Erva de Jaboti – Origem, Benefícios e Como Usar!

Erva de Jaboti – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Erva de Jaboti – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Erva de Jaboti possui muitas propriedades que beneficiam toda a saúde do corpo humano. A planta conhecida como Erva de Jaboti, cujo nome científico é peperômia pellucida (L.) Kunth pertence à família das Piperaceae, e pode ser encontrada ainda pelos nomes de garrapatilha, peperomia, comida de jaboti, coraçãozinho, corazón de hombre, pansit-pansitan, tangon-tangon, ulasiman-bato, entre outros.

erva de jaboti

A planta é usada para fins medicinais, pois apresenta propriedades benéficas à saúde. Facilmente encontrada em jardins e quintais brasileiros, a planta vem sendo consumida como um alimento com sabor bastante delicado.

Podemos considerá-la a erva “daninha” mais malquista pelos agricultores, crescendo intensamente em diversas plantações das regiões Amazônicas e da Mata Atlântica.

Por sua característica de fácil dispersão, ela é uma das ervas mais estudadas na atualidade, existem inúmeros trabalhos científicos sugerindo métodos de como eliminá-la das áreas de plantação.

Origem da Erva de Jaboti:

A Erva de Jaboti é uma planta herbácea de pequeno porte, pertencente à família das Piperaceas, é encontrada na América do Norte, Central (Antilhas) e América do Sul. Ocorre desde o Amazonas até o Paraná, em locais úmidos, principalmente em paredões e muito freqüente em jardins.

Propriedades da Erva de Jaboti:

A Erva de Jaboti possui os seguintes efeitos: Diuréticos (forte), emolientes, hipotensores, anti-inflamatórios, digestivos. Agora que já conhece as propriedades desta erva confira agora os Benefícios da Erva de Jaboti Para Saúde:

Benefícios da Erva de Jaboti Para Saúde:

  • A planta possui alguns benefícios que estão relacionados às propriedades medicinais, que são sua ação como diurético, digestivo, anti-inflamatório, hipotensor e emoliente.
  • Atua no tratamento de enfermidades do coração, inflamações do reto, constipações e resfriados, tosse, má digestão, inchaços, conjuntivites, furúnculos, abscessos, pruridos, entre outros.
  • Na Amazônia é usada para combater a tosse ou a dor de garganta, sendo ainda antipruriginosa e diurética, utilizada sob a forma de chá ou infusão.

Como Usar a Erva de Jaboti:

  • Todas as partes são usadas na forma de cataplasma morno para tratar fadiga, reumatismo e abscessos, enquanto as folhas podem ser usadas para enxaqueca e convulsões.
  • A infusão da planta ajuda a tratar dores reumáticas e o nervosismo, principalmente externamente, usado em banhos.
  • O suco feito com as folhas ajuda no tratamento de cólicas e dores abdominais, e a planta pode ser consumida ainda na forma de salada, feita com as folhas frescas.

Como Cuidar da Erva de Jaboti:

Embora seja uma planta tropical, pelo fato que o sol a pino queima suas folhas, o ideal para essa planta é que seja cultivada dentro de casa, em lugar com iluminação natural indireta.

Plante-a em solo devidamente misturado a adubo orgânico e areia grossa para que assim não ocorra encharcamentos e ela tenha um suprimento de nutrientes ideal para seu crescimento. Irrigue diariamente, mas sem encharcá-la.

beneficios da erva de jaboti

Contraindicações da Erva de Jaboti:

Não foram encontradas, nas literaturas consultadas, contraindicações e informações de precaução quanto ao uso medicinal da planta Erva de Jaboti.

Recomenda-se, entretanto, que seja usada com orientação médica, principalmente por pacientes gestantes ou em fase de lactação, cardíacos, pacientes com doenças crônicas ou que façam uso de medicamentos regulares. Mesmo no consumo na forma de salada, por se tratar de uma folha com efeito de medicamento natural.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalves

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão (UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão (UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos, e também atuo como editor no site Dr. Saúde, utilizando todo meu conhecimento para trazer qualidade de vida para nossos leitores.

Os 25 Benefícios da Betônica Para Saúde

Os 20 Benefícios do Cereais Integrais Para Saúde!