Alquemila – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Educação Física pela UGF

Especialista do Dr. Saúde

Alquemila – Origem, Benefícios e Como Usar. Alem disso, A Alquemila cresce principalmente na América do Norte e na Europa. Esta planta possui meio metro de altura, tem folhas grandes, redondas, que possuem de sete a nove lóbulos finamente dentadas. Possui pequenas flores estrelares. É encontrada nos campos, mas também pode ser cultivada no jardim. Aceita tanto o sol como a sombra.

alquemila

Também conhecida como pé de leão, a Alquemila é uma planta medicinal para tratar diarreia, distúrbios gastrointestinais e distúrbios ginecológicos como menstruações dolorosas, síndrome pré-menstrual e hemorragia. É apresentada quase sempre em forma de infusões (chás). Seus princípios ativos são taninos, flavonoides e princípios amargos.

O que é Alquemila:

A Alquemila é uma planta medicinal, também conhecida como Alquemila, muito utilizada no tratamento de problemas ginecológicos, como menstruação desregulada ou fluxo intenso.

Suas propriedades medicinais são tônica, adstringente (antidiarreico, hemostático, cicatrizante-reepitelizante), bactericida; refrescante, antipirético, analgésico, diurético, cicatrizante, regulador da circulação (venotônico, vasoprotetor), antiesclerótico. Veja Agora uns Benefícios da Planta Alquemila.

Alquemila Trata Dermatite:

É indicada para o tratamento de afecções urinárias (cistite, ureterite, uretrite, oligúria, urolitíase), anexite, aumentar a resistência capilar, conjuntivite, contusões, dermatite, diabete, diarreias, dismenorreia, dor de cabeça (por má digestão), edemas, eritema, estria, faringite, febrites, feridas, gota, gripe, hemorroidas, hidropisia abdominal e hiperazotemia.

Além de tudo isso, a planta trata hiperuricemia, hipertensão arterial, melhora a elasticidade das veias, metrorragias, parodontopatias, prurido, reduzir a permeabilidade capilar, resfriado, ulcerações dérmica, corneana e varicosa, varizes, vulvovaginite. O uso medicinal se dá principalmente por infusão de suas plantas inteiramente secas.

Pode ser utilizada como higienizante bucal e, em banhos, pode tratar de corrimento vaginal e outras afecções vaginais.

Receitas Caseiras de Alquemila:

Para anexite: faça uma infusão por 20 minutos, com 50 gramas de folhas de Alquemila em um litro de água fervente. Tome 2 ou 3 xícaras por dia.

Contra Dismenorreia: prepare uma infusão de 50 g de folhas em um litro de água fervente, deixando repousar por 25 minutos. Tome 2 ou 3 xícaras por dia.

Para dor de Cabeça e Hidropisia Abdominal: provocada por má digestão, faça uma infusão de 60 g de folhas em um litro de água fervente por 20 minutos. Tome 3 xícaras por dia. Quando fizer uso interno, faça antes das refeições.

Para uso externo: em compressas, lavagens, colutórios, gargarejos ou irrigações vaginais use infusão de 60 g de folhas de em meio litro de água fervente. Use o líquido morno em compressas e lavagens, várias vezes ao dia.

Para tratamento de úlcera variço: use a decoção de 80 g de folhas de Alquemila em um litro de água, deixe ferver por dez minutos. Empregar o líquido em compressas e lavagens. Também pode ser feito cataplasma com um punhado de erva fervido por dez minutos em meio litro de água. Use ainda quente, a planta envolvida em uma gaze, sobre a parte afetada.

cha de pinhao de purga

Chá de Pinhão de Purga – Origem, Benefícios e Como Usar!

Edemame – Origem, Benefícios e Como Usar!