Chá de Virgaurea – Origem, Benefícios e Como Usar!

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Dr. Saúde

Chá de Virgaurea – Origem, Benefícios e Como Usar aprenda agora, sobre todos os benefícios desse chá para saúde. Além disso, a virgaurea, cujo nome científico é Solidago virgaurea L., também é chamada de vara-de-ouro. Em outros idiomas, a planta é conhecida por goldrute (alemão), golden rod (inglês), verga d’oro (italiano) e verge, solidago (francês).

A espécie de planta com flor virgaurea, também conhecida por vara, solidago virgaurea, vara-de-ouro e verga-de-outro, é extremamente popular entre os produtos da medicina alternativa. Ela vem sendo usada já há vários anos para tratar ferimentos na pele. Existem vários tipos da planta, todas com as mesmas propriedades medicinais.

cha de virgaurea

A virgaurea é considerada um excelente anti-inflamatório, antioxidante, anti-séptico, adstringente, anticatarral, combate gases e flatulências, hipotenso, tônico estimulante, destrói o muco, sudorífero, hepático é é um excelente diurético natural.

Ótimo para tratar quem sofre de problemas como resfriados, gripe e infecções. O chá da planta também é ideal para quem sofre de doenças nos rins, servindo também para promover a urinação. Fazer compressa quentes com as folhas da planta é uma ótima maneira de aliviar feridas, dores de cabeça e dores provocadas pelo reumatismo.

A planta também pode ser utilizada para a produção de uma pasta. Esse cataplasma pode servir, por exemplo, para tratar coceiras, vermelhidões, inchaços e alergias provocados pela picada de insetos. Ela ainda é usada em vapores faciais como erva de banho, ideal para quem precisa de um banho relaxante.

A folhas da planta também podem ser usadas na culinária e consumidas nas saladas. A planta é composta por taninos, saponinas, glicosídeos, diterpenos, fenólicos (ótimos para combater o envelhecimento celular), rutina, quercetina, inulina, óleos essenciais e flavonóides.

Origem do Chá de Virgaurea:

Ela é natural da Europa, África, Ásia e América do Norte. Sua floração acontece entre julho e outubro. O Chá de Virgaurea é composto por flavonóides, saponinas, quercetina, óleo de cânfora e glicosídeos fenólicos. As partes utilizadas para fazer o chá de virgaurea são o caule, folhas e flores. Essas substâncias são consideradas diuréticas e que combatem inflamações na bexiga, pedras nos rins, fungos e espasmos.

Seu uso também é indicado para pessoas com Candida, que é um fungo que pode surgir na vagina ou na boca. Algumas indicações dão parte que ela atua também nos cabelos frágeis e possui poder adstringente e estimulante. As pessoas que têm muitas aftas também fazem uso externo do Chá de Virgaurea.

Propriedades do Chá de Virgaurea:

O chá de virgaurea possui inúmeras propriedades benéficas ao organismo humano, confira a lista abaixo:

  • antisséptico;
  • anti-inflamatório;
  • diurético;
  • estimulante;
  • combate gases e flatulências;
  • antioxidante;
  • expectorante;
  • sudorífero;
  • tônico;
  • hepático;
  • adstringente;
  • anticatarral;
  • hipotenso.

Benefícios do Chá de Virgaurea Para Saúde:

O chá de virgaurea possui propriedades diuréticas, o que significa dizer que esse chá promove a eliminação do excesso de líquido presente no corpo por meio da urina. Além das toxinas presentes no corpo.

Isso irriga os rins e auxilia a remoção de depósitos que poderiam desenvolver pedras nos rins, contribuindo assim com a saúde renal. O chá de virgaurea nutre e restaura o equilíbrio dos rins.

O efeito diurético promovido pela planta medicinal também contribui com a saúde geral do trato urinário, tanto que americanos nativos usavam a erva para fortalecer e estimular o trato urinário. A planta é um agente suavizante e tônico para o trato.

Além disso, estudos feitos com humanos e em laboratórios já indicaram que O chá de virgaurea ajuda a diminuir o inchaço. Uma vez que o desconforto e o inchaço são reduzidos, o caminho torna-se mais suave para o trato urinário, fazendo com que a liberação do acúmulo de minerais seja favorecida. Isso também previne a formação de cálculos nos rins e nas bexigas.

Ainda acredita-se que o chá de virgaurea possa ajudar a evitar a recorrência de infecções do trato urinário, quando seu uso está associado a outros métodos para controlar o problema. Uma pesquisa mostrou que pacientes que tomaram antibióticos e usaram o Chá de Virgaurea tiveram uma grande melhora.

Como Usar o Chá de Virgaurea:

Para preparar o chá de virgaurea você deve colocar 10 folhas da planta em uma caneca de água fervente misture com uma colher e tampe a caneca. Deixe descansar por 10 minutos. Depois do tempo de descanso coe o chá e sirva ainda morno sem adicionar açúcar. O ideal é consumir 3 xícaras por dia e jamais ultrapassar essa dosagem.

cha de virgaurea beneficios

Cuidados e Contraindicações do Chá de Virgaurea:

Apesar de ser natural, o chá de virgaurea também tem suas contraindicações. Isto porque nem todo organismo está pronto para receber os princípios ativos desta planta. Por exemplo, grávidas, mulheres no período de lactação e crianças menores de 12 anos não devem fazer uso desta erva.

Além disso, pessoas com baixa frequência cardíaca deve ter um cuidado ainda maior ao usar do chá de virgaurea. Porém, de uma maneira geral é ideal buscar ajuda médica antes de iniciar o uso de algum remédio, seja ele natural ou não. Tudo isso porque a automedicação pode ser tão prejudicial quanto a ausência de algum tratamento.

Os 10 Benefícios do Suco de Noz Pecã Para Saúde

Carobinha – Origem, Benefícios e Como Usar!