Erva Luisa – Origem, Benefícios e Como Usar!

Erva Luisa – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Erva Luisa – Origem, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, a Erva Luisa possui ricas propriedades medicinais que promovem a saúde do corpo humano. Junto com a camomila e a tila, podemos dizer que a Erva Luisa ou Verbena é uma das plantas mais populares graças as suas propriedades e benefícios, como, por exemplo, tratar dores digestivas.

beneficios da erva luisa

A erva com seu agradável aroma de limão é uma planta que provém da América do Sul, mas que atualmente podemos encontrar em muitos jardins. Na verdade as pessoas costumam cultivá-la para depois poder tomá-la devido as suas propriedades que costumam estar relacionadas com tratamentos digestivos ou para quando estamos decaídos fisicamente.

Erva Luisa possui características arbustivas, e cresce até dois metros de altura. Suas flores são pequenas, de cor violeta pálido ou lilás. As folhas são rugosas e lanceoladas, e exalam um forte cheiro de limão quando esmagadas.

Conhecida em Portugal por outras designações como bela-luísa e limonete esta planta combina a beleza extraordinária das suas flores com um aroma peculiar a limão vindo das suas folhas, de onde são extraídas as suas principais propriedades medicinais.

Origem da Erva Luisa:

Ela é originária aqui mesmo da América do Sul, mais especificamente do Chile, Argentina e Peru. Forma um arbusto grande, muito ramificado, praticamente descabelado (rs!). Atinge entre 2-3 m de altura. Suas flores surgem entre junho e setembro, elas são brancas ou levemente rosadas, dispostas em inflorescências terminais.

Vai muito bem em vasos de boca larga, bacias, porém desenvolve-se melhor em canteiros. Gosta de clima ameno, boa luminosidade (acima de 5 horas) e com leve umidade de solo e de ambiente. O solo deve ser leve, bem drenado e profundo.

Propriedades da Erva Luisa:

Toda a planta Erva Luisa, e sobretudo as folhas, é rica num óleo essencial composto por mais de cem substâncias, entre as quais o citral, o limoneno e o cariofileno. Esta essência confere-lhe propriedades digestivas, antiespasmódicas e carminativas (favorece a expulsão de gases do aparelho digestivo).

Das principais propriedades da Erva Luisa podemos destacar as suas ações: anticancerígena, antioxidante, antiasmática, antitussígena, antitumor, anti-inflamatória, antiespasmódica, antibacteriana, anti-histamínica, carminativa, fungicida, expectorante, hepatoprotetora. Então, confira agora os Benefícios da Erva Luisa Para Saúde:

Benefícios da Erva Luisa Para Saúde:

  • Suas folhas possuem aroma e sabor citral e combinam muito bem com doces e carnes vermelhas e de frango.
  • Também é conhecida por ser um bom calmante e não apenas isso, nos permite tratar os sintomas do estresse, da insônia e inclusive alivia o mau hálito.
  • Tomando uma infusão da Erva Luisa conseguiremos também relaxar nossos músculos, mas especialmente os nervos de maneira que é um remédio muito bom para as pessoas que sofrem de insônia ou que tem muito estresse acumulado.
  • É utilizado em casos de amigdalite, asma, congestão de seio nasal, diarreia, dor de estômago, de garganta e dores de cabeça.
  • O óleo essencial da Erva Luisa é utilizado para aromatizar sabão, óleo de banho e cosmético.
  • Se você tomar uma infusão de Erva Luisa poderá aliviar e eliminar gases ou flatulências, como resultado da má digestão.
  • Quando temos uma condição respiratória, talvez causada por um resfriado, podemos consumir a Erva Luisa a fim de aliviar os sintomas, como tosse e muco acumulado.

Como Usar a Erva Luisa:

As folhas são usadas tanto frescas como secas para fazer uma infusão. Você pode tomar quando se sentir nervoso ou inclusive após cada refeição como um chá. Duas colheres de chá de  de Erva Luisa em uma xícara de água fervendo. Deixe esfriar e coe. Você pode adicionar algumas gotas de limão e verá que é uma infusão reconfortante.

Recomenda-se praticar, por sua vez, uma técnica de relaxamento com respiração. A infusão é relaxante, mas estas técnicas conseguem aumentar o efeito de relaxamento intenso. Apenas levará 10 minutos para obter a mudança, se você praticar conseguirá observar como se equilibra, dorme melhor e tem mais capacidade de se concentrar no que faz.

Junto com os benefícios e usos que listamos, nós podemos que a Erva Luisa pode ser introduzida também como outro ingrediente em nossa culinária, assim como para elaborar bebidas e inclusive coquetéis.

Também podemos encontrar para vender o óleo de Erva Luisa, já que graças às suas propriedades antibacterianas podemos aplicá-lo também para uso externo. Esta planta também está incluída entre alguns componentes de shampoos, sabonetes, loções para o corpo e inclusive cremes dentais.

erva luisa

Efeitos Colaterais da Erva Luisa:

Para o nosso conhecimento, até os dias de hoje, não são conhecidos efeitos secundários da Erva Luisa. Quando muito, talvez, algumas pessoas tenham apresentado algum caso em que o contato com a planta tenha provocado uma reação alérgica.

Quanto às contraindicações tampouco as temos, embora seja aconselhável que antes de tomá-la, as grávidas consultem o seu médico. O mesmo devem fazer as mulheres que estão amamentando.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Condurango – Origem, Benefícios e Como Usar!

 Centáurea Menor beneficios

Centáurea Menor – Origem, Benefícios e Como Usar!