Planta Fura Parede – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dr. Saúde

Planta Fura Parede – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Planta Fura Parede é bem usada por pessoas mais velhas, que têm por hábito tomá-la uma vez por mês para limpar o corpo. Ela também é reconhecida como arrebenta-pedra, arranca-pedra, erva-pombinha, erva-pombinha-do-ceará, erva-pombo, fura-parede, quebra-panela, quebra-pedra-branco, rebenta-pedra, saúde-da-mulher e outros. Ela é usada como planta medicinal. Pode-se achar em lugares como quitandas, mercados, lojas especializadas ou feiras livres. Veja tudo sobre a Planta Fura Parede:

Planta Fura Parede

Origem da Planta Fura Parede:

De nome científico Parietaria officinalis L., a Planta Fura Parede é vivaz, e chega a alcançar entre 2 e 6 metros de altura. Seus caules são pubescentes, e seus glomérulos são densos, multifloros e axilares. Com folhas inteiras alternas, a planta, também conhecida como quebra-pedra, arrebenta-pedra, alfava-de-cobra, erva de nossa senhora, erva de santa ana, tiritana, entre outros, possui muitas propriedades medicinais e indicações para uso como planta medicamento popular.

Benefícios e Propriedades da Planta Fura Parede:

Com propriedades adstringente, antirreumática, antiartrítica, anti-inflamatória, depurativa, diurética, emoliente, estimulante intelectual, expectorante, laxativa, refrescante e vulnerária, o consumo da Planta Fura Parede é indicado para tratar diversas doenças e problemas de saúde.

Entre seus benefícios estão o tratamento de afecção pulmonar, anúria – falta de urina -, problemas das artérias, artritismo agudo ou crônico, blenorragia, bronquite, cálculo renal e de vesícula, câncer, cistite, problemas do coração, dermatoses, disfunções hepáticas, disúria – escassez da urina -, dores nas costas, edemas, estrangúria – micção lenta e dolorosa que pode ser causada por problemas na bexiga e ureteres -, ferimentos, problemas do fígado, furúnculos, hemorroidas, hidropsia, infecção das cordas vocais, hepatite, pedra nos rins, queimaduras, tosses catarrais, tumores, úlceras, inflamações urinárias e em geral, além de poder ser usado como um laxativo leve.

Suas partes utilizadas são as folhas, que contêm como constituintes químicos a mucilagem, ácido tânico e nitrato de potássio, que fornecem propriedades que a tornam eficaz como planta medicinal.

Como Usar a Planta Fura Parede:

Para preparar o chá da Planta Fura Parede, você deve usar a proporção de duas colheres de sopa da erva para cada 1 litro de água. Leve a água ao fogo e adicione a erva. Aguarde alcançar fervura e deixe por mais 10 minutos.

Desligue o fogo em seguida e tampe, deixando a mistura descansar por mais aproximadamente 10 minutos. Consuma entre uma e três xícaras de chá ao dia.

Além do chá, a planta pode ser usada na forma de pó, decocção, tintura e cataplasmas. O pó das folhas torradas deve ser aplicado sobre as feridas e tumores, como uma forma de uso externo.

Contraindicações da Planta Fura Parede:

Quando consumida em excesso, a planta pode causar polinoses. A Planta Fura Parede não deve ser consumida por crianças, mulheres gestantes ou lactantes e pacientes com alergia a plantas do seu tipo. Quando usada em doses altas, é abortiva, purgativa e tóxica. O uso deve ser feito em períodos curtos, não podendo passar de 21 dias, uma vez que pode causar desmineralização do organismo.

Efeitos Colaterais da Planta Fura Parede:

A Planta Fura Parede pode provocar polinoses. Para a maioria das pessoas a estação da primavera é usada para diversão, lazer e para contemplar a paisagem florida. Mas para 20% da população não é bem assim, pois polinoses é um conjunto de sintomas causados pela alergia ao pólen.

A erva não é indicada para crianças menores de dois anos, mulheres que estejam gestantes ou que estejam amamentando. Em grandes doses a planta se torna abortiva e o uso da mesma com chás por mais de 20 dias pode provocar a perda de minerais no organismo.

Filipêndula – Origem, Benefícios e Como Usar!

Freixo – Origem, Benefícios e Como Usar!