Altéia – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dr. Saúde

Altéia – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Altéia é uma planta com propriedades medicinais que pode ser usada para diversos fins. Seu nome científico é Althaea officinalis (althaea vem do grego e significa cura), e pertence à família das Mavaceae. Suas partes usadas para fins medicinais são as raízes secas e as folhas, e a planta é normalmente encontrada com os nomes de malva branca, malvarisco, malvaísco ou ainda malva do pântano. Com numerosas folhas serreadas, aveludadas e flores de coloração esbranquiçada ou levemente rosada, a planta possui ainda um fruto orbicular que é envolvido pelo cálice, constituído por diversas cápsulas que se separam quando maduras.

Altéia

Cresce em locais mais úmidos como margens de riachos, principalmente no centro-sul da Europa. Veja tudo sobre esta planta:

Origem da Altéia:

A planta conhecida como Altéia é medicinal, e também pode ser encontradas com os nomes de malvaísco, malvarisco, malva-branca e malva do pântano. De nome científico Althaea officinalis, a Altéia pertence à família das Malváceas, podendo ficar entre 50 cm e 1 metro de altura.

A planta é originária das regiões asiáticas e tem evidências de seu uso desde antes da Era Cristã, mas ao ser levada para a Europa, adaptou-se bem. Ligeiramente tomentosa e macia ao tato, a planta possui raízes longas, cilíndricas e carnudas. Sua haste é ereta e cilíndrica, e os ramos são alternos.

Benefícios e Propriedades:

A Altéia possui ação emoliente, calmante, anti-inflamatória, laxante e expectorante, de forma que o seu chá é indicado para casos de inflamações, enfermidades das vias respiratórias, tosse em crianças e pessoas idosas, dores, erupções cutâneas, inflamações intestinais, prisão de ventre, tratamento das membranas mucosas irritadas – como na síndrome do cólon irritável e na bronquite crônica.

Pode ser usada, ainda, para tratamento de tosse seca, ansiedade, estresse, queimaduras, acnes, aftas, enfisema, gengivite, laringite, faringite, gastrite, estomatite e dores de garganta. Seus princípios ativos são a pectina e princípios amargos, que lhe concedem essas propriedades.

Como Preparar o Chá de Altéia:

Para preparar, você vai precisar de:

Ingredientes:

  • 1 colher de chá das folhas de Altéia picadas;
  • 1 xícara de água

Modo de Preparo:

  • Em um recipiente, coloque as folhas picadas de Altéia e reserve.
  • Em seguida, em outro recipiente, leve a água ao fogo e deixe até ferver.
  • Quando alcançar o ponto de fervura, jogue a água por cima das folhas picadas e tampe, deixando a mistura descansar por um período de aproximadamente dez minutos.
  • Feito isso, coe e consuma sem adoçar.
  • Caso ache necessário adoçar, opte por adicionar o mel, pois também apresenta benefícios à saúde, ao contrário do açúcar.

Contraindicações da Altéia:

A Altéia está contraindicada durante a gravidez ou lactação e durante o uso de produtos que contenham álcool, taninos ou ferro. Além disso, pacientes diabéticos só devem consumir esta planta de acordo com orientação médica, pois ela pode aumentar o efeito dos medicamentos e causar alterações nos níveis de glicemia.

Açacui – Origem, Benefícios e Como Usar!

Abrunheiro – Origem, Benefícios e Como Usar!