escreveu no século V a.C.

Sobre o pó que era extraído da casca do Salgueiro. Esse pó era muito utilizado para aliviar dores e reduzir a febre. O uso dessa casca, como pode-se observar, é conhecido há milhares de anos com o foco na área medicinal.

Na China e na Europa seu uso vem de muitos séculos atrás e até os dias atuais a casca desta planta tem sido utilizada para o alívio de dores. Portanto, o Salgueiro auxilia no tratamento de dores provocadas pela osteoporose, pelas tendinites, bursites, dores lombares, de dores de cabeça e muitas outras.

Benefícios do Salgueiro Para Saúde:

1. Promove o Alivio de Dores:

O primeiro uso documentado do Salgueiro foi de que ele poderia aliviar dores. Um dos compostos presentes na planta é a salicina, substância que em meados de 1800 foi isolada e transformada no poderoso ácido acetilsalicílico.

2. Promove a Saúde das Mulheres:

Repleto de propriedades que melhoram o humor, esta planta ajuda a aliviar a ansiedade e mudanças de humor experimentado pelas mulheres durante o período pré-menstrual. Portanto, a verbena também é usada para induzir o ciclo menstrual em mulheres cujos períodos têm sido adiado.

3. É Rico em Ácido Ascórbico:

O Salgueiro têm muitos benefícios à saúde e contêm uma quantidade razoável de ácido ascórbico. O ácido ascórbico, além de ser um antioxidante eficaz, também ajuda a desenvolver Colágeno.

4. Diminui a Febre:

Outra ação conhecida de modo científico do Salgueiro é sua capacidade antipirética, ou seja, a planta é capaz de diminuir a temperatura corporal, auxiliando a reduzir febres das mais variadas origens.

5. Auxilia na Produção de Colágeno:

Ao consumir o Salgueiro de forma regular na rotina, você pode combater o aparecimento de rugas, linhas de expressão, manchas e sulcos na pele por muito mais tempo. Portanto, é capaz de aumentar a produção de colágeno, uma proteína essencial para a elasticidade e tonicidade da derma.

6. Possui Ação Anti-Inflamatória:

Outro grande benefício da planta é sua propriedade anti-inflamatória. É relativamente comum a indicação do chá do Salgueiro como forma de acelerar o tratamento de diferentes processos inflamatórios, sendo os mais comuns os de trato respiratório, como é o caso da asma.

7. Salgueiro Para a Pele:

A aparência da pele é muito importante para muitas pessoas. Portanto, o alto teor de compostos antioxidantes encontrados na Casca do Salgueiro pode ter um grande impacto sobre a saúde da pele. Se aplicado topicamente ou consumido. Portanto, a Casca do Salgueiro pode aumentar o fluxo sanguíneo para a pele devido a seus antioxidantes, além de reduzir o aparecimento de rugas e marcas de idade.

8. Benefícios do Salgueiro Para a Enxaqueca:

Portanto, se você sofre de dores crônicas de cabeça e enxaquecas, você pode ser capaz de beneficiar significativamente as qualidades analgésicas da Casca do Salgueiro. Embora ele pode ajudar a eliminar a enxaqueca, diminuindo a pressão sanguínea nos pequenos capilares e vasos sanguíneos na cabeça, aliviando a pressão e sintomas debilitantes.

Como Usar o Salgueiro:

A maneira mais comum de utilizar o Salgueiro para benefícios à saúde se dá sob a forma de chá, através do uso de suas cascas.

Para preparo da bebida são necessários:

  • 1 colher de sopa de cascas cortadas em pequenos pedaços;
  • 500 ml de água.

Deve-se adicionar a água e a casca do Salgueiro em um recipiente e levar ao fogo por um período de 10 minutos. Embora, a bebida deve ser tampada e ficar descansando por mais 15 minutos, então deve ser coada e consumida.

salgueiro origem

Efeitos Colaterais do Salgueiro:

Dentre os principais efeitos colaterais notados pelo uso da planta, estão:

  • Alergia;
  • dores de cabeça;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Hemorragias.

Alergia É importante ressaltar que os efeitos colaterais do uso do Salgueiro normalmente ocorrem. Quando a planta é consumida de modo excessivo e totalmente descontrolado. Embora seja considerada uma planta medicinal.

Sua utilização de modo inadequado e sem qualquer tipo de controle é capaz de trazer malefícios e efeitos adversos totalmente indesejados. Por isso, bom senso é fundamental para obtenção de seus benefícios de modo correto e adequado.

Sou graduada em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dr. Saúde".

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.