Água Inglesa – Origem, Benefícios e Como Usar

Água Inglesa – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dr. Saúde

Água Inglesa – Origem, Benefícios e Como Usar de forma simples e sem riscos. Além disso, Água Inglesa é um remédio fitoterápico composto por diversas plantas com propriedades digestivas e estimulantes do apetite, que apresentam princípios ativos amargos que agem sobre a mucosa do aparelho digestivo, estimulando a produção de suco gástrico.

Deste modo, este remédio facilita a digestão, enquanto que a quina amarela age como um tônico estimulador do apetite. Antigamente os médicos sempre receitavam água inglesa para as mulheres que tinham tido seus bebês e para as que tinham tido aborto. O mito de que esta água ajuda a engravidar vem da eficácia do produto na limpeza interna e seu poder de cicatrização.

água nglesaOutras principais indicações são para distúrbios do ciclo menstrual ( atrasos, escapes entre outros), cólicas, ausência de menstruação, corrimento e sintomas relacionados a isso, irregularidades no fluxo menstrual e até mesmo em sintomas da menopausa. Para as treinantes é um ótimo aliado, principalmente por regular o ciclo e ajudar na estabilidade das taxas hormonais.

Mulheres que tomaram anticoncepcional por muitos anos podem apresentar o endométrio fino. Esse fato dificulta a implantação do embrião. A água inglesa age na eliminação do acumulo de anticoncepcional, age melhorando a condição do endométrio e assim aumentando as chances do embrião se implantar.

Ela tem atuação benéfica em casos de aborto, cistos nos ovários, infecções uterinas e principalmente em casos de endometriose.

Benefícios da Água Inglesa:

As principais indicações da água inglesa são para distúrbios do ciclo menstrual ( atrasos, escapes entre outros), cólicas, ausência de menstruação, corrimento e sintomas relacionados a isso, irregularidades no fluxo menstrual e até mesmo em sintomas da menopausa. Para as treinantes é um ótimo aliado, principalmente por regular o ciclo e ajudar na estabilidade das taxas hormonais.

Mulheres que tomaram anticoncepcional por muitos anos podem apresentar o endométrio fino. Esse fato dificulta a implantação do embrião. Ela  age na eliminação do acumulo de anticoncepcional, age melhorando a condição do endométrio e assim aumentando as chances do embrião se implantar.

Água inglesa tem atuação benéfica em casos de aborto, cistos nos ovários, infecções uterinas e principalmente em casos de endometriose. A água inglesa serve para auxiliar na má digestão e na falta de apetite. Serve também para fazer uma limpeza hormonal no organismo.

Os extratos de plantas amargas provocam mais acidez estomacal. Isso auxilia no caso de pessoas com má digestão, porque aumentando a quantidade de suco gástrico. O estômago irá digerir os alimentos com mais facilidade.

A água inglesa combate a falta de apetite, pois as ervas amargas contidas no medicamento agem um pouco antes das refeições no suco gástrico, proporcionando uma sensação de estômago vazio e de fome. O sabor da água inglesa não é agradável, mas compensa pelos benefícios que ela pode trazer para seu organismo.

Como Usar Água Inglesa:

Você deve tomar 30 ml da água inglesa antes das refeições, 3 vezes ao dia. O modo de tomar é o mesmo para limpar o útero e no pós parto.

Para limpar o útero, deve ser tomada por 7 dias, durante o período menstrual. Para ajudar a engravidar, o uso também deve começar no primeiro dia da menstruação. Para auxiliar no tratamento da endometriose a mulher deve tomar a água inglesa por 3 ciclos menstruais seguidos.

Água inglesa benefíciosContra Indicações da Água Inglesa:

A água inglesa é contraindicada para pessoas com hiperacidez estomacal, epilepsia, gastrite, úlceras gastroduodenais, síndrome do intestino irritável, enfermidade de Crohn, colite ulcerosa, Mal de Parkinson, hepatopatias ou dispepsias hiposecretoras. Ela também não deve ser utilizada por gestantes e por pacientes com hipersensibilidade aos componentes do medicamento. Outro lembrete importante é de que a água não deve ser ingerida com nenhum outro medicamento para fertilidade ou durante a reposição hormonal.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Lúpulo – Origem, Benefícios e Como Usar

chamba

Os 15 Benefícios do Chambá Para Saúde