Ácido Láurico – Fontes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Conheça o Ácido Láurico: Fontes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dr. Saúde

Ácido Láurico – Fontes, Benefícios e Efeitos Colaterais que ele pode causar ao nosso organismo. Além disso, o Ácido Láurico é um ácido graxo saturado com inúmeros benefícios para a saúde e para a performance.

Entretanto, para que se consiga o melhor aproveitamento deste, faz-se necessário o seguimento adequado de bons protocolos dietéticos e de treinamento bem como o uso constante do Ácido Láurico (o uso esporádico não trará benefícios).

O que é Ácido Láurico?

O Ácido Láurico é um tipo particular de ácido gordo encontrado em alimentos com gorduras saturadas. A melhor fonte é o Coco e, de fato, muitos dos benefícios do óleo de coco que foram bem estabelecidos nas configurações de pesquisa são devido à sua presença.

acido laurico beneficios

Como um ácido gordo de cadeia média (MLFA), também chamado de triglicerídeos de cadeia média (MCT), este ácido é parte da classe de compostos orgânicos conhecidos como lipídios. Os lipídios são outro nome para as gorduras, os macronutrientes que são vitais para a saúde humana para a construção de membranas celulares e impedindo que o corpo entre no estado de “fome”.

Todas as gorduras e óleos são constituídos por cadeias de pequenos compostos denominados ácidos gordurosos, e sua estrutura química determina se eles são considerados saturados ou não saturados.

O corpo humano precisa de gorduras saturadas e não saturadas; Na verdade, não podemos existir sem eles. Os ácidos gordurosos são incorporados em todas as nossas membranas celulares, amortecem e apoiam nossos órgãos, são usados ​​para a produção de hormonas e são até uma valiosa fonte de energia. Os alimentos que contêm gordura também nos ajudam a absorver nutrientes solúveis em gordura que são cruciais para a saúde geral e alguns também ajudam a combater infecções virais e bacterianas.

Fontes de Ácido Láurico:

Ele é encontrado nos óleos láuricos, obtidos de coqueiros nativos de países tropicais, componente importante do leite materno humano, para o fortalecimento imunológico do bebê.

Pesquisas cientificas demonstram que este ácido possui a capacidade de aumentar o sistema imunológico pela ativação da liberação de uma substância chamada interleucina 2, que faz a medula óssea fabricar mais células brancas de defesa.

Além disso, os óleos láuricos agem como anti-inflamatórios pela inibição da síntese local de prostaglandinas (PGE2) e interleucina 6 que são substâncias pró-inflamatórias presentes em quadros reumáticos, artrites e inflamações musculares. Ou seja, eles são anti-inflamatórios.

Benefícios do Ácido Láurico Para Saúde:

Protege o Corpo:

Este ácido também é conhecido por suas propriedades antimicrobianas. Quando é digerido, certas enzimas dentro do trato digestivo formam monoglicerídeos de monolaurina, um agente poderoso, capaz de combater vírus e infecções bacterianas.

Ótimo Para Tireoide:

Algumas observações levaram à descoberta que óleos láuricos estimulam a função da glândula tireoide. O bom funcionamento desta glândula, faz com que o mal colesterol (LDL) produza hormônios que reduzem a velocidade de envelhecimento do corpo como o DHEA, pregnenolona e a progesterona.

beneficios do acido laurico

Possui Propriedades Antimicrobiana:

Quando  convertido em monolaurina, ele age basicamente como um exterminador de bactérias, pois possui a capacidade de matar uma ampla gama de hospedeiros patogênicos prejudiciais ao corpo, tornando-se eficaz no auxílio ao tratamento de infecções, vírus, distúrbios digestivos e doenças crônicas.

Aumenta o Sistema Imune:

O ácido láurico possui efeitos também no sistema imunológico (e, novamente por isso, a sábia natureza o colocou no leite materno). Quando chega ao intestino, ele é convertido em monoglicerídeos de monolaurina, que combate infecções virosas ou bacterianas, entre outros agentes que podem causar doenças.

Assim, ele pode prevenir doenças como a gripe, resfriados, infecções fúngicas, herpes etc. A própria acne, muitas vezes causada por bactérias também pode ser evitada com o uso do ácido láurico.

Controla Peso e Colesterol:

Com relação ao emagrecimento, um estudo publicado em 2007 revelou que uma dieta alta em TCM (triglicerídeos de cadeia média) pode ajudar na perda de peso.

Como Consumir o Ácido Láurico?

O uso o óleo de coco pode ser para toda a cozinha, como: assar, e muitas vezes você pode colocar uma colher de sopa no suco matinal. É o óleo escolhido, uma vez que o óleo de coco natural e orgânico acrescenta um bom sabor de Coco que não contém as toxinas nocivas que outros óleos de cozinha hidrogenados fazem.

Você também pode aplicá-lo topicamente diretamente na sua pele ou como transportador para óleos essenciais ou misturas.

Entretanto, lembre-se de usar o óleo de coco no lugar de outros óleos de cozinha quando puder, e sempre opte pela versão pura e orgânica.

Pode usá-lo para qualquer preparação de alimentos em que você usa óleo de cozinha ou azeite. Basta substituir esses, pelo óleo de coco.

Você pode usá-lo para fazer doces, bolos, tortas. Pode utilizá-lo junto ao café, para ajudar a adoçar naturalmente o café e incorporar boa gordura logo cedo.

Tipos:

Existem geralmente dois tipos de óleo de coco:

Óleo de coco não refinado ou virgem: possui mais sabor ao Coco e maior valor nutricional do que a sua contrapartida refinada à medida que a carne de Coco fresca é pressionada mecanicamente para extrair o óleo de coco. Não contém nenhum aditivo, produtos químicos, etc. O óleo de coco virgem é usado principalmente em sabões, cosméticos e outros produtos de cuidados com a pele e o cabelo.

acido laurico

Óleo de coco refinado: este tipo de óleo de coco é mais utilizado, embora não seja a forma mais pura de óleo de coco. O óleo de coco refinado é extraído da carne de Coco seca, conhecida como copra. O processo de refinação envolve branqueamento e desodorização. É facilmente disponível, tem uma vida útil mais longa e é mais higiênico e mais barato do que o óleo de Coco virgem.

Efeitos do Excesso de Ácido Láurico:

Em geral não. Entretanto, usos maiores do que 20g/dia podem causar, em indivíduos mais sensíveis, desconfortos gastrointestinais e diarreia. Portanto, é ideal começar com menores quantidades para que o corpo vá se acostumando.

Ele não possui interações negativas com suplementos alimentares, podendo ser consumido com os mesmos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dr. de Saúde para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

Carboidratos – Fontes, Benefícios e Deficiência

Ácidos Graxos – Fontes, Benefícios e Deficiência