Benefícios das Plantas

Jequitibá – Origem, Benefícios e Como Usar!

Jequitibá – Origem, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, a Jequitibá é uma árvore que pertence à família das Lecythidaceae, nativa do Brasil e originalmente encontrada no centro sul do país, na Mata Atlântica. Atingindo até 50 metros de altura, a planta pode ter um tronco com dois metros de diâmetro mas já foi encontrado um exemplar com incríveis 16 metros de diâmetro e, por isso, é considerada a maior árvore nativa do Brasil, e é símbolo do estado de São Paulo.

Entre as propriedades da planta estão sua ação como adstringente, anti-inflamatório, desinfetante, descongestionante, emético e laxante. O consumo é indicado para pacientes com infecções na garganta ou na boca, aftas, faringite, amidalite, infecções nas mucosas, anginas, laringites, leucorreia, irritações vaginais, corrimento, além de problemas nos ovários e no útero.

Benefícios da Jequitibá

Origem da Jequitibá:

De nome científico Cariniana brasiliens, a planta pode ser conhecida também como estopa, congolo de porco, Jequitibá de agulheiro, jecuíba, pau carga, Jequitibá cedro, Jequitibá branco, Jequitibá grande, sapucaia de apito ou ainda Jequitibá vermelho.

Alguns dos maiores Jequitibá encontram-se no Parque Estadual do Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro. Um deles possui 3 mil anos, e 16 metros de circunferência, além de 49 metros de altura. Com folhas ovaladas e dentadas, flores pequenas e alvas, a planta possui propriedades medicinais e um sabor amargo.

Benefícios da Jequitibá:

1. Ajuda no Tratamento de Aftas:

A aftas são pequenas feridas, bastante dolorosas, que surgem na boca, especialmente na língua e nas paredes internas, de pessoas que estão com a imunidade baixa. Comumente são brancas ou amarelas, e em seu entorno nota-se claramente uma área vermelha.

Em razão de suas características medicinais, o chá pode ser uma excelente alternativa para o combate às aftas. Para isso, basta fazer alguns gargarejos diários com essa solução.

2. Atua no Tratamento de Inflamação das Amígdalas:

As amígdalas contêm a forma redonda, e encontram-se entre a parte traseira da boca e a garganta. Em condições normais, são fundamentais para a prevenção de infecções através da produção de anticorpos, mas não é raro que se inflamem, quando passam a ser um problema.

Fazendo gargarejos com este chá, é possível combater essa inflamação e também aquelas que acontecem na garganta e alcançar uma melhor significativa.

3. Alivia Irritações na Vagina:

Existem várias causas que justificam o aparecimento de irritação vaginal, mas o certo é que através de uma lavagem na área feita a partir do chá da casca desta árvore é possível obter uma considerável melhora nos sintomas desse problema.

Atua no Tratamento de Problemas no Útero e Ovários:

Ainda que possa ser usado para tratar problemas em alguns órgãos como o útero e os ovários, assim como para atacar a irritação da vagina e a leucorreia, classicamente o Jequitibá tem sido relacionado ao tratamento de problemas na boca e na garganta.

Todos os remédios caseiros compostos a partir do Jequitibá são elaborados a partir da casca da árvore, que pode ser encontrada para comercialização em casas especializadas em produtos naturais.

Modos de Preparo:

As únicas partes da Jequitibá destinadas a qualquer tipo de consumo são suas cascas. Para tanto, opte sempre pela que você encontrar triturada e corretamente tratada em casas de produtos naturais, farmácias e mercados. Não se arrisque a descascar qualquer árvore, pois elas se parecem e a possibilidade de cometer um erro e comprometer a própria saúde é muito grande.

Para preparar seu chá, leve ao fogo duas colheres de sopa da casca da árvore triturada, juntamente com um litro de água. Deixe ferver por dez minutos, então abafe e deixe repousar. Quando a temperatura estiver própria para consumo, coe, adoce e beba.

Para preparar o líquido para gargarejo ou lavagem íntima, repita a receita acima, apenas não adoce e utilize para os fins necessários. Não foram relatados efeitos colaterais advindos do consumo da casca da Jequitibá, porém qualquer reação indesejada deve ser motivo para interromper o uso imediatamente e buscar auxílio

Contraindicações e Efeitos Colaterais:

Não encontramos, na literatura consultada, contraindicações ou efeitos colaterais associados ao consumo do chá de Jequitibá para fins medicinais. No entanto, é fundamental sempre consultar um médico e ficar atento a quaisquer reações indesejadas. Caso aconteça alguma, interrompa imediatamente a ingestão e procure um médico.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.