Hamamélis – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dr. Saúde

Hamamélis – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Hamamélis é uma planta medicinal também conhecida como Amieiro-mosquiado ou Flor-de-inverno, que tem ação anti-inflamatória, anti-hemorrágica, levemente laxante e adstringente. O nome científico desta Planta é Hamamelis virginiana e pode ser usada na sua forma natural para preparar chás ou sob a forma de pomada, extrato ou cápsulas, por exemplo, dependendo do problema a tratar. Veja tudo sobre esta planta:

Hamamélis

Origem da Hamamélis:

A Hamamélis (Hamamelis virginiana), batizada com este nome por Hipócrates, é uma planta arbustiva de pequeno porte, geralmente medindo de dois a três metros de altura e pertencente à família Hamamelidaceae.

É nativa da costa leste da América do Norte e, em 1736, foi introduzida na Europa, mais especificamente na Inglaterra e, desde então, tem sido largamente utilizada como Planta ornamental em parques e jardins, sendo uma das poucas plantas que conseguem florescer no inverno.

Devido ao seu alto valor terapêutico, a Hamamélis é muito empregada tanto na fitoterapia quanto na homeopatia. Atualmente, esta planta faz parte da composição de vários produtos cosméticos e de higiene pessoal, incluindo géis de banho, xampus, loções pós-barba, sabonetes e cremes.

Propriedades da Hamamélis:

A Hamamélis possui propriedades adstringente, tônica, anticaspa, anti-seborreica, descongestionante, anti-acneica, refrescante, sedativa, hemostática, venotônica e vaso protetora.

As infusões e destilações preparadas a partir das folhas e da casca da Planta são ricas em flavonoides, que possuem ação anti-inflamatória e antioxidante, e taninos, que atuam como antidiarreicos, antimicrobianos e cicatrizantes.

Benefícios da Hamamélis:

A Hamamélis é muito utilizada no tratamento de casos de hemorroidas, na forma de cápsulas, tinturas, em formulações homeopáticas, na forma de supositórios ou em cremes de aplicação tópica.

Devido à sua propriedade adstringente, a Hamamélis é muito empregada em casos de hemorragias, tanto internas como externas.

A Planta também é usada no tratamento de veias varicosas, problemas circulatórios, varizes, pernas cansadas, eczema, couperose, inflamação ocular, infecções e sangramento das gengivas, desinfecção de feridas, picadas e cortes na pele e queimaduras solares leves.

Como Usar a Hamamélis:

As partes com propriedades medicinais esta planta são suas folhas e casca, que podem ser utilizadas sob diferentes formas:

  • Chá para problemas de circulação, diarreia ou garganta inflamada: colocar 1 colher de chá de cascas numa xícara de água fervente, deixar descansar por 10 minutos e coar. Tomar de 2 a 3 xícaras, ao dia;
  • Pomada para hemorroidas, ferimentos na pele, hematomas e queimaduras: aplicar uma fina camada de pomada na região afetada 3 vezes por dia, fazendo movimentos circulares;
  • Extrato para varizes, queimaduras e pele irritada: aplicar uma fina camada sobre o local afetado 2 a 3 vezes por dia;
  • Cápsulas para prisão de ventre, varizes e problemas de circulação: a dose recomendada geralmente é de 2 cápsulas após o café da manhã e 2 cápsulas após o jantar, durante 2 semanas.

Embora seja um produto natural, idealmente, esta Planta só deve ser utilizada na forma de chá ou cápsulas sob orientação de um profissional de saúde.

Quem não Deve Usar:

Esta planta está contraindicada para grávidas e mulheres a amamentar e seu uso interno só deve ser feito sob orientação médica.

Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais desta Planta incluem sedação, salivação excessiva e irritação do estômago, quando ingerida em grandes quantidades.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Heliotrópio – Origem, Benefícios e Como Usar!

Manacá – Origem, Benefícios e Como Usar!