Rosa Rubra – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Rosa Rubra – Origem, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, a Rosa Rubra apresenta folhas geralmente com cinco folíolos ovados ou orbiculares e suas flores são grandes, de coloração vermelho vivo; os frutos geralmente apresentam cores brilhantes que variam de laranja a vermelho até púrpura, e são muito atrativos para os pássaros.

Muitas vezes apresentada nas formas de chá ou água de rosas, a planta possui um efeito tônico sobre a pele, sendo amplamente utilizada na produção de cosméticos e perfumaria. Inclusive, a Rosa Rubra é uma das espécies de rosa mais cultivadas para a produção de perfumes. Os principais componentes deste pequeno arbusto são os óleos essenciais (geraniol, cintronelol) e taninos.

Benefícios da Rosa Rubra

Origem da Rosa Rubra:

A Rosa Rubra, de nome científico Rosa gallica, é uma planta medicinal também popularmente conhecida como rosa-francesa, rosa-vermelha, rosa de jérico e outras denominações, pertencente à família das Rosaceae. Nativa da Europa central e da Ásia (incluindo a Ásia ocidental, a Turquia).

A Rosa Rubra apresenta folhas geralmente com cinco folíolos ovados ou orbiculares e suas flores são grandes, de coloração vermelho vivo; os frutos geralmente apresentam cores brilhantes que variam de laranja a vermelho até púrpura, e são muito atrativos para os pássaros.

Muitas vezes apresentada nas formas de chá ou água de rosas, a planta possui um efeito tônico sobre a pele, sendo amplamente utilizada na produção de cosméticos e perfumaria. Inclusive, a rosa-rubra é uma das espécies de rosa mais cultivadas para a produção de perfumes.

Benefícios da Rosa Rubra:

1. Tratar a Psoríase:

O Rosa Rubra é usado para curar psoríase, um problema em que a pele fica vermelha, escamosa e com coceira. As pessoas também experimentam inflamação em casos extremos. Use esta erva, além de sua medicação regular, para alívio mais rápido.

2. Atua no Tratamento de Problemas da Pele:

Feridas, queimaduras e úlceras podem ser curadas com unguentos feitos a partir da casca de Rosa Rubra ou com suplementos com extratos da casca. Reumatismo, feridas, abrasões, abscessos e vários outros problemas de pele também podem ser curados naturalmente com o uso do Rosa Rubra.

3. Ajuda a ter uma Pele Bonita:

A casca interna pulverizada da planta do Rosa Rubra pode ser misturada com água para fazer uma mucilagem, que é escorregadia e macia e usada geralmente para proporcionar uma pele lisa e bonita!

4. Promover o Cabelo Saudável:

O alto teor de procianidinas no Rosa Rubra melhora a força dos cabelos tornando-o resistente. Os extratos do olmo promovem o crescimento saudável do cabelo e melhora o volume do cabelo.

5. Sistema Digestivo Saudável:

O Rosa Rubra fornece um efeito calmante sobre o trato alimentar e o sistema digestivo, tornando-o eficaz para úlceras de estômago. Outros problemas de estômago, como a constipação e diarreia, também podem ser tratados com extrato de olmo.

Formas de Consumo:

Usados na perfumaria, cosmética e culinária, os benefícios da Rosa Rubra podem ser aproveitados de muitas formas distintas. Seu consumo pode ser feito na forma de aromatizante para bolos, além de ingrediente para molhos de peixes e caças, e no preparo de sobremesas e confeitos.

As rosas, no século XIX, foram usadas como corantes, molhos, confeitos, conservas, óleos e aromatizantes em chás. Confira a seguir a receita do chá de Rosa Rubra.

Essa é uma das espécies, no entanto, mais cultivadas para ser usada como ingrediente de perfumes, e também para seu uso medicinal. Dela, pode ser feito a água de rosas, o xarope de rosas e também o mel.

Chá de Rosa Rubra Como Preparar?

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de erva;
  • 500 ml de água.

Modo de Preparo:

  • Em um recipiente, coloque a água e a erva, e em seguida leve ao fogo;
  • Quando a mistura alcançar fervura, desligue o fogo e tampe, deixando descansar abafado por um período de, aproximadamente, dez minutos;
  • Após esse tempo, coe a mistura e consuma uma dose entre duas e três xícaras de chá ao dia.

Contraindicações

Nenhuma contraindicação foi encontrada na literatura consultada, mas lembre-se sempre de consultar um especialista antes de iniciar um tratamento com qualquer medicamento, ainda que natural.

Os 20 Benefícios da Folha de Binahong Para Saúde!

Sassafrás – Origem, Benefícios e Como Usar!