Benefícios das Plantas

Abútua é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Abútua é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios. Além disso, O Abútua é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira usado pelos indígenas e caboclos para diversos tratamentos, inclusive o de malária.

Porém, é tóxica, bastante, e por isso foi substituída pelo quinino e outras plantas.

Da Abútua também se faz o curare, veneno que os indígenas usam para pescar e caçar pois paralisa o animal.

O nome científico da Abútua Chondrodendron platiphyllum e estudos apontam o alcaloide curine, que a Abútua contêm, como o responsável por seu efeito anti-inflamatório e analgésico poderoso.

Segundo o estudo, já se cogita o uso da planta para produção de medicamentos – interessou à indústria farmacêutica. Veja tudo sobre esta planta:

Abútua é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Origem da Abútua:

Abútua é uma planta oriundo da floresta tropical brasileira. Era usado pelos índios tupis como um medicamento natural de combate à malária, e tem caule lenhoso e cilíndrico, folhas longo-pecioladas, alternas-ovadas ou cordiformes, que tem tamanho entre 20 e 30 centímetros.

As flores têm 12 pétalas e mais sépalas que são dispostas em racimos ou espigas amareladas. O fruto é composto por um valor entre 3 e 6 drupas, e tem a polpa vermehlha e comestível, bastante agradável, com a presença de uma semente.

O cipó ficou bastante conhecido no ano de 1688 como um excelente medicamento natural de combate à malária, quando foi levado pelos jesuítas para a Europa, mas caiu em desuso devido à sua toxicidade, sendo substituída pelo quinino, ao final do século XIX.

Como Fazer o Chá de Abútua:

O chá, que não pode ser consumido por crianças menores de 10 anos e gestantes, deve ser consumido somente uma vez ao dia, por um período de até sete dias seguidos. Para fazê-lo é só acompanhar os seguintes passos:

  • Leve ao fogo uma panela com uma xícara de água e aguarde levantar fervura antes de desligar;
  • Coloque uma colher de chá cheia de raízes secas de Abútua em uma xícara e despeje a água por cima;
  • Tampe a xícara e deixe o chá em repouso por dez minutos.
  • Beba sem adoçar.

Malefícios de Uso:

Esta planta não deverá ser usada por mulheres grávidas (ou com suspeita de estarem), durante lactação ou por crianças menores de 10 anos de idade.

Dose Segura:

A dose segura de guso da Abútua é de até 0,4 mg/Kg/dia mas, claro, também depende da capacidade real que o seu fígado tem de depurar o veneno que ela contém.

Efeito Curarizante:

O uso da Abútua potencializa algumas interações medicamentosas pois tem efeito curarizante (semelhante ao do curare – dormência, amortecimento das funções orgânicas, catalepsia, morte) e, em caso de cirurgia com anestesia geral, o uso deve ser interrompido, pelo menos, uma semana antes.

Abútua é uma Planta Perigosa Para o uso Corriqueiro?

Bem, mas é preciso que se saiba que, esta planta é perigosa para uso corriqueiro mesmo tendo, e tem, diversas aplicações de cura nas medicinas populares. Acontece que os pajés e curandeiros conhecem as dosagens seguras e, não basta fazer um chazinho, tomar e pronto.

É preciso conhecer o estado do caule e raízes que você vai usar para o tal chá. Bem, e há outras abútuas por aí, todas venenosas, ok? Da Abútua da Amazônia, Abuta grandifólio, se faz o curare. Também é medicinal – medicina de índio que sabe usar, claro porque, seu excesso mata.

Último Conselho:

Não use Abútua a não ser sob controle médico – e de um médico que entenda, realmente, de plantas medicinais – pois, causar um aborto será o menor dos males, no caso.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.