Benefícios das Plantas

Ipecacuanha – Origem, Benefícios e Como Usar!

Ipecacuanha – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Ipecacuanha possui muitas propriedades medicinais que promovem a saúde do corpo humano. A Ipecacuanha (Cephaelis Ipecacuanha) é um arbusto pertencente à família das Rubiáceas, sendo também conhecida como ipeca, poaia e raiz do Brasil.

beneficios da ipecacuanha

A denominação Ipecacuanha significa “planta de doente de estrada” e a planta é originária de regiões úmidas, principalmente das florestas tropicais da América, com destaque para o Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela.

Esta planta pode ser considerada como a mais célebre das drogas brasileiras difundidas no século XVII. A raiz da Ipecacuanha já era usada pelos índios tupis no Brasil e foi conhecida pelos jesuítas no século XVI. Atualmente, a planta cresce no extremo Oriente e é o ingrediente principal de diversos remédios contra tosse.

Origem da Ipecacuanha:

Existem, no entanto, muitas espécies dessa planta, sendo que a que mais possui qualidades para a medicina alternativa é a que citamos nesse artigo (Cephaelis Ipecacuanha). Seu nome possui origem indígena, e é nativa das matas brasileiras, apesar de ser, atualmente, cultivada também na Índia e na Malásia. A raiz pode atingir aproximadamente 40 centímetros.

Suas partes usadas para fins medicinais são as raízes trituradas em pó, e pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, tanto online quanto físicas.

Propriedades da Ipecacuanha:

As propriedades medicinais da Ipecacuanha incluem a sua ação emética, expectorante e amebicida. Esta planta é utilizada para esvaziar o estômago em casos de intoxicação, quando a realização da lavagem gástrica não é possível.

Na maioria dos casos, a parte utilizada da ipeca é a sua raiz, que é colhida e posteriormente secada para ser empregada na indústria farmacêutica. As raízes da planta podem atingir cerca de 20 a 40 cm de comprimento e podem ser úteis no tratamento antidiarreico, expectorante e anti-inflamatório. Então, confira agora os Benefícios da Ipecacuanha Para Saúde:

Benefícios da Ipecacuanha Para Saúde:

  • O efeito diurético da planta Ipecacuanha é um de seus pontos chaves no tratamento de problemas no trato urinário. Este efeito diminui inchaços, retenção de líquidos e favorece a atividade dos rins, diminuindo as chances infecções urinárias.
  • Além disso, uma planta com efeito diurético é capaz de diminuir a concentração de toxinas no corpo. Com o tempo, isso significa que os riscos de lesões a diversões órgãos do corpo são diminuídos, garantindo maior segurança para o organismo.
  • Outra qualidade da Ipecacuanha é sua mescla de propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas. Com sua ingestão, garante-se uma taxa menor de riscos de desenvolvimento de doenças, especialmente no trato digestivo e urinários. Não há evidências de que estes efeitos sejam aproveitados em outras partes do corpo, como em um caso de artrite, por exemplo. Para isso, ainda são necessários maiores estudos.
  • A relação entre o funcionamento da Ipecacuanha e o trato digestivo é bastante curiosa. Como mencionado anteriormente, sua principal utilização, durante anos, foi a indução do vômito em pessoas envenenadas.
  • A alta presença de ferro na planta estimula a produção de hemácias – as células vermelhas do sangue. Em outras palavras, isso quer dizer que as células receberão maior nível de oxigenação, funcionando com mais energia e nutrientes. A boa presença de células vermelhas no sangue evita a anemia, que é a condição onde elas tornam-se mais escassas.
  • Outra utilização comum da Ipecacuanha por povos nativos era para o tratamento de asma e bronquite. Este benefício é aproveitado com os efeitos expectorantes da planta – especialmente em usos tópicos ou inalação através de vaporizações. O efeito expectorante estimula a retirada do muco nas vias respiratórias, evitando a presença de organismos potencialmente nocivos para a saúde.

Como Usar a Ipecacuanha:

A Ipecacuanha pode ser utilizada nas formas de xarope e de chá.

  • Xarope: O xarope de ipeca é formado por rizomas de duas espécies distintas e contém substâncias como emetina, psicotrina e outras isoquinolinas. Ele provoca o vômito no tratamento dos indivíduos que ingeriram veneno. A indicação de uso é tomar uma colher (15 ml) e, se não vomitar, a pessoa deve submeter-se a uma lavagem gástrica.
  • Chá: Para preparar o chá, coloque duas colheres de sopa da erva em um litro de água. Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos a partir do momento em que se inicia a ebulição. Após esse período, retire do fogo e deixe repousando, com o recipiente tampado, por 10 minutos. Coe e beba.

Efeitos Colaterais da Ipecacuanha:

Após a ingestão excessiva ou prolongada da planta Ipecacuanha podem ocorrer gastrite, taquicardia, pressão baixa, arritmia cardíaca, convulsões, choque e pode levar até mesmo ao coma. Estes efeitos podem ser revertidos ao cessar sua ingestão.

ipecacuanha

Contraindicações da Ipecacuanha:

O consumo é contraindicado quando em doses elevadas, pois se tornam tóxicas. O pó é irritante para a pele e, portanto, pode causar dermatite e asma para quem tem contato frequente com a planta.

Em caso de superdosagem, procure um médico. Os sintomas são convulsões, choque, coma, comprometimento da função respiratória, arritmia, taquicardia, queda da pressão sanguínea, erosão da mucosa do trato gastrintestinal, diarreia, vômitos severos, entre outros.

Atenção: não consuma a planta ipeca independentemente da quantidade sem orientação e acompanhamento médico, pois até mesmo os medicamentos naturais possuem contraindicações e efeitos colaterais, além de interação medicamentosa.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.