Hidraste – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dr. Saúde

Hidraste – Origem, Benefícios e Como Usar corretamente. Além disso, o Hidraste, de nome científico Hydrastis canadensis L., é uma planta medicinal pertencente à família das Ranunculaceae, e também popularmente conhecida como raiz amarela. Assim como várias plantas, a hidraste já era conhecida há tempos devido às suas propriedades medicinais e aos benefícios que proporciona à saúde geral do organismo humano.

Hidraste Propriedades Medicinais e Indicações:

A Hidraste possui propriedades expectorantes, digestivas, adstringentes, febrífugas, anti-inflamatórias, estimulantes, antimicrobianas, antidiarreicas, antiadrogênicas e homeostáticas. Assim, é muito utilizada no tratamento de gripes, resfriados e tosses, sendo responsável por limpar o pulmão e evitar congestões nasais.

Ela alivia os sintomas de distúrbios digestivos como azia, gastrite, úlceras e regula o intestino; Abaixa os graus de febre razoavelmente, muitas vezes até a eliminando; Reduz dores de garganta; Limpa os canais urinários, evitando cistites e infecções na urina; Elimina e evita a proliferação de fungos e bactérias, diminuindo, por sua vez, a chance de sofrer uma infecção por eles; Reduz hemorragias; Evita colites e parasitas intestinais; controla o fluxo menstrual, evitando excessos; alivia irritações nos olhos e é muito eficaz no tratamento de conjuntivites; Aumenta a imunidade, evitando que o organismo contraia diversas doenças.

Como Usar:

Para aproveitar os benefícios do Hidraste, use as raízes para fazer uma infusão e chás. Para tratamento da conjuntivite, você deverá colocar uma colher de chá das raízes em um recipiente e reservar. Coloque 250 ml de água em outro recipiente e leve ao fogo. Deixe alcançar fervura e, em seguida, coloque por cima das raízes reservadas anteriormente. Tampe e deixe descansar por aproximadamente 15 minutos.

Lave os olhos afetados pela conjuntivite com este chá três vezes ao dia até sumirem os sintomas. Caso os sintomas persistam, procure um médico.

Composição:

Hidraste é constituída por alcaloides, ácido opiánico, ácido cloreogênico, berberastina, canadina, berberina, hidrastina, esteroides, sais minerais, óleo essencial, resinas, hidrastinina e amido.

Dosagem e Preparo:

Use 2-6 g em decoção (até 10 g podem ser utilizados); 1-4 ml de tintura.

Os benefícios são maiores quando a hidraste é ingerida sob a forma de tintura ou de um preparo do qual são extraídas suas propriedades (um simples chá em que se coloca a planta medicinal pulverizada em água quente e se toma a xícara toda, com o pó e tudo). Entretanto, ela é eficaz se tomada como decoção.

A hidraste de boa qualidade é cultivada. A raiz seca deve ser entre firme e dura, e sua cor, variar entre o amarelo-escuro e o dourado, além de apresentar poucas radículas. O gosto da raiz é intensamente amargo e um pouco adstringente.

Como Preparar o Chá de Hidraste:

Em um recipiente, coloque uma colher de sopa de raiz de hidraste e 250 ml de água em um recipiente e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, cronometre 5 minutos e então desligue, tampando e deixando descansar abafado por mais 15 minutos. Quando a mistura amornar, adoce e consuma. A dose indicada é de duas xícaras ao dia, sempre antes do almoço e do jantar.

Hidraste BenefíciosEfeitos Colaterais e Contraindicações do Hidraste:

O consumo do hidraste é contraindicado para gestantes, uma vez que estimula as contrações uterinas podendo causar aborto, e também para pacientes com problemas cardíacos, pois pode elevar a pressão. Não use em doses superiores às indicadas e sempre consulte um médico antes de consumir medicamentos, mesmo que naturais.

Quando consumido, o chá de hidraste pode trazer alguns feitos colaterais como náuseas, vômitos, diminuição dos glóbulos brancos e uma sensação de ter mãos e pés espetados com alfinetes.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)