Alfavacão – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dr. Saúde

Alfavacão – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Alfavacão, de nome científico Ocumum gratissimum, é uma planta de folhas grandes, medindo até 10 cm de comprimento. Sua coloração é verde escura e ela pode atingir até dois metros de altura. Sua origem é tida como o Oriente, mas é muito distribuída pelo Brasil, e sua multiplicação se dá por estaquia ou por meio das sementes. O aroma é bem parecido com o dos cravos, o que deu o nome popular de alfavaca-cravo. Veja tudo sobre esta planta:

Alfavacão

Origem da Alfavacão:

A Alfavacão (Ocimum gratissimum) é uma planta medicinal que apresenta coloração verde escura, pode atingir até dois metros de altura, possui flores grandes, que podem chegar a medir até 10 cm de comprimento, e flores de cor branca com tons levemente arroxeados. Considera-se que a origem desta planta é o Oriente, mas ela tem ampla distribuição no território brasileiro. É importante ressaltar que o Alfavacão e a alfavaca (manjericão), embora tenham nomes parecidos, são plantas diferentes. Devido à presença de um componente de seu óleo essencial, o eugenol, o aroma do Alfavacão é bastante similar ao do cravo e, por isto, a planta passou a ser conhecida como “alfavaca-cravo” em algumas regiões.

Propriedades e Benefícios do Alfavacão:

Desde tempos antigos, quando alguém ficava resfriado e sentia muitas dores no corpo, o chá de Alfavacão era indicado pelas pessoas mais velhas, pois combatia o resfriado em si e aliviava as dores do corpo.

O eugenol, componente do óleo essencial da planta, está presente com uma concentração de até 70% e contém propriedades que agem como antisséptico e analgésico, sendo indicado nos casos de resfriado com dores no corpo.

Esta planta também possui propriedades antiespasmódica, diurética, sudorífera e carminativa. Devido às suas propriedades, o Alfavacão é indicado no tratamento de casos de gripes, resfriados, dores no corpo, bronquite, febre, inflamações da garganta e tosse.

Em algumas regiões, a planta também é muito utilizada como calmante nos casos de nervosismo e até de paralisia. No Nordeste brasileiro, muitas doceiras fervem a água com as folhas do Alfavacão antes de preparar os doces, o que proporciona um sabor suave e agradável de cravo.

Como Consumir o Alfavacão:

A planta pode ser consumida por meio de chá e tintura, mas também pode ser encontrada em lojas de produtos naturais como cápsulas de 250 mg. São utilizadas para fins medicinais as folhas, mas o modo de preparo varia de acordo com o tratamento.

Como Preparar:

Para o tratamento de reumatismo, inflamações da garganta, tosse, febre, gripe, resfriado e bronquite, siga a receita a seguir.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá da erva Alfavacão;
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo:

  • Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo para ferver.
  • Quando isso acontecer, desligue e adicione a erva.
  • Deixe descansar tampado por aproximadamente dez minutos e, em seguida, coe e consuma.
  • A dose indicada é de 3 a 4 xícaras por dia.

Agripalma – Origem, Benefícios e Como Usar!

Azedinha – Origem, Benefícios e Como Usar!