Benefícios das Plantas

Palmeira Leque é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

palmeira de leque

A Palmeira Leque é uma planta tropical, por isso ela cresce melhor em ambientes quentes e úmidos. Sob essas condições ela pode ser plantada sob sol pleno. Caso contrário, ela irá se desenvolver com desenvoltura em locais com luz indireta ou meia sombra.

Palmeira Leque é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Ela cresce lentamente, por isso apreciá-la em sua plenitude requer dedicação. O substrato precisa ser fértil, basicamente um misto de composto orgânico e adubo animal curtido, e drenável, já que ela exige regas constantes, principalmente em ambientes quentes e secos. Ela não é tolerante a frio e geadas.

Caso a Palmeira Leque seja plantada em um vaso ou cachepô para um jardim interno, o ideal é que o recipiente tenha boca larga e e seja grande.

Prefira uma palmeira-leque jovem para que ela se acostume sem traumas ao local onde será fixada.

Se optar por uma espécie desenvolvida de Palmeira Leque, será necessária tutoramento e estudo de posição solar (definir “frente” e “verso” da planta de acordo com a sua posição geográfica original – iremos dissertar sobre isso em um texto futuro). Suas folhas não resistem a ventanias.

Benefícios da Palmeira de Leque:

No tratamento de hipertrofia da próstata benigna, associada a dificuldade de urinar. É um poderoso anti-inflamatório e tônico masculino. Também é usado com sucesso no tratamento da síndrome do ovário policístico e de problemas crônicos de cistite. Tem atividade hormonal tanto para homens quanto para mulheres.

Como Cultivar a Palmeira de Leque:

O espaçamento entre as plantas tem influência sobre a taxa de sobrevivência, crescimento, práticas culturais ou manejo, início da produção e produtividade, com reflexos sobre o custo do processo de produção.

Palmeira Leque é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Para produção de frutos, o espaçamento recomendado para o açaizeiro é o de 5 x 5 m ou, alternativamente, os espaçamentos de 5 x 4 m e 6 x 4 m, com manejo de 3 a 4 estipes por touceira.

Na Tabela 1, são propostos os números de plantas e de estipes por hectare, de acordo com o espaçamento e o manejo de touceiras adotados.

Essa espécie é mais utilizada na ornamentação de espaços grandes e, geralmente, próximos a grandes construções, como por exemplo em grandes jardins, externos claro, e também em shopping centers.

Você com certeza já viu uma dessa por aí, mas não soube identificar qual era a espécie. Agora você já sabe essa e muitas outras.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.