Benefícios das Plantas

Semente de Coronha é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Semente de Coronha é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios. Além disso, A Coronha é aquela semente que, volta e meia, a gente costuma encontra-la na praia quando tem um rio que deságua por perto.

Aquela grande, com um risco preto, também popular como mucunã e olho-de-boi. Enfim, a semente da planta Dioclea violacea, também popular como cipó-de-imbiri, coroanha, mucunã assú, micunã, pó-de-mico ou olho-de-boi.

Semente de Coronha: Origem, benefícios e malefíciosEstes são os nomes dados a uma mesma planta rica em benefícios para saúde humana. Cientificamente chamada de Dioclea violacea, a planta pertence à família das Papilionaceae e além de ser considerada ornamental, possui ainda propriedades medicinais importantes para o organismo.

Uso Medicinal da Coronha:

A Coronha é muito eficaz no tratamento de hipertensão, mal de Parkison e sequelas de derrame. Também serve como afrodisíaco. Para dores, pesquisa-se como um remédio que deverá ser mais poderoso que a morfina.

Usos da Coronha:

Além de combater o derrame de modo eficaz, a planta também exerce outras funções na saúde humana, mas que ainda estão relacionadas ao bom funcionamento do cérebro, em especial o sistema nervoso.

Assim, é possível dizer que esta planta também é aliada de pessoas que possuem epilepsia, evitando que os indivíduos tenham crises convulsivas.

Indicações de Uso:

O preparo medicinal feito com a planta precisa ser fervido ou tostado – a raspa da semente não deve ser usada crua.

A indicação de dosagem é de 1 g de pó de semente para cada xícara de água fervente.
Tomar uma xícara ao dia, aos poucos.

Como Cultivar a Coronha:

A trepadeira de crescimento vigoroso e rápido que resiste a temperaturas de até -3 graus negativos, sendo ainda muito resistente a seca de até 6 meses sem chuva. Vegeta bem se cultivada desde o nível do mar até mais 1.000 metros acima de altitude.

A Coronha aprecia diversos tipos de solos, desde que seja úmido, profundo, acido ou neutro com constituição arenosa ou argilosa.

É preciso fazer uma parreira na horizontal com arames (ou caibros cruzados) formando uma malha da até 40 cm entre arames para sustentar a planta.

As plantas iniciam a frutificação no 1ª ou 2ª ano após ser plantada, dependendo das condições do solo.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.