Fibra – Fontes, Benefícios e Deficiência

Fibra – Fontes, Benefícios e Deficiência

A Fibra é um nutriente essencial para o nosso organismo. Além disso, as Fibras devem fazer parte de qualquer cardápio que preze o equilíbrio alimentar. A fibra é uma parte dos carboidratos que não é digerida e absorvida pelo organismo, define a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida, Roberta Stella. Isso explica sua ação mais famosa: o regulamento do intestino. Por aumentarem o volume das fezes, aceleram sua eliminação.

E está muito enganado quem pensa que as vantagens das fibras ficam por aí. Suas fontes alimentares e seus benefícios variam de acordo com a classificação. Elas se dividem nos grupos solúveis e insolúveis.

As fibras solúveis, como o nome já sugere, absorvem água, transformando-se em uma espécie de gel capaz de eliminar as gorduras das artérias e evitar que elas sejam absorvidas pelo intestino, protegendo-o contra o câncer.

Fibra - Fontes, Benefícios e Deficiência

Alimentos Ricos em Fibra:

  • Cenoura: A quantidade diária recomendada de Fibra para uma pessoa adulta é de 25g. Uma cenoura crua já te garante a necessidade diária.
  • Soja: É um excelente alimento para o tratamento da obesidade.
  • Frutas cítricas: Melhoram a hidratação no organismo, garantem Vitamina C, são ricas em fibra.
  • Lentilha: Riquíssima em Fibra, a lentilha traz uma série de benefícios para o organismo, é importante consumir pelo menos 3 vezes por semana.
  • Mandioca: Além de ser rica em Fibra, também é rica em vitaminas do complexo B, que contribuem para o funcionamento do sistema nervoso e músculos e no funcionamento de enzimas.
  • Beterraba: Rica em Fibra solúveis que ajudam a baixar os níveis de colesterol ruim.
  • Aveia: Rica em Fibra, a aveia ajuda a regular o intestino, controla o colesterol e ajuda a emagrecer.
  • Maçã: A fruta possui poucas calorias e é uma ótima fonte de Fibra, além disso é um alimento antioxidante.
  • Ervilha: A cada xícara de ervilhas você obtém 16,3 g de Fibra.

Benefícios da Fibra Para Saúde:

1. Saúde da Pele:

A Fibra pode ajudar a mover fermento e o fungo para fora de seu corpo, impedindo que sejam expelidos através da pele onde poderiam desencadear acne ou erupção cutânea.

2. Ajuda a Manter a Saúde Intestinal:

Ajuda a melhorar a qualidade das fezes; previne também a constipação e a diarreia. Uma dieta rica em Fibras pode reduzir o risco de desenvolver hemorroidas e pequenas bolsas no seu cólon (doença diverticular).

3. Reduz os Níveis de Colesterol:

A Fibras solúvel encontrada na sementes de linhaça pode ajudar a baixar os níveis totais de colesterol no sangue, reduzindo a lipoproteína de baixa densidade ou níveis do mau colesterol. Alimentos ricos em fibras podem ter outros benefícios para a saúde do coração, como reduzir a pressão arterial e a inflamação.

4. Ajuda a Controlar os Níveis de Açúcar No Sangue:

Em pessoas com diabetes, particularmente as Fibras solúvel pode retardar a absorção de açúcar e ajudar a melhorar os níveis de açúcar no sangue. Uma dieta saudável que inclui fibra insolúvel, também pode reduzir o risco de desenvolver diabetes tipo 2.

5. Prevenção de Alguns Tipos De Cânceres:

Podem prevenir alguns tipos de cânceres, como o colorretal. Isso pode ser devido à ação que as Fibras possuem no trato digestivo e intestinal. Elas ajudam a eliminar as fezes e também os agentes cancerígenos do organismo.

Deficiência de Fibras:

Um dos primeiros sinais da carência de Fibras no organismo é a constipação. Quando o consumo é insuficiente, observa-se o aumento de tempo do trânsito intestinal, diminuindo o volume de água do bolo fecal, tornando as fezes ressecadas e escassas. A longo prazo, o consumo insuficiente de fibra alimentares pode promover o risco de desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis.

A alimentação pobre em Fibras pode aumentar o risco de desenvolvimento de diverticulose em indivíduos com maior predisposição, uma vez que a falta de Fibra reduz o volume fecal e prolonga o período de trânsito intestinal, aumentando a pressão na luz do intestino e o risco de hérnias.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dicas de Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

omega 9 fontes

Ômega 9 – Fontes, Benefícios e Deficiência!

Tiamina – Fontes, Benefícios e Deficiência